Ir para o conteúdo principal
Aprova Questões
Milhares de questões atuais de concursos.

Um colunista de uma revista semanal escreveu sobre o massacre ocorrido na Noruega, em julho de 2011: Nesta era da internet a informação é instantânea. A desinformação, também. A notícia sobre os trágicos atentados de Oslo chegou-me enquanto eu navegava pelos sites que costumo frequentar para me atualizar sobre o que ocorre no mundo. Pus-me imediatamente em busca dos detalhes. Abri a página de uma respeitada revista internacional. Além de alguns pormenores, obtive também a primeira explicação, que veria em seguida nas versões eletrônicas dos jornais brasileiros, segundo a qual o perpetrador dos atos terríveis era alguém a serviço de um movimento fundamentalista islâmico. Dois dias depois do acontecido, quando ficou claro que, na verdade, se tratava de um extremista de direita que pertenceu a movimentos neonazistas, ainda é possível encontrar, mesmo com ressalvas [...], a mesma interpretação apressada, baseada no preconceito contra muçulmanos. Revista Carta Capital, São Paulo: Confi ança, n. 657, p.41, 3 ago. 2011 Adaptado. Com base na leitura do texto, analise as afirmações. I - Na Europa, em tempos de crise e de níveis elevados de desemprego, imigrantes, especialmente muçulmanos, não são bem vistos e vêm sendo vítimas de atitudes preconceituosas. II - Diante dos atentados “isolados” em Oslo, há uma tendência clara na Europa de iniciar uma reação generalizada contra a islamofobia e de uma reação de estímulo à colaboração de imigrantes estrangeiros no processo de superação da crise. III - Após o atentado de 11 de setembro de 2001, interesses econômicos e políticos, e não apenas preconceitos, motivaram a decisão de dirigentes de países desenvolvidos para o combate aos países de origem islâmica. É correto o que se afirma em

GABARITO: D
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282