Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:

Excluir questões:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 294 questões.

Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 1 a 15
Questões por página:
Q782625

“O período histórico a que se refere o mandato conferido à Comissão Nacional da Verdade (CNV), o período da ditadura militar instalada em 1964, esteve associado a um quadro de violações massivas e sistemáticas de direitos humanos. A Lei Federal no 12.528/2011 define a competência da CNV, estipulando-a para o esclarecimento de fatos, circunstâncias e autoria de graves violações de direitos humanos praticadas pelo Estado brasileiro no período de 1946 a 1988. O legislador apresenta, no artigo 3º, II da lei, uma lista de quatro condutas, às quais deve ser concedido tratamento especial em razão de sua gravidade. No entanto, a despeito da não inclusão explícita
dessa conduta no texto da lei, a CNV decidiu considerá-la como grave violação de direitos humanos, seja porque já é assim considerada, como proibição imperativa para todos os Estados, seja porque foram tidas como uma espécie de porta de entrada do sistema repressivo do regime militar e um facilitador para a prática de outras graves violações, como denunciou o projeto Brasil: nunca mais.”

Brasil. Comissão Nacional da Verdade. Relatório / Comissão Nacional da Verdade. – Recurso eletrônico. – Brasília: CNV, 2014. Volume I. p. 278-279 (com adaptações)

Dentre as graves violações aos direitos humanos praticadas durante a ditadura militar no Brasil e denunciadas pela Comissão Nacional da Verdade, qual das seguintes medidas foi considerada como porta de entrada para as arbitrariedades cometidas pelo regime? 

Carregando...
Q782620

Quanto à formação de um incipiente mercado interno no Brasil durante o período colonial, é correto afirmar que 

Carregando...
Q782624

José Murilo de Carvalho, em sua obra “Cidadania no Brasil: o longo caminho”, salienta que, no auge do entusiasmo cívico, considerou-se a Constituição de 1988 como sendo a "Constituição Cidadã". O autor destaca ainda que para se pensar uma cidadania plena é necessária, em uma democracia, a garantia dos direitos civis, políticos e sociais.

Nesta perspectiva, em que consistem os direitos civis? 

Carregando...
Q782623

“No aluir das paredes, no ruir das pedras, no esfarelar do barro, havia um longo gemido. Era o gemido lamentoso do Passado, do Atraso, do Opróbrio. A cidade colonial, imunda, retrógrada, emperrada nas suas velhas tradições, estava soluçando no soluçar daqueles apodrecidos materiais que desabavam. Mas o
hino claro das picaretas abafava esse protesto impotente. Com que alegria cantavam elas — as picaretas regeneradoras! E como as almas dos que ali estavam compreendiam bem o que elas diziam, no seu clamor incessante e rítmico, celebrando a vitória da higiene, do bom gosto e da arte!”

BILAC, Olavo. Crônica. Revista Kosmos, Rio de Janeiro, mar.1904.

“De uma hora pra outra, a antiga cidade desapareceu e outra surgiu como se fosse obtida por uma mutação de teatro. Havia mesmo na cousa muito de cenografia.”

BARRETO, Afonso Henriques de Lima. Os Bruzundangas. São Paulo: Brasiliense, 1956.

Observadores de sua época e partícipes do novo jornalismo que se levantava com toda a força no início do século XX, os cronistas Olavo Bilac e Lima Barreto comentavam a nova era de metamorfoseamento material e imaterial pela qual passava o Rio de Janeiro com posições diametralmente opostas.

Quanto as perspectivas adotadas por estes autores, é correto afirmar que 

Carregando...
Q782622

“Para além de uma rejeição ou negação dos valores de civilização e progresso que se tentava materializar na cidade do Rio de Janeiro, a Revolta da Vacina, na sua dimensão popular, trazia em seu bojo a defesa e a afirmação de uma outra lógica de interpretação do mundo.”

AQUINO e MITTELMAN, Tania. A revolta da vacina. Vacinando contra a varíola e contra o povo. Rio de Janeiro: Ed. Ciência Moderna, 2003.

Entre as crenças que geraram desconfiança e aversão à obrigatoriedade da vacinação imposta pelas autoridades cariocas e que resultaram na Revolta da Vacina, encontramos as tradições culturais das populações negras descendentes dos grupos bantus e iorubás, para quem 

Carregando...
Q769282

Leia as afirmativas a seguir:

I. Traços fortes da cultura africana podem ser encontrados hoje em variados aspectos da cultura brasileira, exceto na música popular.

II. A cultura da África chegou ao Brasil trazida exclusivamente pelos imigrantes italianos.

Marque a alternativa CORRETA:

Carregando...
Q782621

Quanto à primeira Constituição do Brasil, outorgada por D. Pedro I em 25 de março de 1824, é correto afirmar que 

Carregando...
Q782619

As principais tribos que dominavam o litoral brasileiro durante o século XVI faziam parte de um grupo indígena muito amplo conhecido como tupi, nome da língua que eles falavam. Mas os tupis não eram uma nação indígena homogênea. Eles tinham grandes rivalidades internas que acabaram sendo exploradas pelos europeus que tentavam colonizar a região.

Qual destes povos tupis foi considerado grande inimigo dos portugueses após o episódio da morte do primeiro bispo do Brasil, Dom Pero Fernandes Sardinha, em 1556, que, depois de sobreviver ao naufrágio de sua embarcação, foi capturado, morto e devorado pelos índios, segundo o relato do historiador
Frei Vicente do Salvador?  

Carregando...
Q738135

"O império do Brasil é associação política de todos os cidadãos brasileiros. Eles formam uma nação livre, e independente, que não admite com qualquer outra laço algum de união ou federação que se oponha à sua independência."

Constituição de 1824, título I, art. 1.º.

A partir do fragmento de texto precedente, julgue o próximo item, a respeito da formação da nação brasileira.

A consolidação política do Brasil independente foi processo complexo, marcado por intensos debates políticos e sociais que colocaram em xeque tanto a unidade territorial quanto o princípio político centralizador consagrado no Primeiro Reinado.

Carregando...
Q738130

Considerando as figuras apresentadas, julgue o item seguinte, acerca da diversidade de atores sociais que formaram a sociedade brasileira.

A história do contato de povos indígenas com colonizadores portugueses não é igual à do contato de indígenas com brasileiros na atualidade, embora ambas possam ser genericamente descritas como histórias de violência e de extermínio.

Carregando...
Q751517

Refletindo sobre a América e a África, Dorigo (2011) menciona os hábitos e as lacunas que os antigos livros de história do Brasil apresentaram. Assinale a alternativa que NÃO representa a visão do historiador sobre o assunto.

Carregando...
Q747131

Atente para o seguinte excerto que se refere às razões que levaram à criação dos campos de concentração no Ceará em 1932:

“(...) o “campo" era o último recurso, cheio de sofrimento e dor, que sua condição de sem-terra tornava inevitável. Mas nestes anos eles aprenderam a se organizar em multidões aparentemente disformes e sem controle, que levavam o medo às autoridades e aos comerciantes de alimentos. O simples ajuntamento de retirantes já era suficiente para aterrorizar as populações das cidades mais próximas às áreas secas".

O evento acima retratado se deu

Carregando...
Q741715

Há 50 anos o cenário do Rio de Janeiro, descrito por Zuenir Ventura, em "1968 - O ano que não terminou", incluía estudante morto, passeatas e tropas de choque.
Compõe esse contexto histórico a(o):

Carregando...
Q755052

No Brasil, a República nasceu de um golpe de Estado, comandado pelo Exército, em 15 de novembro de 1889. Pode‐se afirmar que suas primeiras décadas (Primeira República ou “República Velha”, entre 1889 e 1930) corresponderam a uma realidade que, sob vários aspectos, negava a própria essência de um regime republicano (“coisa pública”). Foi característica marcante desse período o(a)

Carregando...
Q732687

“Jean-Baptiste Debret, o principal personagem da arte brasileira no século XIX, integrou a chamada Missão Artística Francesa e foi o maior articulador da fundação da Academia de Belas-Artes no Rio de Janeiro. Res-ponsável por formar a primeira geração de artistas brasileiros voltados à produção artística oficial."

(SPACA, 2006. p. 5).

Sobre Jean-Baptiste Debret, podemos afirmar:

I- Foi colega de Grandjean de Montigny e do pintor de paisagens Nicolas- Antoine Taunay.

II- Retratou Dom Pedro II no ápice do seu reinado, esta obra acompanha as ilustrações de sua “Viagem pito-resca e histórica ao Brasil".

III- Foi cenógrafo do Teatro da Corte.

IV- Debret observou os diversos personagens da sociedade brasileira, além dos índios e dos escravos.

Assinale a alternativa correta.

Carregando...
GABARITO:

  • 1) D
  • 2) D
  • 3) C
  • 4) B
  • 5) D
  • 6) D
  • 7) E
  • 8) A
  • 9) Certo
  • 10) Certo
  • 11) A
  • 12) C
  • 13) D
  • 14) D
  • 15) C
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282