Tudo o que você precisa saber

sobre o seu próximo concurso!

Receba em primeira mão notícias e dicas sobre concursos.

A certificação profissional é a sua chance de ingressar na carreira bancária em uma vaga excelente. Sendo assim, aqui no Blog do Aprova você fica atualizado com as principais notícias de certificações e datas relacionadas aos exames (seja de publicação do edital, inscrições, isenção de taxa, realização de provas, divulgação de gabarito e  resultado final).

O que é certificação profissional?

Primeiramente, é importante destacar que a certificação profissional existe não apenas para empresas (como, por exemplo as da categoria ISO 9000) como também para profissionais especializados, que precisam dessas certificações para comprovação de suas qualidades técnicas. A certificação profissional é importante não somente para simples colocação de um selo de qualidade no currículo, ela também facilita o acesso ao mercado de trabalho.

Assim sendo, algumas certificações profissionais são muito prestigiadas, o que faz com que algumas empresas disputam arduamente pelos profissionais que as possuem. E isso deve ao fato de que o nível de exigência dos exames que comprovam o conhecimento técnico para obter a certificação profissional, indicam que o candidato possui habilidades e também tem comprometimento profissional com seu ofício.

Da mesma forma, durante os processos de certificação, os candidatos devem demonstrar um amplo domínio nos assuntos que regem sua atuação profissional. Por exemplo, em alguns casos, tal como nas certificações financeiras para seguir carreira na área bancária como as oferecidas pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, também chamada pela sigla ANBIMA. Essas certificações são exigências para o desempenho de várias funções nos mercados financeiro e de capitais do Brasil.

E Ainda, além da certificação ser vista como uma diferenciação profissional, é muito importante destacar que os profissionais certificados possuem uma renda média superior aos demais profissionais que atuam sem possuir uma certificação. Pode até mesmo acontecer em alguns processos de seleção para empregos, cargos e promoções, se um dos candidatos possuir uma ou mais certificações ele com toda a certeza estará muito à frente de seus concorrentes. Em geral, quando há disputas por contratações e promoções na carreira elas acabam sendo decididas “no detalhe”. Por isso, é de suma importância, levar em conta cada pequeno elemento que é inserido no histórico profissional, pois serão estes detalhes que levarão a conquista de posições mais elevadas.

Por fim, é preciso destacar que a certificação profissional serve para demonstrar que a pessoa conhece muito de sua profissão, é dedicada a estar sempre se aperfeiçoando e também preocupa-se em manter-se atualizado. Isso mesmo, pois as certificações profissionais geralmente são temporárias, possuindo um prazo de validade fixo, o que evidencia que o profissional certificado está sempre por dentro de todas as novidades de sua área de atuação. Assim sendo, a recompensa mais óbvia de possuir uma certificação profissional é o aumento no salário, mas ela também proporciona reconhecimento profissional, e em alguns casos, pode até colocar o profissional na posição de protagonista no negócio da organização.

Quanto custa uma certificação profissional?

Para saber quanto custa uma certificação profissional primeiro é preciso definir a área onde essa certificação será aplicada. Os valores e os tipos de certificações diferem dependendo da área de atuação em que o profissional se encontra.

Por exemplo, quando pensamos em  certificação profissional na área financeira, para ingressar na carreira bancária, entre as principais certificações exigidas podemos destacar: CPA-10, CPA-20, ANEPS, ABECIP e a certificação específica para correspondente bancário.

Dessa maneira, começando pela CPA10 ou Certificação Profissional ANBIMA Série 10, ela é uma certificação profissional oferecida pela ANBIMA, instituição que é a principal certificadora de profissionais do mercado financeiro brasileiro no setor de distribuição de produtos de investimento. A CPA-10 serve para regularizar os profissionais que desempenham atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento diretamente junto ao público investidor em agências bancárias, bem como de atendimento ao público investidor em centrais de atendimento tenham conhecimento do mercado.

Por outro lado, quando falamos em CPA20, também conhecida como chamada de Certificação Profissional ANBIMA – Série 20 é preciso destacar que ela destina-se a certificação de profissionais que desempenham atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento diretamente junto aos investidores qualificados, bem como aos gerentes de agências que atendam aos segmentos private, corporate, investidores institucionais, e a profissionais que atendam aos mesmos segmentos em centrais de atendimento.

Nas duas certificações citadas acima, a taxa de inscrição em 2020 para os candidatos vinculados às instituições associadas à ANBIMA, nos termos de seu estatuto social, independentemente de quem faça a inscrição, será no valor de R$ 272,00 (duzentos e setenta e dois reais) para a CPA-10; e de R$ 429,00 (quatrocentos e vinte e nove reais) para a CPA-20.

Já a taxa de inscrição para os candidatos não vinculados às instituições associadas à ANBIMA, ainda que participantes do Código de Certificação, ou candidatos com Inscrição Avulsa, em 2020 será no valor de R$ 327,00 (trezentos e vinte e sete reais) para CPA-10; e de R$ 514,00 (quinhentos e quatorze reais) para CPA-20.

Quais são as áreas que exigem certificação profissional para atuação?

Em resumo, podemos destacar que as principais áreas que exigem certificação profissional para atuação, além da área financeira anteriormente citada, envolvem a área de tecnologia da informação (TI), a área de gestão, a área administrativa, a área de qualidade e por fim, a área de gerenciamento de projetos.

Certificação profissional na área de TI

A área de Tecnologia da Informação é muito dinâmica, as novidades aparecem todos os dias e por isso as certificações de TI são muito importantes para garantir que os profissionais estejam sempre atualizados e em desenvolvimento constante de suas habilidades práticas. Este processo de certificação também pode ajudar a colocar esses profissionais em contato com outros profissionais da área que tenham interesses e especialidades similares, construindo uma rede de contatos ampla para a troca de informações e ajuda mútua. Veja os principais certificados da área de TI:

Oracle Certified Professional Advanced PL/SQL

Certificação desenvolvida para elevar os níveis de conhecimento e de competências dos profissionais que pretendem seguir carreira como especialistas em construção de aplicativos de internet centrados em bancos de dados.

VMware VCP-Cloud

Certificação que valida e comprova as habilidades e experiências necessárias para instalar, configurar e administrar um ambiente de nuvem usando o VMware vCloud Automation Center e seus componentes relacionados.

CCNP Data Center

Certificação que comprova a abrangente habilidade que o profissional de TI tem de focar em soluções, tecnologias e melhores práticas para projetar, implementar e gerenciar infraestruturas de data center modernas e seguras.

CompTIA Mobility+

Certificação que tem como finalidade testar e comprovar os conhecimentos, as habilidades e a experiência dos profissionais de TI no campo das tecnologias móveis.

Certificação ITIL

A ITIL (Information Technology Infrastructure Library) é uma estrutura para a realização das melhores práticas em gerenciamento de serviços de Tecnologia da Informação. É reconhecida em todo o mundo como uma das principais certificações para os profissionais da área de TI.

MCSD

A certificação do programa MCSD (Microsoft Certified Solutions Developer) foi preparada para que os desenvolvedores de softwares demonstrem suas capacidades de construir soluções usando tecnologias, tanto locais quanto em nuvem.

CISSP

O CISSP (Certified Information Systems Security Professional) é uma certificação de segurança da informação desenvolvida pelo Consórcio Internacional de Certificação de Segurança de Sistemas de Informação conhecido também pela sigla (ISC).

CCNA

A CCNA (Cisco Certified Network Associate) é uma categoria de certificações técnicas oferecidas pela Cisco que tem como objetivo atender pessoas que estão começando a carreira no setor de TI.

RHCE

A certificação RHCE (Red Hat Certified Engineer) é oferecida pela empresa Red Hat, ela possui um programa de capacitação em diferentes níveis e esta é intitulada como a principal do programa, pois é uma certificação de nível médio a avançado e que foca nos tópicos abordados na certificação RHCSA (Red Hat Certified System Administrator).

EMC

A certificação EMC Cloud Architect (EMCCA) é uma oferta de treinamento do EMC de armazenamento e arquitetura de nuvem com alto nível em conceitos de design. A certificação possui duas etapas: EMC Cloud Architect Virtualized Infrastructure e EMC Cloud Architect IT as a Service.

A certificação profissional na área de gerenciamento de projetos e a certificação profissional na área de gestão podem ser subdivididas entre algumas áreas, como por exemplo a de gestão de pessoas ou recursos humanos. Podemos afirmar que as principais certificações desta categoria são as seguintes:

  • Profissional Certificado em Aprendizagem e Performance (CPLP);
  • Profissional em Recursos Humanos (PHR);
  • Profissional Sênior em Recursos Humanos (SPHR);
  • Profissional Certificado SHRM (SHRM-CP);
  • Profissional Sênior Certificado SHRM (SHRM-SCP).

Por outro lado, quando pensamos em certificações de gestão de processos e projetos, podemos citar como principais as seguintes:

CBPP

A Certified Business Process Professional (CBPP) é uma certificação reconhecida internacionalmente, concedida pela Association of Business Process Management Professionals (ABPMP) que valida o conhecimento, experiência e habilidade de articulação de princípios e práticas em Gerenciamento de Processos de Negócio, ou seja, Business Process Management (BPM).

OCEB

A certificação em Business Process Management (BPM) conhecida pela sigla OCEB, é concedida pela Object Management Group (OMG). Este é o grupo que define padrões de boas práticas relacionadas com o BPM, como Business Process Model and Notation (BPMN) e Business Motivation Model (BMM), Business Process Maturity Model (BPMM), entre outros.

PMP

A certificação Profissional de Gerenciamento de Projetos (PMP) é a certificação de projetos mais reconhecida e exigida mundialmente, sobretudo na indústria. Tem como objetivo evidenciar que o profissional possui formação, experiência e competência para liderar e dirigir projetos de grande porte.

CAPM

CAPM é a sigla para Certified Associate in Project Management, essa certificação foi elaborada para os profissionais que dispõem de menos experiência, como gerentes de projetos, patrocinadores de projeto, estudantes ou professores, técnicos e profissionais que buscam gerenciar grandes projetos e assumir mais responsabilidades.

PgMP

Program Management Professional é uma certificação desenvolvida para reconhecer as qualificações de profissionais capazes de comprovar larga experiência profissional de promoção da gestão integrada de múltiplos projetos alinhados às estratégias organizacionais.

PMI-ACP

A certificação Agile Certified Professional é voltada para os profissionais que dominam métodos ágeis de gerenciamento de projetos. Muitos dos profissionais que buscam por essa certificação já são credenciados PMPs, e querem acrescentar mais um diferencial em seu currículo.

Certificação profissional na área administrativa

Para os profissionais que possuem diploma de nível superior em Administração existe o Programa de Certificação Profissional do Sistema CFA/CRAs. Ele foi criado pelo Conselho Federal de Administração (CFA), com o objetivo de diferenciar os profissionais regularmente inscritos em Conselho Regional de Administração.

Este programa certifica profissionais de Administração nas áreas de:

  • Administração e Seleção de Pessoal – Recursos Humanos;
  • Administração de Materiais – Logística;
  • Administração Financeira;
  • Administração Mercadológica – Marketing;
  • Administração de Vendas;
  • Administração da Produção;
  • Organização, Métodos, Informações e Sistemas (OMIS);
  • Gestão da Saúde; e
  • Gestão Pública.

Para obter a certificação é necessário realizar uma prova, elaborada e aplicada pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Os candidatos respondem sobre temas relacionados à área do qual desejam obter a certificação.

Certificação profissional na área de qualidade

Um certificado de qualidade é um documento emitido por instituições que são referência em determinados assuntos. Essas empresas se baseiam em um conjunto de normas e boas práticas e a partir desse protocolo, avaliam se a organização que pleiteia o certificado aplica essas diretrizes de forma a emitir um certificado.

A certificação cumpre diversos objetivos, entre eles garantir que a empresa valoriza a qualidade dos seus processos internos, produtos e serviços, atestando que tudo é feito da melhor maneira existente. Além disso, pode servir também como diagnóstico para o negócio, evidenciando pontos a serem corrigidos para alcançar os mais altos padrões de qualidade.

Para trabalhar na área de qualidade o profissional precisa conhecer tudo sobre as certificações ISO 9001, ISO 140001, NBR 16001, ISO 5001, ISO 9004, ISO 9000 e saber como aplicá-las de acordo com a organização em que está inserido.

Existem inúmeros certificados de qualidade que podem ser adotados pelas organizações, e cada um deles tem um foco em determinada área. Para garantir a certificação, é importante investir em profissionais capacitados e em estratégias capazes de atender ao que é solicitado. Assim sendo, também é importante realizar uma revisão dos processos internos e, até mesmo, dos serviços terceirizados, para garantir que todos estão adequados às principais normas de cada setor.


Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 Batel - CEP 80730-200 Curitiba - PR
Estúdios em São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba - Alunos em todos os estados do Brasil.