Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questão: 607410 - IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Pedagogia , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Sociologia , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Química , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Matemática , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Português , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Espanhol , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Inglês , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - História , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Geografia , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Física , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Filosofia , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Educação Física , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Ciências Físicas e Biológicas , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Biologia , IBFC - 2017 - SEDUC-MT - Professor - Arte

Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. A relação capitalista da produção, que aparentemente parece livre, não passa de uma relação servil. Uma relação servil em que o capital está subordinado ao trabalho e o sujeito humano aos objetos por ele produzidos. O domínio do capital sobre o trabalho converte o produtor real em meio de produção de riqueza e esta não lhe pertence, mas lhe aparece como riqueza estranha. Quanto mais o trabalhador produz, mais objetos contrapõem-se a ele com poder hostil, os quais não lhe pertencem, mas o subordinam.

II. Uma segunda característica da alienação na sociedade capitalista está ligada à própria atividade produtiva do homem. A riqueza resultante da atividade produtiva pertence ao trabalhador, mas se contrapõe a ele como riqueza estranha e que o domina, a própria atividade vital do homem surge como uma atividade estranha. O estranhamento também resulta do fato de não ser o homem que emprega os meios de produção, mas os meios de produção empregarem o homem.

III. Quando o trabalhador chega à fábrica, defronta-se com os meios de produção como uma força estranha que dele independe e que o domina. Um meio pelo qual a atividade vital do homem se converte em atividade estranha é a própria divisão do trabalho. Pela divisão do trabalho a atividade humana transforma-se em atividade maquinal, unilateral; uma atividade separada do pensamento e idêntica ao agir animal.

IV. A atividade maquinal não oferece satisfação ao trabalhador, mas, ao contrário, o trabalho lhe aparece como atividade estranha, que não o realiza, mas que o nega, desgasta suas energias físicas e mentais. O trabalhador que vende sua força de trabalho por um salário não se afirma no trabalho, não desenvolve livremente suas energias físicas e mentais, mas as esgota. O trabalhador se sente em si, livre, fora do trabalho, e quando trabalha sente-se estranho, fora de si.

Estão corretas as afirmativas:

Carregando...
GABARITO: C
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282