Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:

Excluir questões:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 1 a 5 de 5 questões.

Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 1 a 5
Questões por página:
Q644590

No Brasil, a área total de florestas plantadas, em 2006, totalizou 5,74 milhões de hectares, sendo 3,55 milhões de hectares com eucalipto, 1,82 milhão com pínus e 370,5 mil com outras espécies. Além das madeiras de fibra curta, que dominam a produção, o consumo e a exportação no Brasil, outras espécies têm-se destacado para cultivo nas condições edafoclimáticas que aqui se apresentam. Algumas características relacionadas a essas espécies estão listadas a seguir.

Espécie 1: Originária da Austrália, as principais plantações comerciais estão localizadas no Rio Grande do Sul. É uma espécie leguminosa que apresenta boa adaptação, mesmo em terras desgastadas, sendo muito utilizada para a recuperação dos solos e combate à erosão.

Espécie 2: Ocorre em toda a região amazônica, com maior frequência no sul do Pará. Sua madeira é pesada e de boa resistência ao ataque de cupins. É utilizada no mobiliário de luxo. A árvore, que atinge 25 m a 30 m de altura, com tronco de 50 cm a 80 cm de diâmetro, é também ornamental e pode ser empregada em paisagismo de parques e grandes jardins.

Espécie 3: É uma árvore de grande porte, de origem asiática, introduzida no estado do Mato Grosso, e hoje se espalha pela região amazônica, apresentando excelente desempenho. Do total de 3 milhões de hectares plantados no mundo, 94% estão em zonas tropicais da Ásia, principalmente na Índia e na Indonésia.

As espécies 1, 2 e 3 correspondem, respectivamente, a

Carregando...
Q644568

As espécies florestais podem ser propagadas por diferentes métodos, seja pela via assexuada (vegetativa) seja pela sexuada (sementes). A propagação vegetativa ou clonagem caracteriza-se por multiplicar partes de plantas com a finalidade de obtenção de novas plantas geneticamente idênticas à planta doadora (planta-mãe), sendo essa prática muito comum na produção comercial de mudas de eucaliptos. A propagação vegetativa justifica-se naqueles casos em que a produção de sementes é escassa, de baixo poder germinativo e difícil armazenamento e em espécies de alta produtividade e qualidade final da madeira desejada ou, ainda, em programas de melhoramento genético da espécie.

Considerando a utilização de propagação vegetativa em espécies florestais, avalie as afirmativas abaixo.

I. A micropropagação é uma técnica de propagação assexuada que se caracteriza pelo cultivo de partes da planta em vasos com solução nutritiva em condições de ambiente protegido.

II. A microestaquia é uma técnica de propagação assexuada que se caracteriza pelo uso de propágulos rejuvenescidos em laboratório para posterior enraizamento, visando à produção de mudas.

III. A miniestaquia é uma técnica de propagação assexuada que consiste no uso de brotações de plantas propagadas pelo método de estaquia convencional como fontes de propágulos.

IV. A enxertia é a técnica de propagação assexuada mais recomendada para plantios comerciais em larga escala, pois conduz à elevada qualidade da madeira produzida pela espécie enxertada.

É correto apenas o que se afirma em

Carregando...
Q644592

Analise as asserções abaixo.

A abertura de clareiras em florestas é um fator de renovação que conduz a uma mudança progressiva na composição florística, envolvendo combinações de estágios pioneiros, secundários iniciais, tardios e mais maduros, chamados de clímax.

PORQUE

A sucessão secundária se dá em ambientes já estabelecidos e encontra-se associada à sua renovação, ou seja, uma perturbação natural ou antrópica qualquer desencadeia os processos de sucessão secundária.

Considerando essas asserções, assinale a opção correta.

Carregando...
Q650735

A silvicultura dedica-se aos estudos dos métodos naturais e artificiais de regenerar e melhorar os povoamentos florestais, visando ao mercado e ao uso racional de florestas.

PORQUE

Os aspectos da planta como procedência, grau de melhoramento genético e métodos de produção das mudas terão pesos significativos nos custos de formação florestal e na sua produtividade.

A esse respeito, pode-se concluir que

Carregando...
Q655804

Para implantação de um reflorestamento com fins comerciais, usando espécies florestais nativas ou exóticas, devem ser selecionadas espécies que, entre outras características,

I - apresentem um crescimento rápido;

II - possuam alta dispersão de pólen;

III - tenham sua silvicultura conhecida;

IV - apresentem sementes recalcitrantes.

São corretas apenas as afirmativas

Carregando...
GABARITO:

  • 1) C
  • 2) C
  • 3) A
  • 4) B
  • 5) B
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282