Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões


Não mostrar questões:

Carregando...
Carregando...
Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 460974 questões. Salvar em Meus Filtros Limpar filtro

Imprimir página - Exibindo 1 a 15

Q565735

As escolas e instituições de educação profissional oferecerão à pessoa portadora de deficiência serviço especializado, caso necessário. Assinale a alternativa CORRETA sobre esses serviços:

Carregando...
Q565723

Sobre o Plano Educacional Individualizado (PEI) é CORRETO afirmar:

Carregando...
Q566081

Com a chegada da época das chuvas no Brasil, não há nada melhor do que levar as crianças para fora de casa e, com os devidos cuidados, aproveitar um delicioso e refrescante dia de chuva. Brincar na terra molhada, sentir as gotinhas na pele e, quem sabe, até ver a formação de um arco-íris: as possibilidades de se divertir são muitas. Com relação à proximidade da criança com a natureza, assinale a alternativa CORRETA.

Carregando...
Q566048

Para melhor aplicarmos os conteúdos em educação física devemos sistematizá-los para alcançarmos nossos objetivos, para isso devemos levar em consideração três aspectos fundamentais, que são: conceitual, procedimental e atitudinal. Assinale a alternativa CORRETA para a dimensão conceitual:

Carregando...
Q566120

Sobre os perfis, competências e habilidades dos profissionais de educação. Assinale a alternativa CORRETA:

Carregando...
Q566079

Quando a criança começa a fazer arrumações com brinquedos, objetos ou qualquer outra coisa, ela inicia a construção de conceitos elaborados em sua mente, que lhe dão condições de organizá-los de acordo com propriedades pré- estabelecidas. Em relação ao ‘’adquirir o raciocínio logico’’, assinale a alternativa CORRETA.

Carregando...
Q566132

Qual o valor a ser ajustado em R4 para que a corrente elétrica que atravessa R5 seja ZERO?

Carregando...
Q566031

Leia o TEXTO 02 e responda à questão 2.

TEXTO 02

INFÂNCIA

Meu pai montava a cavalo, ia para o campo.

Minha mãe ficava sentada cosendo.

Meu irmão pequeno dormia.

Eu sozinho menino entre mangueiras

lia a história de Robinson Crusoé,

comprida história que não acaba mais.

No meio-dia branco de luz uma voz que aprendeu

a ninar nos longes da senzala – e nunca se esqueceu

chamava para o café.

Café preto que nem a preta velha

café gostoso

café bom.

Minha mãe ficava sentada cosendo

olhando para mim:

– Psiu... Não acorde o menino.

Para o berço onde pousou um mosquito.

E dava um suspiro... que fundo!

Lá longe meu pai campeava

no mato sem fim da fazenda.

E eu não sabia que minha história

era mais bonita que a de Robinson Crusoé.

(ANDRADE, Carlos Drummond de. Infância. Antologia poética. 59ª ed., Rio de Janeiro: Record, 2007.)

Para uma leitura mais produtiva de um texto, faz-se necessária a análise dos elementos que

concorrem para sua construção e sentido. Partindo dessa ideia, analise as proposições a seguir

acerca do poema de Drummond.

I. Em “Meu pai montava a cavalo, ia para o campo", os verbos “montava" e “ia"

caracterizam a figura do pai como provedora.

I. Em “Meu pai montava a cavalo, ia para o campo", os verbos “montava" e “ia"

caracterizam a figura do pai como provedora.

II. Na contramão do tempo verbal pretérito imperfeito que apresenta a figura paterna como

provedora e sempre em movimento, a figura materna é apresentada de forma estática,

ratificada pelas expressões “ficava sentada" e “cosendo", denotando ausência de esforço

físico e de aventura.

III. Além da estrutura verbal, que contribui para a construção das lembranças, a escolha dos

substantivos (pai, cavalo, campo, mãe, irmão, mangueiras, história, Robinson Crusoé,

senzala, café, preta velha, berço, suspiro, mato, fazenda) diz muito da significação do tema.

IV. Na segunda estrofe, as ações apresentadas pelos verbos “aprendeu" e “esqueceu", no

pretérito perfeito do indicativo, assinalam algo que passou, que não durou.

V. O emprego dos advérbios “lá" e “longe", juntos, remete à idéia de distância. Essa pode ser

uma referência tanto à impossibilidade de o menino enxergar nitidamente o pai, devido à

extensão da fazenda, quanto à transição temporal: o menino abandona o passado e retorna

ao presente, já como homem.

Estão CORRETAS

Carregando...
Q566098

Antes de inventar a escrita, o homem já se comunicava utilizando palavras. A língua escrita é empregada em condições muito diferentes da falada. Indique abaixo a resposta correta que apresenta uma destas diferenças entre a fala e a escrita.

Carregando...
Q566149

Considere o diagrama apresentado na Figura 12, abaixo.

2017_01_13_5878c72637750.PNG

A função F na sua forma mais simples é

Carregando...
Q566106

A Supervisão Pedagógica se caracterizada, entre outros aspectos, pela mediação técnicopedagógica.
Assim sendo, pode-se afirmar que é específico desta função:

Carregando...
Q566101

Em relação aos níveis de linguagem, há um direto, imediato, encontrado no dicionário e outro figurado, poético, imaginativo.” Indique abaixo a resposta CORRETA que apresenta estes dois níveis.

Carregando...
Q566125

Dois voltímetros analógicos idênticos V1 e V2 têm calibre de 300V e solicitam, cada um, uma

corrente de intensidade 50µA quando ligados à tensão de 150V. Ligados conforme o esquema

abaixo (Figura 02), com o objetivo de se determinar o valor da resistência elétrica X, V1 indica

uma tensão de 200V e V2 de 300V. Considerando-se as indicações isentas de erros quaisquer, o

resistor X tem uma resistência elétrica, em megaohms, equivalente a

2017_01_13_5878c36842f0d.PNG

Carregando...
Q565709

Acerca da especificidade do trabalho de Tradutores e Intérpretes de Sinais (TILS), marque a opção CORRETA: I– Para se realizar um trabalho com traduçãointerpretação em Língua de Sinais, é de suma importância conhecer os dois tipos de tradução que existem, e que podem ser alternativas de um trabalho feito com eficácia com o objetivo de que a mensagem do interlocutor sendo o professor ao passar pelo mediador que é o tradutor-intérprete possa ser compreendida pelo receptor que é o aluno surdo. II– A tradução-interpretação consecutiva é aquela que acontece ao mesmo tempo em que o enunciante usa a língua. III- O profissional tradutor-intérprete precisa estar entre a língua e a cultura, ter o domínio das duas faces, não apenas conhecer a LIBRAS, mas conhecer os aspectos culturais que permeiam esta língua, a Cultura Surda. Vale ressaltar que um profissional ético nesta área conhece profundamente a sua língua materna e sua cultura, assim poderá adquirir conhecimento na segunda língua tendo domínio da segunda língua da outra cultura. O desempenho do TIL (Tradutor Intérprete de Língua de Sinais), especificamente o educacional depende de ter o pleno domínio da língua e da Cultura Surda, a sua atuação em sala de aula deve ser uma mediação que possibilitará o acesso ao conhecimento pelo aluno surdo. IV– O TIL como um instrumento na sala de aula, garante o acesso à comunicação, possibilitando o conhecimento do aluno surdo à língua e à cultura. As questões de relações pedagógicas entre tradutor-intérprete e professor regente pode também oferecer melhores resultados em se tratando do aprendizado do aluno surdo, mas o que destacamos aqui é que o TIL deve estar sempre se atualizando quanto à língua de sinais, no caso a LIBRAS, e conhecer a Cultura Surda, a comunidade surda em que está atuando.

Carregando...
Q565704

"(...) olhar a identidade surda dentro dos componentes que constituem as identidades essenciais com as quais se agenciam as dinâmicas de poder. É uma experiência na convivência do ser na diferença." Sobre os diferentes olhares na história de surdos, assinale a alternativa CORRETA: I– No historicismo, surdos são narrados como deficientes e patológicos, sendo categorizados em graus de surdez. A educação deve ter um caráter clínico-terapêutico e de reabilitação. A língua de sinais é prejudicial aos surdos. II– É incorreto afirmar que na História Crítica a educação é como caridade para os surdos, que precisam de ajuda para apoio escolar, porque têm dificuldades de acompanhar. Assim, a língua de sinais é usada como apoio ou recurso. III– A História Cultural reflete os movimentos mundiais de surdos procurando não ter uma tendência em priorizar apenas os fatos vivenciados pelos educadores ouvintes, tornandose uma história das instituições escolares e das metodologias ouvintistas de ensino e sim procurar levar através de relatos, depoimentos, fatos vivenciados e observações de povo surdo, misturando-se em um emaranhado de acontecimentos e ações, levadas a cabo por associações, federações, escolas e movimentos de surdos que são desconhecidas pela grande maioria das pessoas. IV– Na História Cultural as identidades surdas são múltiplas e multifacetadas. Assim, a educação deve ter respeito à diferença cultural. A língua de sinais é, portanto, manifestação da diferença linguística-cultural relativa aos surdos.

Carregando...
GABARITO:

  • 1) B
  • 5) A
  • 9) B
  • 13) D
  • 2) A
  • 6) B
  • 10) C
  • 14) B
  • 3) A
  • 7) D
  • 11) B
  • 15) C
  • 4) C
  • 8) E
  • 12) B
  •  
Carregando...
© 2014 Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 606 8889