Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:

Excluir questões:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 27 questões.

Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 1 a 15
Questões por página:
Q632558

Para a análise técnico-econômica da construção de uma via urbana de 12 m de largura por 1 600 m de comprimento, foram levados em conta dois sistemas construtivos: a pavimentação flexível e a rígida. O orçamento do sistema construtivo com pavimentação flexível totalizou R$ 1 586 320,87, enquanto o orçamento do sistema construtivo com pavimentação rígida resultou em R$ 2 092 132,75. Os gastos de manutenção não foram incluídos nesses orçamentos.

Com base nessa situação, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.

I. Para o estudo de viabilidade técnico-econômica do pavimento flexível em relação ao rígido, deve-se implementar um sistema de monitoramento de via em função da sua serventia para, ao final da vida útil da obra, comparar os gastos com manutenção e o investimento inicial.

PORQUE

II. Os custos de manutenção não afetam o orçamento inicial, devendo, contudo, ser considerados na análise técnico-econômica, pois, ao final da vida útil da obra, há possibilidade de o sistema construtivo com pavimento rígido apresentar menor custo de manutenção, revelando-se mais econômico que o de pavimentação flexível.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.

Carregando...
Q632560

Desde a década de 1960, utiliza-se o produto resultante da trituração de pneus para a adição ao asfalto, o que é conhecido como asfalto modificado com borracha (AMB). Diversas concessionárias de estradas utilizam o AMB também na manutenção dos pavimentos. No dimensionamento de pavimentos flexíveis, considera-se o número de solicitações de um eixo-padrão na vida útil do projeto, mas diversas condições podem determinar a antecipação de sua vida útil, entre elas o excesso de cargas.

Em relação ao uso de pneus descartados na restauração de pavimentos flexíveis, é correto afirmar que

Carregando...
Q632565

Anualmente, são registrados acidentes associados à ruptura das estruturas de contenção em obras rodoviárias e em áreas urbanas (subsolos e escavações) e, em geral, a causa desses acidentes está associada à deficiência da caracterização geológico-geotécnica e/ou a falhas de projeto e de execução da obra. A escolha inadequada de uma técnica pode acarretar acidentes fatais e elevar os custos financeiros da obra. Existem várias técnicas que podem ser empregadas para a contenção de maciços de solo, sendo classificadas de acordo com seu processo executivo e o material empregado.

Em relação à contenção de maciços, consideram-se técnicas de contenção de gravidade:

Carregando...
Q632572

No traçado das vias, consideram-se os efeitos decorrentes da força centrífuga no deslocamento dos veículos que percorrem trechos em curva. Essa força é calculada pela expressão

em que m é a massa do veículo, V, a velocidade do veículo e R, o raio da curva.

O projetista de vias públicas e estradas pode utilizar recursos como a sobrelargura, que consiste em variar a largura da via para mel horar a inscrição dos veículos, a sobrelevação, que consiste em elevar o bordo externo da via, e as curvas de transição (5), que consistem em curvas de raio variável intercaladas para a transição entre os trechos em tangente ( T ) (retas) para trechos de curva circular ( C ). Deve-se compatibilizar a transição planialtimétrica para que os resultados sejam adequados e veículos possam transitar com segurança.

Com relação ao planejamento de estradas e às modificações das vias para a segurança do tráfego dos veículos em relação aos efeitos da força centrífuga, conclui-se que

Carregando...
Q632553

A medida de profundidade em ambientes aquáticos está relacionada à pressão hidrostática, através da relação aproximadamente linear P = f (z), em que z é a profundidade e P é a pressão. Assuma que a densidade da água do mar ρ = 1,025 x 103 kg·m -3, que não há variação dessa densidade com a profundidade e que o valor da aceleração da gravidade g = 9,8 m·s-2.

Nesse contexto, assinale a opção cujo gráfico relaciona adequadamente a profundidade com a pressão hidrostática.

Carregando...
Q632552

Os veículos espaciais apresentam estrutura externa constituída por um conjunto de blocos que formam um escudo térmico, cuja função é proteger motores e demais componentes de possíveis danos causados pelo calor, além de reduzir a temperatura interna do veículo.

Esses escudos térmicos são construídos com material

Carregando...
Q632557

O ensaio de flexão é utilizado em materiais frágeis ou de alta dureza, tais como cerâmicas estruturais ou aços-ferramenta. Em uma de suas modalidades mais comuns, o ensaio de flexão a 3 pontos, é provocada uma flexão ao se aplicar o carregamento em 3 pontos, o que causa uma tensão de tração surgida no ponto central e inferior da amostra, onde a fratura do material terá início.

Assumindo-se um comportamento de tensão de formação linear, a tensão de flexão cr do material pode ser obtida por meio da fórmula:

em que F é a carga, d é a distância entre os pontos de apoio, w é a largura do corpo de prova e h é a espessura do corpo de prova.

Considere dois corpos de prova A e B do mesmo compósito reforçado com fibras de vidro, cuja resistência à flexão é de 290 MPa. O corpo de prova A tem o triplo da largura e a metade da espessura do corpo de prova B e ambos são submetidos ao mesmo ensaio de flexão.

Nessa situação, qual porcentagem da força necessária para o rompimento do corpo de prova B deverá ser aplicada ao corpo de prova A para que este também se rompa?

Carregando...
Q632564

O conhecimento do subsolo se faz por meio das investigações geológico-geotécnicas, que fornecem informações primordiais para a elaboração de um projeto adequado. As técnicas de investigação existentes podem ser indiretas e diretas. A sondagem de simples reconhecimento (SPT), uma técnica direta, fornece informações importantes do terreno, a exemplo do índice de resistência à penetração do amostrador padrão, também conhecido como número de golpes do SPT (NSPT), obtido a cada metro de sondagem. Além disso, essa técnica coleta uma amostra de solo para cada metro investigado para a caracterização tátil-visual.

A tabela 1 apresenta os valores dos números de golpes para três segmentos de 15 em cravados do amostrador a cada metro de profundidade, obtidos em uma sondagem de terreno realizada. A tabela 2 apresenta estados de compacidade e de consistência, de acordo com o índice de resistência à penetração (NSPT).

Com base na tabela 2 e nos resultados do ensaio correspondente ao índice de resistência à penetração e material amostrado, apresentados na tabela 1, conclui-se que as designações corretas para as duas camadas do subsolo amostradas -1 m a 3 m e 4 m a 6 m - são, respectivamente:

Carregando...
Q632569

Um engenheiro civil está desenvolvendo um projeto de terraplenagem do trecho de uma rodovia federal, compreendido entre as estacas 0 + 0,00 e 21 + 0,00, conforme as ordenadas do diagrama de Brückner e os volumes do material no seu estado natural, apresentadas na tabela a seguir.

Foram lançadas duas linhas de compensação: a primeira, entre as estacas 3 + 0,00 e 7 + 10,00, na ordenada 2 400 m3 e a segunda, na ordenada - 3 800 m3 , entre as estacas 12 + 0,00 e 16 + 0,00. O engenheiro civil sabe que, para fins de atendimento à legislação ambiental, é necessário realizar a recomposição da área de um empréstimo localizado na estaca 8 + 15,00, a 250 m do eixo da rodovia, o que requer um volume de 8 500m3. O engenheiro civil necessita, então, calcular o volume de bota-fora compreendido entre as estacas 0 + 0,00 e 21 + 0,00, para verificar se ele será suficiente para a recomposição ambiental já mencionada.

Na situação descrita, o volume, em m3 , de bota-fora deverá ser igual a

Carregando...
Q632571

Nos últimos anos, a preocupação com o meio ambiente impulsionou o setor rodoviário a desenvolver novas tecnologias no âmbito da pavimentação, como, por exemplo, as misturas asfálticas mornas.

Sobre a utilização de misturas asfálticas mornas, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.

I. O uso de misturas asfálticas mornas resulta em menor emissão de poluentes ao meio ambiente, em redução do consumo energético, em dissipação mais lenta de calor durante o transporte entre a pista e a usina, e em menor exposição dos trabalhadores.

PORQUE

II. A viabilidade técnica das misturas asfálticas mornas é possível após a obtenção das propriedades de trabalhabilidade e compactação em temperaturas menores em relação às misturas a quente convencionais.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.

Carregando...
Q632549

A partir desses textos, avalie as afirmações a seguir.

I. Os benefícios da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos são de difícil valoração econômica.

II. As mudanças climáticas resultantes da emissão de gases de efeito estufa têm gerado oportunidades para o desenvolvimento e a utilização de fontes renováveis de energia, como alternativas ao uso de combustíveis fósseis.

III. A degradação ambiental pode ocasionar limitações ao crescimento econômico sustentável.

IV. A geração de riqueza e desenvolvimento sem a elevação do padrão de consumo dos recursos naturais constitui impedimento para o crescimento de países em desenvolvimento.

V. Os tratados internacionais ambientais exigem entrelaçamento entre lucros obtidos, desenvolvimento social de comunidades tradicionais e conservação dos ecossistemas.

É correto apenas o que se afirma em

Carregando...
Q632551

De acordo com a Lei de Resfriamento de Corpos, a taxa de variação da temperatura de um corpo em relação ao tempo é proporcional à diferença entre a temperatura do corpo e a temperatura ambiente.

Considere que T( t) é a temperatura do corpo em função do tempo, A é a temperatura do ambiente, t é o tempo e k é a constante de proporcionalidade.

Nesse contexto, o modelo matemático correspondente à Lei de Resfriamento de Corpos e à função resultante de sua resolução são dados, respectivamente, por

Carregando...
Q632556

A importância da otimização no processo produtivo é inegável. Do ponto de vista matemático, para otimizar determinada grandeza, é necessário modelá-la de acordo com ma função e, a partir daí, conforme a situação, procurar um máximo ou um mínimo. Uma das formas usadas para minimizar funções é o método dos multiplicadores de Lagrange.

Um fabricante de latinhas de refrigerante deve propor uma lata cilíndrica de volume V0. Essa lata será fabricada usando-se duas ligas metálicas distintas, sendo uma para a parte lateral e outra para a base e a tampa. Ele deseja calcular o raio (r) e a altura (h) da lata para que o custo de sua produção seja o menor possível. Sabe-se que a área total da lata é dada por A(r,h) e que o custo total de produção da lata, que depende apenas do material utilizado na sua produção, é C(r,h). Para a solução desse problema, será utilizado o método dos multiplicadores de Lagrange.

Com base nessa situação, avalie as afirmações a seguir, acerca da solução desse problema.

I. O custo de produção da lata pode ser expresso por C( r, h) = 2π (K1rh + K2r 2 ), em que K1 e K2 são constantes que dependem do custo de cada uma das ligas metálicas por unidade de área.

II. A função a ser minimizada da área total da lata é A(r,h) = 2π rh + 2π r2.

III. O vínculo na minimização, relacionado ao volume da lata, é dado por g(r,h) = π r2h - V0 .

IV. O sistema de equações a ser montado é C(r,h) = λg(r,h), no qual λ é denominado multiplicador de Lagrange.

É correto apenas o que se afirma em

Carregando...
Q632563

Para a avaliação da resistência ao cisalhamento dos solos, emprega-se, comumente, o critério de ruptura de Mohr-Coulomb, que consiste na utilização do círculo de Mohr, representando as solicitações, e de uma envoltória, que representa a resistência ao cisalhamento do solo. Os círculos representam as tensões (normais e cisalhantes) em qualquer plano da massa de solo e a envoltória define os limites de resistência ao cisalhamento para cada um desses planos.

Os esquemas de 1 a 4 ilustram os círculos de Mohr e as envoltórias para quatro diferentes estados de tensão em um ponto de uma massa de solo. Nos esquemas, C representa a coesão do solo, é o ângulo de atrito, a representa as tensões normais (sendo σ1 a tensão principal maior, σ2 a tensão principal intermediária e σ3 a tensão principal menor) e τ representa as tensões cisalhantes.


A respeito desses esquemas, avalie as afirmações a seguir.

I. O esquema 1 corresponde a uma amostra de solo que se encontra submetida somente a uma pressão hidrostática e, nesse estado, a tensão de cisalhamento é nula.

II. O esquema 2 corresponde a uma amostra de solo que excedeu a resistência ao cisalhamento em mais de um plano, o que não é permitido pelo critério de Mohr-Coulomb.

III. O esquema 3 corresponde a uma amostra de solo que se encontra submetida a uma tensão cisalhante inferior à sua resistência ao cisalhamento.

IV. O esquema 4 corresponde a uma amostra de solo que atingiu a resistência ao cisalhamento em algum plano e, por essa razão, ocorreu a ruptura.

É correto o que se afirma em

Carregando...
Q632568

O gerenciamento e o controle operacional de um sistema de abastecimento de água potável são facilitados pela setorização da rede de distribuição de água. A setorização permite a implementação de sistemas de monitoramento e controle, o que possibilita a identificação mais eficiente dos pontos da rede sujeitos a maior incidência de vazamentos. Cada setor pode ser subdividido em um ou mais subsetores, denominados zona de pressão, setor de medição e setor de manobra.

Com relação à setorização de redes de distribuição de água, avalie as afirmações a seguir.

I. A zona de pressão é a área abrangida por uma subdivisão da rede, na qual somente as pressões estáticas obedecem a limites pré-fixados.

II. O setor de manobra representa uma subdivisão da rede que pode ser isolada sem afetar o abastecimento do restante da rede e tem por finalidade separar as águas fornecidas por diferentes fontes, de forma a minimizar os problemas de qualidade da água.

III. O monitoramento do setor de medição permite o acompanhamento do consumo e das perdas de água, por isso, na entrada dos setores de medição, deve haver macro medidores e, nos consumidores finais, hidrômetros, o que permite comparação entre a macromedição e a micromedição, obtendo-se índices de perdas mais confiáveis para o gerenciamento.

É correto o que se afirma em

Carregando...
GABARITO:

  • 1) D
  • 2) D
  • 3) B
  • 4) E
  • 5) A
  • 6) E
  • 7) B
  • 8) B
  • 9) D
  • 10) B
  • 11) D
  • 12) A
  • 13) D
  • 14) C
  • 15) D
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282