A língua portuguesa é cheia de peculiaridades. Por isso, hoje vamos trazer alguns erros de português que você nem sabia que estava cometendo, mas que a partir de hoje não vai mais cometer. Então, confira esse post até o fim e anote as dicas!

1. Erros de português: “Seja isso ou aquilo”

O termo “seja” não pode ser usado sozinho ou ligado a uma conjunção coordenativa, como acontece no título “seja isso OU aquilo”. Simplificando, para a frase ficar certa é necessário duplicar o “seja”, então ficaria: seja isso, seja aquilo. Confira mais exemplos de certo e errado:

Certo: Seja uma vez por semana, seja todos os dias, o importante é manter a rotina de estudos.

Errado: Seja uma vez por semana ou todos os dias, o importante é manter a rotina de estudos.

 

2. Utilizar “onde” e não se referir a lugar

É importante lembrar que o pronome “onde” sempre vai expressar uma noção de lugar. Mas aposto que você já falo ou já ouviu alguém usando fora do contexto. Se não se referir a lugar, você pode encaixar outras expressões como: “em que” e “no qual”. Vamos aos exemplos?

Correto: A casa onde moro é grande.

Incorreto: Fez várias declarações, onde se mostrava culpado.
Reescrevendo: Fez várias declarações, nas quais se mostrava culpado.

 

3. Erros de português: misturar os pronomes “tu” e “você”

Para o seu texto ficar correto, você deve escolher entre os dois pronomes: “tu” ou “você”. Então, se você optar pelo “você”, fuja de “teu” ou “te”, porque essas são variações do pronome “tu”. Vamos explicar melhor com os exemplos.

Correto: Eu precisei de ti e tu não me ajudastes. Que se passa contigo? Esqueceste a tua promessa?
ou
Correto: E precisei de você e você não me ajudou. Que se passa com você? Esqueceu a sua promessa?

 

4. Utilizar “mesmo” como pronome pessoal

A palavra “mesmo” pode ser usada de diversas formas como: pronome demostrativo, substantivo ou adjetivo, mas nunca como pronome pessoal. Dá uma olhada nos exemplos que tudo vai ficar mais claro.

Correto: Mesmo ferido, o assaltante conseguiu fugir da polícia.

Errado: Ao entrar em contato com o cliente, não espere que o mesmo lhe responda em menos de 24 horas.

 

5. Cuidado com as expressões “vir de encontro a” e “ir ao encontro de”

Mesmo que as expressões sejam parecidas, os significados são opostos, então cuidado para não se confundir. “vir de encontro a” significa ir contra algo ou colidir, mas “ir ao encontro de” expressa concordância.

Exemplo de concordância: Os interesses profissionais de um redator web vão ao encontro dos de seu cliente.

Exemplo de discordância: O texto redigido pelo redator foi de encontro à proposta de pauta do conteúdo.

 

Com informações de: Blog Contentools

 

Resolva questões para não ter mais erros de português

Já que você teve uma breve aula de português, separamos oito questões para você fixar os conhecimentos. Então, venha testar seu aprendizado na prática com perguntas aplicadas em concursos públicos.

 

 

Veja mais notícias no blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE NOVIDADES

Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

Publicado em 04/12/2019 | Atualizado em 04/12/2019 às 12:44

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *