Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questão: 228328 - INEP - 2011 - ENADE - Arquitetura e Urbanismo , INEP - 2011 - ENADE - Biologia , INEP - 2011 - ENADE - Ciências Sociais , INEP - 2011 - ENADE - Computação , INEP - 2011 - ENADE - Educação Física , INEP - 2011 - ENADE - Engenharia Grupo I , INEP - 2011 - ENADE - Engenharia Grupo VI , INEP - 2011 - ENADE - Engenharia Grupo VII , INEP - 2011 - ENADE - Filosofia , INEP - 2011 - ENADE - Física , INEP - 2011 - ENADE - Geografia , INEP - 2011 - ENADE - História , INEP - 2011 - ENADE - Letras , INEP - 2011 - ENADE - Matemática , INEP - 2011 - ENADE - Música , INEP - 2011 - ENADE - Pedagogia , INEP - 2011 - ENADE - Química , INEP - 2011 - ENADE - Tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas , INEP - 2011 - ENADE - Tecnologia em construção de edifícios , INEP - 2011 - ENADE - Tecnologia em fabricação mecânica , INEP - 2011 - ENADE - Tecnologia em gestão da produção industrial

Em reportagem, Owen Jones, autor do livro Chavs: a difamação da classe trabalhadora, publicado no Reino Unido, comenta as recentes manifestações de rua em Londres e em outras principais cidades inglesas.

Jones prefere chamar atenção para as camadas sociais mais desfavorecidas do país, que desde o início dos distúrbios, ficaram conhecidas no mundo todo pelo apelido chavs, usado pelos britânicos para escarnecer dos hábitos de consumo da classe trabalhadora. Jones denuncia um sistemático abandono governamental dessa parcela da população: “Os políticos insistem em culpar os indivíduos pela desigualdade”, diz. (...) “você não vai ver alguém assumir ser um chav, pois se trata de um insulto criado como forma de generalizar o comportamento das classes mais baixas. Meu medo não é o preconceito e, sim, a cortina de fumaça que ele oferece. Os distúrbios estão servindo como o argumento ideal para que se faça valer a ideologia de que os problemas sociais são resultados de defeitos individuais, não de falhas maiores. Trata-se de uma filosofia que tomou conta da sociedade britânica com a chegada de Margaret Thatcher ao poder, em 1979, e que basicamente funciona assim: você é culpado pela falta de oportunidades. (...) Os políticos insistem em culpar os indivíduos pela desigualdade”.
Suplemento Prosa & Verso, O Globo, Rio de Janeiro, 20 ago. 2011, p. 6 (adaptado).

Considerando as ideias do texto, avalie as afirmações a seguir.

I. Chavs é um apelido que exalta hábitos de consumo de parcela da população britânica.

II. Os distúrbios ocorridos na Inglaterra serviram para atribuir deslizes de comportamento individual como causas de problemas sociais.

III. Indivíduos da classe trabalhadora britânica são responsabilizados pela falta de oportunidades decorrente da ausência de políticas públicas.

IV. As manifestações de rua na Inglaterra reivindicavam formas de inclusão nos padrões de consumo vigente.

É correto apenas o que se afirma em

Carregando...
GABARITO: E
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282