Ir para o conteúdo principal
Aprova Questões
Milhares de questões atuais de concursos.

Questões de Concurso – Aprova Concursos

Milhares de questões com o conteúdo atualizado para você praticar e chegar ao dia da prova preparado!


Use os filtros abaixo para tornar a sua busca ainda mais específica. Você não precisa preencher todos os campos, apenas os que desejar.


Aviso: Os filtros passaram por mudanças. Caso seu filtro salvo não retorne o resultado esperado, por gentileza, salve-o novamente.
Dica: Caso encontre poucas questões de uma prova específica, filtre pela banca organizadora do concurso que você deseja prestar.
Exibir questões com:
Não exibir questões:
Minhas questões:
Filtros aplicados:


Exibindo questões de 11 encontradas. Imprimir página Salvar em Meus Filtros
Folha de respostas:

  • 1
    • a
    • b
    • c
    • d
    • e
  • 2
    • a
    • b
    • c
    • d
    • e
  • 3
    • a
    • b
    • c
    • d
    • e
  • 4
    • a
    • b
    • c
    • d
  • 5
    • a
    • b
    • c
    • d
  • 6
    • a
    • b
    • c
    • d
    • e
  • 7
    • a
    • b
    • c
    • d
  • 8
    • a
    • b
    • c
    • d
  • 9
    • Certo
    • Errado
  • 10
    • Certo
    • Errado
  • 11
    • a
    • b
    • c
    • d
    • e

Para Monteiro, esse “motivo básico” das expedições dos bandeirantes foi

A partir do excerto, é correto afirmar que, em geral, as comunidades de escravos fugidos

Na sua manifestação, Cadornega parece

Em suas andanças pelos sertões, os paulistas iriam, afinal, realizar velhos sonhos e confirmar um raciocínio lógico. O raciocínio continha uma pergunta: se a parte do continente que pertencia à América espanhola era rica em metais preciosos, por que estes não existiriam em abundância também na colônia lusa? Em 1695, no Rio das Velhas, próximo às atuais Sabará e Caeté, ocorreram as primeiras descobertas significativas de ouro. A tradição associa a estas primeiras descobertas o nome de Borba Gato, genro de Fernão Dias. Durante os quarenta anos seguintes, foi encontrado ouro em Minas Gerais, na Bahia, em Goiás e no Mato Grosso. Sobre o ouro explorado no século XVIII, é possível afirmar que, EXCETO:

Considerando o texto II como uma provável consequência do que se denuncia no texto I, é correto afirmar:

No processo de ocupação do território brasileiro, durante o período da colonização portuguesa, Três centros urbanos se destacaram, por fazer parte da primeira Rede Urbana Nacional, formando uma hinterland, que funcionava como importante canal de escoamento de mercadorias que se destinavam à exportação.

Os três centros urbanos foram:

“Não bastasse a ferocidade dos quilombolas, uma inquietude nova e constante acrescentava-se ao percurso dos viajantes em trânsito: o medo dos ataques das quadrilhas de salteadores formadas por homens livres brancos, mamelucos, mulatos ou negros alforriados. [...] O mais célebre grupo de salteadores das Minas, a quadrilha da Mantiqueira, agia no alto da serra, perto do trecho que o Caminho Novo se bifurcava na vila de São João del Rey e em direção a Vila Rica. [...] A quadrilha [...] só foi desbaratada com muito esforço, por volta de 1783, pelo alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, então comandante do destacamento do Caminho Novo. [...]"

SCHWARCZ, Lilia M.; STARLING, Heloisa M. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015, p 120-1.

Tomando o trecho como referência, em relação à ocupação populacional das minas no século XVIII, é correto afirmar que

Muitos aspiram à condição de senhor de engenho, porque se trata de um título que traz consigo a possibilidade de ser servido, obedecido e respeitado.

ANTONIL, A. J. Cultura e opulência do Brasil. Belo Horizonte-São Paulo: Itatiaia-Edusp, 1982 (adaptado).

 

Quanto à organização da sociedade colonial brasileira, para ocupar a posição social descrita, era necessário

Alguns dos mais importantes fundamentos da civilização

ocidental foram lançados na Antiguidade Clássica (Grécia e

Roma). Esse legado apresenta-se em múltiplos aspectos,

entre os quais podem ser citados as artes, a filosofia, a política

e o direito. Nos mil anos que se seguem à queda de Roma, a

Europa se ruraliza, a economia mercantil sofre grande refluxo

e verifica-se a ascendência, não apenas religiosa, de uma

instituição centralizada e de extrema capilaridade – a Igreja

Católica. A Baixa Idade Média anuncia profundas

transformações que atingem a culminância no início da Idade

Moderna. Entre os séculos XVI e XVIII, o Ocidente se reinventa

geográfica, política e culturalmente. Em fins do século XVIII, a

partir da Inglaterra, a Revolução Industrial inaugura uma nova

era para uma história crescentemente globalizada.

Tendo as informações acima como referência inicial, julgue os

itens de 71 a 80, relativos à história do mundo ocidental.

Na Idade Moderna, a montagem do sistema colonial europeu sobre as regiões a serem exploradas, como foi o caso da América ibérica, obedeceu aos parâmetros do mercantilismo: ênfase na exploração agrícola; preocupação em desenvolver o mercado interno nas colônias; e pouca atenção à exploração de metais preciosos

África e América foram incorporadas à história ocidental a

partir do expansionismo comercial e marítimo europeu do

início dos tempos modernos. O processo de exploração

colonial desses continentes seguiu a lógica econômica e

política que, na Europa, caracterizava a transição do

feudalismo ao capitalismo. Nas palavras de um ex-diretor

geral da Unesco, “hoje, torna-se evidente que a herança

africana marcou, em maior ou menor grau, dependendo do

lugar, os modos de sentir, pensar, sonhar e agir de certas

nações do hemisfério ocidental. Do sul dos Estados Unidos ao

norte do Brasil, passando pelo Caribe e pela costa do Pacífico,

as contribuições culturais herdadas da África são visíveis por

toda parte; em certos casos, chegam a constituir os

fundamentos essenciais da identidade cultural de alguns

segmentos mais importantes da população".

Tendo por referência inicial as informações contidas no texto

acima e considerando aspectos significativos do ensino de

história, da história da América e de suas identidades, bem

como da história africana e de suas relações com o exterior,

julgue os itens de 81 a 90

Na formação histórica do Brasil, as relações processadas via Atlântico são de tal ordem essenciais que se pode afirmar que “o Brasil também começa na África, e a África se prolonga no Brasil”.

A presença dos negros africanos e de seus descendentes na América portuguesa não apenas possibilitou a construção de um processo histórico extremamente singular, como também ressaltou especificidades únicas na formação da sociedade e da cultura brasileira. Sobre esse tema, é possível aferir que:

GABARITO:

  • 1
    E
  • 2
    B
  • 3
    E
  • 4
    A
  • 5
    B
  • 6
    D
  • 7
    A
  • 8
    B
  • 9
    Errado
  • 10
    Certo
  • 11
    C

Em caso de dúvidas com relação à solução de alguma questão, assista às videoaulas de resolução no site. Digite na barra de busca o ID da pergunta desejada, você irá encontrá-lo ao lado do número da questão.

© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282