Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questão: 569925 - CEFET-AL - 2013 - IF-AL - Professor - Sociologia

“Classe social” é provavelmente a ideia mais famosa da Sociologia; ou, ao menos, a ideia com a qual o público leigo mais identifica a Sociologia como disciplina acadêmica ou área de conhecimento. Talvez nenhuma outra palavra do repertório sociológico apareça tanto, seja usada com tanta desenvoltura, em tantos sentidos ou tenha sido objeto de tanta crítica e revisão nos últimos cinquenta anos. (CODATO, Adriano; LEITE, Fernando Baptista. Classe social. In: Heloisa Buarque de Almeida; José Szwako. (Org.) Diferenças, igualdade. São Paulo - SP: Berlendis & Vertecchia, 2009, p. 7-29). Utilizando seus conhecimentos sobre o tema das classes sociais e desigualdade na sociedade contemporânea, julgue os itens a seguir. CONCURSO I - Sociólogo estudioso das camadas médias americanas, Wright Mills apontou, já no início da década de 50, a aproximação crescente entre trabalhadores de colarinho branco – o empregado de escritório moderno – e os operários do setor produtivo. II - O Brasil tem um dos maiores índices de desigualdade social do mundo, porém por conta do aumento dos gastos sociais nas últimas décadas, pelos programas governamentais de transferência de renda (Bolsa Família, etc.) apresenta uma alta mobilidade social ascendente, conferindo a milhões de brasileiros uma mudança substancial na sua condição de vida, dando origem à nova classe média ou classe “C”. III - A desigualdade em uma sociedade gira em torno da distribuição diferenciada de recursos de valor às variadas categorias de indivíduos – sendo as de classe, étnica e gênero as três mais importantes. IV - Uso científico do termo classe social por parte de sociólogos, economistas, historiadores deve levar em conta apenas as distinções econômicas, o acesso diferenciado a determinados bens e serviços na sociedade V - A chamada nova classe média brasileira, de acordo com Jessé de Souza, só pode ser compreendida no marco mais geral de alteração do sistema capitalista, de um modelo fordista, passando pelo toyotismo e chegando ao movido pelo afrouxamento de laços de proteção ao trabalhador, da voracidade do capital financeiro e da alteração profunda nas relações cotidianas da sociedade moderna. A nova classe média carrega as agruras de uma classe que não perfila a tradicional classe trabalhadora, nem pode ser classificada como classe média tradicional. É correto afirmar que:

Carregando...
GABARITO: D
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282