Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:

Excluir questões:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 51 questões.

Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 1 a 15
Questões por página:
Q787137

Leia o texto, para responder à questão. 

   Entre os números que contam a grandeza do Município de Cachoeiro do Itapemirim, há este, capaz de espantar o leitor distraído: 25 379 pios de aves, anualmente. Não, a Prefeitura não espalhou pela cidade e distritos equipes de ouvidores municipais, encarregados de tomar nota cada vez que uma avezinha pia.

   Trata-se de pios feitos para caçadores de pássaros. E quem os faz é uma família de caçadores de ouvido fino – os Coelho, cujas três gerações moram na mesma e linda ilha, onde o rio se precipita naquele encachoeirado, ou cachoeiro, que deu o nome à cidade. Trata-se de um artesanato sutil; não lhe basta a perícia técnica de delicados torneiros que faz desses pios bem acabados pequenas obras de arte; exige uma sensibilidade que há de estar sempre aguçada. Direis que é uma arte assassina; e, na verdade, incontáveis milhares de bichos do Brasil e da América do Sul já morreram por acreditar,  em algum momento de fome ou de amor, naqueles pios imaginados entre os murmúrios do rio Itapemirim.

   Dizem que os Coelho fazem até, em segredo, pios para caçar mulher. Famosa caçada é essa, em que não raro é o caçador a presa da caça. Não sei. Ainda que eu seja Coelho pela parte de mãe, devo ser de outro ramo, visto que nunca me deram um pio desses. Nem quero.

(Rubem Braga, “Quinca Cigano”. Elenco de cronistas brasileiros modernos. Adaptado)

As expressões destacadas em “Ainda que eu seja Coelho pela parte de mãe, devo ser de outro ramo, visto que nunca me deram um pio desses” podem ser, correta e respectivamente, substituídas, sem prejuízo de sentido por:

Carregando...
Q787168

O Atlas da Violência dos municípios brasileiros, divulgado nesta segunda-feira (05.08) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), aponta que cerca de metade
dos homicídios ocorridos no Brasil, em 2017, ocorreu em 120 cidades, ou seja, em 2% do total do país.

(Globo. https://glo.bo/2z32J3z. 05.08.19. Acesso em 10.08.2019. Adaptado)

Outra informação importante divulgada pelo Atlas destaca

Carregando...
Q787170

A imagem a seguir mostra um documento simples elaborado por meio do WordPad, por um usuário do MS-Windows 7, em sua configuração padrão.

Sabendo-se que o tamanho e o tipo da fonte aplicados em todas as palavras são iguais, assinale a alternativa que apresenta a formatação utilizada na palavra “do”.

Carregando...
Q787163

Em 06 de junho, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu por unanimidade que a dispensa de aval legislativo e de licitação somente se aplica às subsidiárias, não valendo para empresas matrizes, que continuam precisando de autorização do Congresso para serem privatizadas.

(Agência Brasil. https://bit.ly/2WOpwxQ. 06.06.19. Acesso em 07.08.2019. Adaptado)

Com essa decisão do STF, é necessária a autorização do Congresso para a privatização

Carregando...
Q787144

Leia o texto, para responder à questão. 

   O bullying, segundo a Lei no 13.185, de 2015, consiste em intimidar, constranger, ofender, castigar, submeter, ridicularizar ou expor alguém, entre pares, a sofrimento físico ou moral, de forma reiterada.

   Em 2018, a Lei no 13.663 incluiu, entre as atribuições das escolas, a promoção da cultura da paz e ações de conscientização, prevenção e combate a diversos tipos de violência, como o bullying.

   Apesar dessas duas medidas, não há nenhuma passagem no Código Penal Brasileiro que caracterize a prática como crime propriamente dito. Especialistas recomendam que, por isso, além das ações planejadas pelas escolas, também haja um acompanhamento cuidadoso dos pais sobre as mudanças de comportamento das crianças, por menores que elas possam ser.

   Desta maneira, é possível perceber se a criança está sofrendo bullying ou praticando-o.

(Disponível em: www.terra.com.br/noticias/educação.Acesso em 05.08.2019. Adaptado)

Assinale a alternativa que está redigida de acordo com a norma-padrão de crase e de concordância verbal.

Carregando...
Q787132

Leia o texto, para responder à questão. 

   O filho de um amigo é negro. Outro dia, na escola, a professora chamou sua atenção e disse: “Você está na minha lista negra”. Meu amigo fez uma reclamação à coordenadora da escola, por entender que a expressão é racista. Por que a lista é “negra”?
   

   Palavras e expressões racistas fazem parte do repertório cotidiano sem que, muitas vezes, a gente tenha consciência do que realmente está dizendo. Eu mesmo me surpreendo dizendo coisas que não quero, por força do hábito. Ainda se ouve “amanhã é dia de branco”, “a coisa tá preta”. Nos anúncios de emprego, pedia-se “boa aparência”. Uma forma de dizer que negros não seriam aceitos?

   Continuamos a usar termos racistas. A linguagem forma as pessoas, molda o modo de pensar. Não aceito mais essas palavras e expressões, policio meu vocabulário. É preciso reaprender a falar.

(Walcyr Carrasco, “Uma linguagem racista”. Veja, 31.07.2019. Adaptado)

No 1o parágrafo, a substituição do pronome “sua” na passagem “Outro dia, na escola, a professora chamou sua atenção...” será correta, clara e coerente com o contexto
se a redação do trecho destacado for:

Carregando...
Q787149

No estoque de uma loja de ferragens, há uma caixa com menos de 400 unidades de certo parafuso. Para serem colocados à venda, esses parafusos podem ser distribuídos em pacotes com 12 unidades, ou 20 unidades, ou 25 unidades em cada um, sem que sobre nem falte nenhum parafuso. Se o lojista decidir formar pacotes com 25 unidades em cada um, o número de pacotes formados será igual a

Carregando...
Q515848

Leia o texto, para responder às questões de números 06 a 09.

A República dos Estados Unidos da Bruzundanga tinha,

como todas as repúblicas que se prezam, além do presidente

e juízes de várias categorias, um Senado e uma Câmara de

Deputados, ambos eleitos por sufrágio direto e temporários

ambos, com certa diferença na duração do mandato: o dos

senadores, mais longo; o dos deputados, mais curto.

O país vivia de expedientes, isto é, de cinquenta em cinquenta

anos descobria-se nele um produto que ficava sendo

a sua riqueza. Os governos taxavam-no a mais não poder, de

modo que os países rivais, mais parcimoniosos na decreta-

ção de impostos sobre produtos semelhantes, acabavam, na

concorrência, por derrotar a Bruzundanga; e, assim, ela fazia

morrer a sua riqueza, mas não sem os estertores de uma valorização

duvidosa. Daí vinha que a grande nação vivia aos solavancos,

sem estabilidade financeira e econômica; e, por isso

mesmo, dando campo a que surgissem, a toda hora, financeiros

de todos os seus cantos e, sobretudo, do seu parlamento.

Naquele ano, isto dez anos atrás, surgiu na sua Câmara

um deputado que falava muito em assuntos de finanças, or-

çamentos, impostos diretos e indiretos e outras coisas cabalísticas

da ciência de obter dinheiro para o Estado.

Chamava-se o deputado Felixhimino ben Karpatoso. Se

era advogado, médico, engenheiro ou mesmo dentista, não

se sabia bem; todos tratavam-no de doutor, embora nada se

conhecesse dele.

(Lima Barreto, Um grande financeiro. Os bruzundangas. Adaptado)

Assinale a alternativa que reescreve passagem do

texto respeitando a norma-padrão de concordância verbal

e nominal.

Carregando...
Q787175

A planilha exibida a seguir foi digitada no MS-Excel 2010, em sua configuração padrão.

Ao ser inserida a fórmula =MÉDIA(A1;A6) na célula A8, o valor exibido será

Carregando...
Q787151

Na estrada que liga as cidades A e B, há um posto de pedágio e um posto da polícia rodoviária, representados na figura por P e R, respectivamente.

Sabe-se que o pedágio está localizado exatamente na metade da distância entre as cidades A e B, e que o posto policial está localizado exatamente na metade da distância entre o pedágio e a cidade B. Desse modo, a razão entre as distâncias do pedágio ao posto policial e da cidade A ao posto policial é

Carregando...
Q787156

Considere um recipiente com a forma de um bloco retangular, com arestas internas de medidas indicadas em centímetros na figura, e que contém, inicialmente, 1 000 cm3 de certo líquido. 

Se despejarmos mais 5 000 cm3 desse líquido nesse recipiente, este terá  da sua capacidade total preenchida.

A medida da altura desse recipiente, indicada por h na figura, é igual a

Carregando...
Q787167

Criado em 1961, o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) é referência no que faz: trabalho com engenharia espacial, inclusive com satélites lançados, geofísica
e ciências atmosféricas. Recentemente, ficou conhecido por monitorar o desmatamento na Amazônia.

(UOL. https://bit.ly/2YsBGgo. 24.07.2019. Acesso em 03.09.2019. Adaptado)

O Inpe faz parte da estrutura do Ministério

Carregando...
Q787162

Por 70 votos a favor e quatro contrários, o plenário do Senado aprovou sem alterações, na noite desta terça (28.05), a redação saída da Câmara dos Deputados do
relatório da Medida Provisória (MP) 870/2019, enviada pelo presidente logo após a sua posse em 01 de janeiro.

(Socioambiental. https://bit.ly/2Kzw0JR. 29.05.2019. Acesso em 07.08.2019. Adaptado)

De acordo com o texto anteriormente aprovado pela Câmara dos Deputados, a Funai (Fundação Nacional do Índio)

Carregando...
Q787143

Leia o texto, para responder à questão. 

   O bullying, segundo a Lei no 13.185, de 2015, consiste em intimidar, constranger, ofender, castigar, submeter, ridicularizar ou expor alguém, entre pares, a sofrimento físico ou moral, de forma reiterada.

   Em 2018, a Lei no 13.663 incluiu, entre as atribuições das escolas, a promoção da cultura da paz e ações de conscientização, prevenção e combate a diversos tipos de violência, como o bullying.

   Apesar dessas duas medidas, não há nenhuma passagem no Código Penal Brasileiro que caracterize a prática como crime propriamente dito. Especialistas recomendam que, por isso, além das ações planejadas pelas escolas, também haja um acompanhamento cuidadoso dos pais sobre as mudanças de comportamento das crianças, por menores que elas possam ser.

   Desta maneira, é possível perceber se a criança está sofrendo bullying ou praticando-o.

(Disponível em: www.terra.com.br/noticias/educação.Acesso em 05.08.2019. Adaptado)

  Considerando-se a relação das ações que descrevem o bullying no 1° parágrafo, é correto afirmar que, para que este seja caracterizado, é preciso que os comportamentos sejam

Carregando...
Q787131

Leia o texto, para responder à questão. 

   O filho de um amigo é negro. Outro dia, na escola, a professora chamou sua atenção e disse: “Você está na minha lista negra”. Meu amigo fez uma reclamação à coordenadora da escola, por entender que a expressão é racista. Por que a lista é “negra”?
   

   Palavras e expressões racistas fazem parte do repertório cotidiano sem que, muitas vezes, a gente tenha consciência do que realmente está dizendo. Eu mesmo me surpreendo dizendo coisas que não quero, por força do hábito. Ainda se ouve “amanhã é dia de branco”, “a coisa tá preta”. Nos anúncios de emprego, pedia-se “boa aparência”. Uma forma de dizer que negros não seriam aceitos?

   Continuamos a usar termos racistas. A linguagem forma as pessoas, molda o modo de pensar. Não aceito mais essas palavras e expressões, policio meu vocabulário. É preciso reaprender a falar.

(Walcyr Carrasco, “Uma linguagem racista”. Veja, 31.07.2019. Adaptado)

No texto, o racismo expresso na linguagem

Carregando...
GABARITO:

  • 1) D
  • 2) C
  • 3) D
  • 4) A
  • 5) E
  • 6) E
  • 7) A
  • 8) E
  • 9) D
  • 10) D
  • 11) C
  • 12) B
  • 13) C
  • 14) B
  • 15) A
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282