Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:

Excluir questões:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 436 a 450 de 482 questões.

Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 436 a 450
Questões por página:
Q553231

O sociólogo Imannuel Wallerstein argumenta que “o discurso do liberal tende assim a ser temeroso da maioria, temeroso dos sujos, dos ignorantes, das massas. Não há dúvidas, o discurso do liberal tece sempre imensos louvores ao potencial de integração dos excluídos, mas é sempre de uma integração controlada que está falando, de uma integração nos valores e estruturas dos já incluídos.
Contra a maioria, o liberal está sempre defendendo a minoria. Mas não é o grupo minoritário que ele defende, é sim a minoria simbólica, o indivíduo racional heroico contra a multidão – isto é, ele mesmo.” (WALLERSTEIN, I. “Ciência Social e Sociedade contemporânea. As garantias evanescentes de racionalidade” In: O Fim do Mundo como o concebemos. Ciência Social para o século XXI. Rio de Janeiro: Revan, 2002)
Já o cientista político italiano Norberto Bobbio diz que os “ideais liberais e o método democrático vieram, gradualmente, se combinando num modo tal que, se é verdade que os direitos de liberdade foram desde o início a condição necessária para a direta aplicação das regras do jogo democrático, é igualmente verdadeiro que, em seguida, o desenvolvimento da democracia se tornou o principal instrumento para a defesa dos direitos a liberdade.” (BOBBIO, N. “Liberalismo e Democracia”. São Paulo: Brasiliense, 1994)
Apesar das diferentes visões sobre o Liberalismo e a Democracia apresentadas acima, analise as seguintes afirmações:
I. Os ideais liberais e democráticos, a despeito de suas origens, influenciam o ordenamento político das sociedades ocidentais;
II. Liberalismo e Democracia, doutrinas políticas que surgiram em momentos diferentes da História, são bases para o que se chama de Pensamento Liberal Democrático;
III. Liberalismo é uma doutrina política incongruente com o ideal igualitário, que caracteriza a tradição democrática.
Nesse sentido, é correto que se afirma em:

Carregando...
Q553224

“Não só os intelectuais transformaram política em racionalidade, mas a proclamação das virtudes da racionalidade constituiu uma expressão de seu otimismo e serviu para alimentar o otimismo de todos. Seu credo era: à medida que avançamos na direção de uma compreensão mais verdadeira da realidade, avançamos consequentemente na direção de uma melhor governança da sociedade real e, assim, da realização mais plena do potencial humano. Como modo de construção do saber, a ciência não se limitou a construir-se sobre essa premissa; ela se propôs como método mais seguro de realizar a busca racional.” (WALLERSTEIN, I. “Ciência Social e Sociedade contemporânea. As garantias evanescentes de racionalidade” In: O Fim do Mundo como o concebemos. Ciência Social para o século XXI. Rio de Janeiro: Revan, 2002) Na passagem acima, o sociólogo contemporâneo Immanuel Wallerstein faz referências ao otimismo que o fortalecimento da ciências, de um modo geral, bem como o surgimento das Ciências Sociais, de modo mais específico, propiciaram no contexto da consolidação da sociedade capitalista.
Nesse sentido, qual, ou quais, das correntes sociológicas que surgiram entre os séculos XIX e XX seria, ou seriam exemplos desse otimismo?

Carregando...
Q553229

Os discursos ou as teorias científicas são desenvolvidos através de um conjunto de técnicas e de experimentos no intuito de compreender ou resolver um problema anteriormente apresentado.
As Ciências Sociais, por exemplo, possuem, entre suas diferentes missões, o objetivo de investigar os problemas sociais que vivenciamos durante o nosso cotidiano. Tais ciências procuram fazê-lo de modo sistematizado, diferentemente do Senso Comum, embora o antropólogo estadunidense Clifford Geertz apontá-lo também como um conhecimento importante, justamente porque é comum à sociedade como um todo. Diante das suas diferenças, ou mesmo aproximações, aponte a alternativa correta sobre o conhecimento científico e o senso comum.

Carregando...
Q553243

Analise as afirmações a respetio do movimento sindical brasileiro:
I. Na era Vargas o Ministério do Trabalho procura expandir as conquistas do operariado para além dos limites do Estado burguês.
II. Na década de 1990, o sindicalismo refluiu para uma ação localizada, fragmentada por setor econômico e por empresa.
III. O chamado sindicalismo propositivo promove nos anos 2000, uma transição de uma postura combativa e conflitiva, para uma postura mais adepta à negociação com empresários e governo.
Assinale a alternativa que representa o julgamento correto das assertivas:

Carregando...
Q553680

Julgue os itens a seguir, relativos aos princípios de conservação e armazenamento de soluções. o permanganato de potássio é um oxidante forte usado nas mais variadas indústrias. Após o preparo da solução de permanganato de potássio, a armazenagem e conservação podem ser feita em frascos de vidros incolor e transparentes, uma vez que costuma conter óxido de manganês como impureza que a presença de luz catalisa sua decomposição. após o preparo da solução de ácido ascórbico, a conservação deverá ocorrer em frasco âmbar de vidro e ao abrigo da luz, para evitar sua decomposição. soluções fortemente alcalinas, quando conservadas em frascos de vidros, também sofre contaminação devido à formação de silicatos, em ataque ao vidro. É recomendável a conservação desse tipo de solução em frascos de polietileno. considerando que o hidróxido de sódio é bastante higroscópico, a conservação de sua solução é recomendada em frascos de vidro âmbar de vidro. o nitrato de prata é sal inorgânico, sólido à temperatura ambiente, de coloração esbranquiçada, sensível à luz. Portanto, sua solução deve ser armazenada em frascos de vidro âmbar. Marque a sequência correta de cima para baixo:

Carregando...
Q553685

Uma amostra de solo coletada no horizonte superficial foi submetida a oxidação da matéria orgânica via úmida com dicromato de potássio em meio sulfúrico, empregando-se como fonte de energia o calor desprendido do ácido sulfúrico. O excesso de dicromato após a oxidação foi titulado com solução padrão de sulfato ferroso amoniacal (sal de Mohr) sendo obtido o resultado analítico de C orgânico = 2,0 %. Assinale a alternativa correta que apresenta o teor de matéria orgânica do solo na unidade de medida g/kg:

Carregando...
Q553692

Suponha que você precise separar 20 g de TFSA, sendo que este material será triturado e passado em peneira de 80 mesh. Em seguida, foram pesados 0,5 g da TFSA triturada para homogeneizar com 10 mL de solução de bicromato de potássio 0,2 M. Assinale a alternativa correta quanto ao recipiente mais adequado para esta última etapa do procedimento descrito:

Carregando...
Q553697

Fazem parte das análises químicas de fertilizantes minerais para quantificação do nitrogênio total, fósforo total, potássio (k2O) solúvel em água, cálcio, magnésio e cloro solúvel em água, os seguintes métodos, respectivamente:

Carregando...
Q553700

Uma das formas de quantificar a matéria orgânica no solo é por meio:

Carregando...
Q553705

Para determinar o Índice de Dispersão Granulométrica (GSI), é recomendado no manual do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento a utilização de:

Carregando...
Q553419

Os ovos são constituídos por casca, clara e gema, sendo considerados fontes de proteínas e vitaminas A e D. A clara é composta por uma mistura de proteínas e água. Dentre as proteínas da clara, assinale aquela que liga-se à biotina, impedindo sua ação.

Carregando...
Q553135

“Ogum, que conhecia o segredo do ferro, não tinha dito nada até então. Quando todos os outros orixás tinham fracassado, Ogum pegou o seu facão, de ferro, foi até a mata e limpou o terreno.
Os orixás, admirados, perguntaram a Ogum de que material era feito tão resistente facão. Ogum respondeu que era de ferro, um segredo recebido de Orumilá.
Ogum, que conhecia o segredo do ferro, não tinha dito nada até então. Quando todos os outros orixás tinham fracassado, Ogum pegou o seu facão, de ferro, foi até a mata e limpou o terreno. Os orixás invejaram Ogum pelos benefícios que o ferro trazia, não só a agricultura, mas como à caça e até mesmo à guerra. Por muito tempo os orixás importunaram Ogum para saber o segredo do ferro, mas ele mantinha o segredo só para si. Os orixás decidiram então oferecer-lhe o reinado em troca de que ele lhe ensinasse tudo sobre aquele metal tão resistente. Ogum aceitou a proposta.
Os humanos também vieram a Ogum pedirlhe o conhecimento do ferro. E Ogum lhes deu o conhecimento da forja, até o dia em que todo caçador e todo guerreiro tiveram suas lanças de ferro. [...]
Apesar de Ogum ter aceitado o comando dos orixás, antes de mais nada ele era um caçador.[...]
Os humanos que receberam de Ogum o segredo do ferro não o esqueceram. Todo mês de dezembro, celebram a festa de Uidê-Ogum. [...] Ogum é o senhor do ferro para sempre.” (disponível em:
http://www.palmares.gov.br/005/00502001.jsp?HC D_chave=63, acesso em 1º de agosto de 2016).
A Lei n.º 10.639/03, ao alterar a Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9.934/96), tornou obrigatório o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira e Africana em todas as áreas e em todos os níveis da educação. Nesse sentido, a possível abordagem de um conto da mitologia africana, como o apresentado acima, atenderia aos seguintes objetivos, exceto:

Carregando...
Q553236

“É a diversidade que deve ser salva. É necessário, pois, encorajar as potencialidades secretas, despertar todas as vocações para a vida em comum que a história tem de reserva; é necessário também estar pronto para encarar, sem surpresa, sem repugnância e sem revolta, o que estas novas formas sociais de expressão poderão oferecer de desusado. A tolerância não é uma posição contemplativa dispensando indulgências ao que foi e ao que é. É uma atitude dinâmica, que consiste em prever, em compreender e em promover o que se quer ser.” (LÉVI-STRAUSS, C. “Raça e História”. In: Antropologia Estrutural Dois. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1993)
Lévi-Strauss escreveu “Raça e História”, a pedido da UNESCO no contexto pós-Segunda Guerra Mundial, defendendo a diversidade cultural como um grande patrimônio e para pôr fim à ideia de superioridade por parte de alguns povos. Nesse sentido, o estudo das culturas e povos diferentes que a antropologia fez ao longo de sua história é de fundamental importância. E o entendimento desses povos e/ou culturas diferentes só é possível graças ao desenvolvimento de um método muito típico da antropologia. Este método é o:

Carregando...
Q553142

Os irmãos Graco, que governaram Roma no século II a.C., estabeleceram algumas medidas na intenção de responder às tensões sociais geradas pela insatisfação da plebe romana. Indique abaixo a alternativa que apresenta uma dessas medidas:

Carregando...
Q553161

Quando se aborda o tema “História e diversidade e gênero” no ambiente escolar, faz-se necessário compreender que conceitos sobre heterossexualidade, homossexualidade, entre tantos, por vezes polêmicos e carregados de tabus, precisam fazer parte do currículo escolar, pois só se promove a dignidade da pessoa humana, tal qual está posto nos artigos 1º e 3º da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, a partir do momento em que a visão de nossas construções socioculturais do presente estão ligadas a outras tantas que já existiram no passado, continuaram e se diferenciaram.
Sobre a história da homossexualidade (1) assinale a alternativa incorreta:

Carregando...
GABARITO:

  • 436) C
  • 437) E
  • 438) A
  • 439) B
  • 440) D
  • 441) E
  • 442) D
  • 443) D
  • 444) B
  • 445) C
  • 446) E
  • 447) A
  • 448) B
  • 449) A
  • 450) A
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282