concurso DPE MT 2022 pode acontecer em breve! A Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso possui muitos cargos vagos e já definiu comissão organizadora para algumas dessas oportunidades. Para ajudar nos seus estudos, preparamos um texto especial com tudo o que você precisa saber, acompanhe!

concurso dpe mt 2022

Saiba tudo sobre o concurso DPE MT 2022.

O Aprova Concursos preparou um curso exclusivo para o concurso DPE MT 2022. Nossas videoaulas estão em formato de plano de estudos, ou seja, elas já estão organizadas na ordem dos assuntos que mais tem chances de serem cobrados na prova! Então, é só dar o play e seguir a sequência do seu ambiente de estudos, assim, você não perde tempo! E, elas também são gravadas por assunto, com a duração ideal para que você consiga aprender sobre o tema proposto pelo professor, sem ficar cansativa!

Afinal, a sua preparação só precisa durar o tempo necessário para garantir a vaga dos seus sonhos. Com toda a certeza um dos nossos cursos irá aumentar muito as suas chances de conquistar uma das vagas na DPE MT, venha para o Aprova e descubra o segredo para ser aprovado!

Acesse o curso online para o concurso DPE MT 2022

Para mais informações, ligue 0800 606 9080

Situação atual do concurso DPE MT

A previsão do concurso do DPE MT 2022 é para abertura de vagas tanto para Defensores como para oportunidades na área de apoio. Abaixo vamos explicar como está a situação de cada concurso.

Situação do concurso da área de apoio

A Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso já designou a comissão organizadora de um novo concurso DPE MT para servidores. Os membros dessa comissão deverão elaborar um estudo técnico preliminar para contratação da banca organizadora. Então, uma licitação será aberta para decidir quem será responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas da seleção.

De acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) o novo edital deverá ofertar vagas imediatas e oportunidades em cadastro reserva para os cargos de Controlador Interno, Técnico Administrativo e Analista.

Situação do concurso da área de Defensor

Quanto ao outro concurso, a Lei de Diretrizes Orçamentária também prevê oferta de 30 vagas para o cargo de Defensor Público. No dia 22 de junho foi publicada no Diário Oficial do Mato Grosso a comissão organizadora.

Cargos do concurso DPE MT

Quanto aos cargos para o concurso DPE MT 2022, a quantidade de cargos vagos no órgão é a seguinte:

  • Controlador Interno – 3 vagas;
  • Defensor Público – 30 vagas;
  • Técnico Administrativo – 3 vagas; e
  • Analista – 3 vagas.

 

Remuneração e evolução funcional do concurso DPE MT

Sobre a remuneração para o concurso da área de apoio,  os valores são os seguintes:

  • Controlador Interno – R$ 8.720,23 a R$ 20.354,44
  • Analista – R$ 4.741,40 a R$ 11.563,20
  • Técnico – R$ 1.896,56 a R$ 4.623,39

 

Já para o cargo de Defensor, a evolução funcional e salarial depende do nível do servidor:

CLASSE NÍVEL  VALOR
32  0 R$ 23.266,76
32 1 R$ 23.266,76
32 2 R$ 25.851,96
32 3 R$ 28.724,40
32 4 R$ 31.916,00
32 5 R$ 35.462,22

 

Requisitos e atribuições do concurso DPE MT

Como ainda não temos confirmação de quais cargos serão abertos, a seguir descrevemos os requisitos e atribuições de cada cargo aberto nos últimos editais do concurso da Defensoria Pública do Mato Grosso:

Defensor

  • Requisitos:
    • Ter nacionalidade brasileira;
    • Estar em dia com as suas obrigações eleitorais;
    • Para o candidato do sexo masculino, estar em dia com as suas obrigações militares;
    • Possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em bacharelado de direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação;
    • Haver exercido, no mínimo, 3 (três) anos de atividade jurídica;
    • Estar, até a data da posse, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil;
    • Não acumular cargos, empregos e/ou funções públicas, desde que ressalvados os casos previstos no art. 37, inciso XVI, da Constituição Federal;
    • Comprovar aptidão física e psíquica, através de inspeção médica do órgão de perícia oficial do Estado;
    • Entregar declaração dos bens e valores que constituem o seu patrimônio; e
    • Entregar outros documentos que se fizerem necessários, por ocasião da convocação para posse.
  • Atribuições:
    • Atender os necessitados em horários pré-fixados;
    • Tentar a composição amigável das partes, antes de promover a ação cabível, sempre que julgar conveniente;
    • Praticar atos inerentes à postulação e defesa dos juridicamente necessitados, providenciando para que os feitos tenham normal tramitação e utilizando-se de todos os recursos legais;
    • Propor a ação penal privada e a subsidiária da pública nos casos em que a parte for juridicamente necessitada; entre outras.

 

Administrador

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Administração.
  • Atribuições:
    • Planejar, organizar, formular, implantar, supervisionar, avaliar sistemas, processos e métodos de gestão, especialmente nas áreas de administração de materiais e compras, informação, tecnologia da informação e comunicação, gestão de pessoas, desenvolvimento organizacional, patrimônio e afins;
    • Administrar as atividades de recursos humanos, recrutamento e seleção, cargos e salários, benefícios, treinamentos e desenvolvimento;
    • Executar atividades especializadas de planejamento, gestão, coordenação e assistência técnica, bem como administrativas e de logística;
    • Pesquisar, desenvolver, monitorar e sistematizar as atividades decorrentes do planejamento estratégico e tático;
    • Elaborar diagnósticos, relatórios, contratos, normas, editais, manuais e outros documentos;
    • Analisar, interpretar e sistematizar dados, pesquisas, quadros, tabelas e planilhas;
    • Efetuar estimativa de despesas da unidade;
    • Elaborar, aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos planos, programas, parcerias estratégicas e projetos desenvolvidos pela área;
    • Aperfeiçoar procedimentos e métodos de trabalho;
    • Atuar em processos licitatórios;
    • Executar atividades inerentes aos subsistemas de gestão de pessoas;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

Advogado

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro na Ordem dos Advogados do Brasil.
  • Atribuições:
    • Elaborar e analisar informações, certidões, declarações, laudos, pareceres, relatórios e documentos congêneres;
    • Elaborar pareceres, minutas de atos administrativos e normativos;
    • Atuar na gestão de contratos e convênios;
    • Realizar avaliações, estudos, pesquisas e levantamentos de dados;
    • Propor planos, projetos, programas, diretrizes e políticas de atuação;
    • Atuar em planos, programas, projetos e convênios;
    • Atuar nas gerências e secretarias, quando designado, praticando os atos inerentes à atividade do setor;
    • Prestar as informações necessárias aos Defensores Públicos, quando solicitadas;
    • Efetuar as atribuições necessárias ao suporte dos Defensores Públicos, sempre que solicitadas;
    • Realizar tarefas administrativas afeitas às áreas de atuação institucional;
    • Participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho;
    • Participar do planejamento estratégico institucional;
    • Observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação;
    • Atender os públicos interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencialmente;
    • Prestar informações sobre a localização e tramitação de processos e documentos;
    • Orientar quanto à aplicação das normas internas ou da sua área de atuação;
    • Contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho;
    • Inserir dados e utilizar os sistemas de informação corporativos;
    • Observar e zelar pelo cumprimento dos prazos;
    • Realizar atividades relativas à tramitação e movimentação de procedimentos administrativos e documentos;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho constituídos pela
      autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que
      eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

Analista de Sistemas

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Análise de Sistemas e/ou Ciência da Computação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições:
    • Realizar a gestão de projetos de desenvolvimento de sistemas de informação finalísticos e corporativos, incluindo a análise, a implementação, os testes, a manutenção e a documentação de acordo com as metodologias, normas, técnicas e padrões adotados na organização;
    • Prospectar novos serviços de rede;
    • Estabelecer e executar as ações necessárias para garantir a segurança lógica dos serviços de rede;
    • Dar manutenção e suporte aos componentes que compõem solução de comunicação que reúne diversos módulos integrados;
    • Acompanhar projetos de implantação ou melhoria de ferramentas, softwares ou sistemas;
    • Analisar e identificar problemas nos servidores e serviços de rede;
    • Administrar ferramentas relacionadas à segurança digital e à lógica da rede corporativa;
    • Fornecer informações relacionadas ao uso dos serviços de rede na forma de relatórios gerenciais;
    • Administrar, coordenar e dar manutenção às atividades de sites relacionados aos serviços de rede;
    • Estabelecer e monitorar processos, normas e padrões para o desenvolvimento de sistemas e para a infraestrutura tecnológica, inclusive o modelo corporativo de dados e os relacionados à segurança da informação e comunicação e dos serviços de suporte e infraestrutura;
    • Realizar a gestão de projetos de instalação, configuração e manutenção dos serviços de rede, bancos de dados e ambientes operacionais, monitorando os níveis de qualidade;
    • Manter atualizada documentação pertinente aos serviços de rede;
    • Assumir a responsabilidade técnica por projetos e soluções de sua área de atuação;
    • Identificar necessidades da organização e prospectar soluções tecnológicas disponíveis no mercado, elaborando e validando especificações técnicas para contratação;
    • Participar de pesquisas e/ou desenvolvimento de novas técnicas alinhadas ao planejamento estratégico da Defensoria Pública;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Participar de atividades de suporte técnico e capacitação de usuários e desenvolvedores, zelando pela qualidade do atendimento em sua área de atuação;
    • Disponibilizar informações de apoio a decisões estratégicas;
    • Realizar a gestão e a implementação da governança de TI;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

Arquiteto

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Arquitetura, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo.
  • Atribuições:
    • Elaborar, executar, dirigir e fiscalizar projetos de arquitetura;
    • Preparar planos e métodos de trabalho;
    • Possibilitar e orientar a construção, a manutenção e o reparo de obras da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso;
    • Assegurar a execução das obras dentro de padrões e exigências técnicas;
    • Planejar, desenvolver, executar e acompanhar projetos de operacionalização e manutenção de obras; controlar a qualidade dos suprimentos e serviços executados;
    • Elaborar normas e documentação técnica;
    • Planejar, orientar, confeccionar, executar, acompanhar programas, projetos e pesquisas na área;
    • Coordenar, fiscalizar e acompanhar a execução de projetos, obras e serviços técnicos;
    • Realizar perícias, exames, vistorias, avaliações e estudos técnicos;
    • Coletar e analisar dados documentais e de campo;
    • Prestar informações técnicas sob a forma de pareceres, laudos, certidões, relatórios e documentos congêneres, indicando a fundamentação técnica, os métodos e os parâmetros aplicados;
    • Atuar em processos administrativos e judiciais como assistente técnico;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Assistente Social

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Serviço.
  • Atribuições:
    • Acolher e Proceder a entrevistas com usuários, familiares e demais envolvidos na problemática em questão e nos casos que lhes for dirigido;
    • Realizar e coordenar as visitas domiciliares e hospitalares, quando a demanda estiver relacionada a questões sociais ou de acordo com análise do profissional de Serviço Social;
    • Planejar, coordenar, supervisionar, implementar, executar e avaliar campanhas, projetos, programas e convênios relacionados à recuperação, prevenção e promoção da saúde dos assistidos, membros, servidores e estagiários;
    • Favorecer a construção e consolidação de rede de atendimento;
    • Elaborar Projeto Técnico de Trabalho Social (PTTS) conforme Normas do Ministério do Trabalho;
    • Emitir parecer técnico inerente à sua área de atuação;
    • Avaliar situações socioeconômicas;
    • Realizar pesquisa social;
    • Analisar políticas públicas sociais, seus serviços afins e correlatos;
    • Zelar pela confidencialidade dos documentos que contenham informações referentes ao seu exercício profissional;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

Contador

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Contabilidade, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Contabilidade.
  • Atribuições:
    • Orientar e assistir os trabalhos inerentes à contabilidade, observando as exigências
      legais e administrativas;
    • Realizar supervisão e auditoria contábil;
    • Elaborar, executar, acompanhar programas, projetos
      e pesquisas na área;
    • Participar do planejamento e execução da elaboração orçamentária da Defensoria Pública;
    • Fornecer elementos de natureza contábil para o controle da situação patrimonial e financeira das organizações;
    • Planejar, executar, organizar e supervisionar o sistema de registros e operações contábeis;
    • Emitir pareceres, diagnósticos, informações técnicas e demais documentações;
    • Analisar, processar e atualizar dados, informações e indicadores;
    • Realizar perícias, exames, vistorias, avaliações e estudos técnicos;
    • Coletar e analisar dados documentais e de campo;
    • Prestar informações técnicas sob a forma de pareceres, laudos e relatórios, indicando a fundamentação técnica, métodos e parâmetros aplicados;
    • Atuar em processos administrativos e judiciais como assistente técnico;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Economista

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Economia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Economia.
  • Atribuições:
    • Analisar, projetar e programar o ambiente econômico;
    • Elaborar, executar, acompanhar e avaliar programas, projetos e pesquisas na área econômica de mercado e viabilidade econômica do Poder Executivo Estadual;
    • Planejar e realizar estudos e projeções de natureza econômica e financeira;
    • Definir processos técnicos metodológicos;
    • Emitir diagnósticos e informações;
    • Criar e atualizar banco de dados;
    • Estabelecer estratégias;
    • Participar da análise de conjuntura econômica;
    • Avaliar impacto de investimentos e das políticas públicas socioeconômicas;
    • Analisar, processar e atualizar dados;
    • Levantar, sistematizar e interpretar dados, informações e indicadores;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Engenheiro Civil

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia.
  • Atribuições:
    • Elaborar, executar, dirigir e fiscalizar projetos de engenharia civil;
    • Preparar planos e métodos de trabalho;
    • Possibilitar e orientar a construção, manutenção e reparo de obras da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso;
    • Assegurar a execução das obras dentro de padrões e exigências técnicas;
    • Planejar, desenvolver, executar e acompanhar projetos de operacionalização e manutenção de obras;
    • Controlar a qualidade dos suprimentos e serviços executados;
    • Elaborar normas e documentação técnica;
    • Confeccionar, executar, acompanhar programas, projetos e pesquisas na área;
    • Realizar perícias, exames, vistorias, avaliações e estudos técnicos;
    • Coletar e analisar dados documentais e de campo;
    • Prestar informações técnicas sob a forma de pareceres, laudos, certidões, relatórios e documentos congêneres, indicando a fundamentação técnica, métodos e parâmetros aplicados;
    • Atuar em processos administrativos e judiciais como assistente técnico;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Jornalista

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições:
    • Pesquisar, recolher, redigir, registrar através de imagens e de sons, interpretar e organizar
      informações e notícias sobre a Defensoria Pública e a ela pertinentes de serem difundidas;
    • Expor, analisar e comentar acontecimentos;
    • Transmitir informações e ocorrências cotidianas a leitores de jornais e revistas, ouvintes de rádio e telespectadores; realizar seleção, revisão e preparo definitivo das matérias jornalísticas a serem divulgadas em jornais, revistas, televisão, rádio, Internet, assessorias de imprensa e quaisquer outros meios de comunicação com o público;
    • Selecionar e preparar suportes escritos ou audiovisuais para divulgação de informações;
    • Implementar ações de publicidade, propaganda, marketing e projetos institucionais;
    • Realizar a produção e edição de reportagem e entrevistas;
    • Preparar, organizar e realizar cerimonial dos eventos institucionais;
    • Emitir pareceres, diagnósticos, informações técnicas e demais documentações;
    • Analisar, processar e atualizar dados (estatísticos e informativos);
    • Levantar, sistematizar e interpretar dados, informações e indicadores;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente;
    • Elaborar projetos de layout para sítios web, gerenciando o conteúdo web;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente em atividades específicas de jornalismo e de assessoria de imprensa;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Psicólogo

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Psicologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Psicologia.
  • Atribuições:
    • Prestar atendimento e orientação psicológica aos assistidos e seus familiares, membros e servidores da Defensoria Pública;
    • Diagnosticar, avaliar e acompanhar distúrbios emocionais, mentais, comportamentais e de
      adaptação social do(s) indivíduo(s) durante o processo de tratamento;
    • Proceder a exames psicológicos com enfoque preventivo ou curativo, utilizando técnicas adequadas a cada caso;
    • Estudar os fenômenos psicológicos presentes na organização, atuando sobre os problemas organizacionais ligados à gestão de pessoas;
    • Realizar acompanhamento funcional de forma interdisciplinar;
    • Elaborar diagnósticos e intervenções organizacionais;
    • Realizar visitas domiciliares aos assistidos e seus familiares, membros e servidores da Defensoria Pública;
    • Analisar e indicar instituições que prestam atendimento a grupos em situação de vulnerabilidade;
    • Atuar no planejamento, na execução e no acompanhamento dos processos de recrutamento e seleção de pessoal, de avaliação de desempenho funcional, de programas voltados à capacitação e ao desenvolvimento, bem como outros processos afins da instituição;
    • Propor ações destinadas ao aprimoramento das relações de trabalho;
    • Realizar o assessoramento técnico na implantação da política de gestão de pessoas da instituição;
    • Atuar na orientação e na educação em saúde, em seu nível de especialização, com vistas à prevenção primária e secundária de doenças e, particularmente, à promoção de saúde e
      de qualidade de vida, tanto individualmente como por meio de cursos, palestras, campanhas e programas educativos;
    • Emitir autorização para tratamentos externos dentro de sua área de competência;
    • Prestar apoio técnico à mediação de conflitos;
    • Escolher e aplicar instrumentos e métodos de avaliação psicológica, mensurando, analisando e interpretando os resultados;
    • Zelar pela confidencialidade dos documentos que contenham informações referentes ao
      seu exercício profissional;
    • Realizar acolhimento e encaminhamento para a rede de apoio;
    • Promover articulação da rede social da região;
    • Participar de eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade
      competente;
    • Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho, constituídos pela autoridade competente;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Assistente Administrativo

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio completo, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições:
    • Realizar as atividades institucionais desenvolvidas no atendimento aos usuários dos serviços da Defensoria Pública, bem como prestar auxílio nelas, utilizando todos os meios e formas de comunicação, prestando informações e orientações;
    • Prestar assistência administrativa aos Membros da Defensoria Pública e demais servidores em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais, sempre que solicitado;
    • Prestar as informações necessárias aos Defensores Públicos quando solicitado;
    • Executar tarefas que envolvam apoio no processamento de processos judiciais e administrativos;
    • Elaborar minutas de atos administrativos e normativos; confeccionar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos congêneres;
    • Propor diligências e requisições;
    • Participar de reuniões, planos, programas, projetos, convênios comissões e grupos de trabalho, quando designado; realizar estudos, pesquisas, levantamentos de dados;
    • Registrar e utilizar as informações obtidas no sistema de automação do Poder Judiciário e da Defensoria Pública;
    • Observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação;
    • Operar e conferir o funcionamento de equipamentos afetos a sua área de atuação;
    • Prezar e orientar quanto à aplicação das normas internas ou de sua área de atuação;
    • Contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho;
    • Observar e zelar pelo cumprimento dos prazos;
    • Realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos,
      procedimento e documentos;
    • Efetuar cálculos e conferência de dados; manter e controlar o arquivo setorial;
    • Realizar as diversas atividades de cunho administrativo, como atendimento telefônico e por e-mail, organização de malotes e da correspondência, dentre outras;
    • Atuar nas gerências e secretarias, quando designado, praticando os atos inerentes
      à atividade do setor;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

 

Assistente de Gabinete

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio completo, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições:
    • Realizar as atividades institucionais desenvolvidas no atendimento aos usuários dos serviços da Defensoria Pública, bem como prestar auxílio nelas, utilizando todos os meios e formas de comunicação, prestando informações e orientações;
    • Prestar assistência administrativa aos Membros da Defensoria Pública e demais servidores em processos judiciais, administrativos e procedimentos extrajudiciais, sempre que solicitado;
    • Prestar as informações necessárias aos Defensores Públicos quando solicitado;
    • Executar tarefas que envolvam apoio no processamento de processos judiciais e administrativos; elaborar minutas de atos administrativos e normativos;
    • Confeccionar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos congêneres;
    • Propor diligências e requisições;
    • Participar de reuniões, planos, programas, projetos, convênios comissões e grupos de trabalho, quando designado;
    • Realizar estudos, pesquisas, levantamentos de dados;
    • Registrar e utilizar as informações obtidas no sistema de automação do Poder Judiciário e da Defensoria Pública;
    • Observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação;
    • Operar e conferir o funcionamento de equipamentos afetos a sua área de atuação;
    • Prezar e orientar quanto à aplicação das normas internas ou de sua área de atuação;
    • Contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho;
    • Observar e zelar pelo cumprimento dos prazos;
    • Realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos,
      procedimento e documentos;
    • Efetuar cálculos e conferência de dados;
    • Manter e controlar o arquivo setorial;
    • Realizar as diversas atividades de cunho administrativo, como atendimento telefônico e por e-mail, organização de malotes e da correspondência, dentre outras;
    • Atuar nas gerências e secretarias, quando designado, praticando os atos inerentes à atividade do setor;
    • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pelo superior.

Etapas do concurso DPE MT

Etapas do concurso de Defensor

Ainda não sabemos como serão as etapas do novo concurso, mas podemos usar como base o último edital. Na época, os candidatos foram avaliados por meio de

  • prova objetiva,
  • prova dissertativa,
  • prova oral de arguição,
  • prova oral de tribunal e
  • prova de títulos.

 

Prova objetiva para Defensor

A Prova Escrita Objetiva era formado por 100 questões de múltipla escolha, cada uma com 5 alternativas (A, B, C, D e E). As questões foram divididas entre as seguintes disciplinas:

  • Direito civil – 10 questões
  • Direito processual civil – 10 questões
  • Direito penal – 10 questões
  • Direito processual penal – 10 questões
  • Direito constitucional – 10 questões
  • Direito administrativo – 10 questões
  • Direitos humanos – 10 questões
  • Organização da Defensoria Pública – 10 questões
  • Direito do consumidor – 5 questões
  • Direito tributário – 5 questões
  • Direito das crianças e dos adolescentes – 5 questões
  • Direitos difusos e coletivos – 10 questões

 

Provas dissertativa para Defensor

Cada prova foi composta de 4 questões teóricas dissertativas  sobre qualquer matéria do conteúdo programático, e 1 questão prática, no primeiro dia, sobre Direito Civil/Processual Civil, e, no segundo dia, sobre Direito Penal/Processual Penal.

Etapas do concurso da área de Apoio

Também não sabemos ainda como serão as etapas do concurso para DPE MT 2022, mas com base no último edital podemos esperar que os candidatos sejam avaliados com uma etapa com Provas Objetivas para todos os cargos.

Prova objetiva de nível superior

A prova objetiva do último concurso tinha 80 questões de múltipla escolha, com 5 alternativas com uma opção correta. As perguntas foram distribuídas entre os seguintes assuntos:

  • Língua Portuguesa – 20 questões
  • Conhecimentos Gerais – 10 questões
  • Legislação Específica – 10 questões
  • Conhecimentos Específicos – 40 questões

 

Os temas cobrados na prova de Conhecimentos Gerais foram os seguintes:

  • História de Mato Grosso
  • Geografia de Mato Grosso
  • Tópicos atuais: economia, política, saúde, sociedade, meio ambiente, desenvolvimento sustentável, educação, energia, ciência e tecnologia no Brasil e no mundo;
  • Questões atuais da realidade política, econômica, cultural e socioambiental de Mato Grosso.
  • Ética profissional.

 

Prova objetiva de nível médio

Por outro lado a avaliação objetiva do concurso DPE MT para os cargos de nível médio tinha 70 questões, também de múltipla escolha com 5 alternativas e uma correta entre elas. As disciplinas cobradas foram as seguintes:

  • Língua Portuguesa – 20 questões
  • Raciocínio Lógico-Matemático – 10 questões
  • Conhecimentos Gerais – 10 questões
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões

 

Na parte de Conhecimentos Gerais foram cobrados os seguintes assuntos:

  • História de Mato Grosso
  • Geografia de Mato Grosso
  • Geografia da população
  • Questões sociais
  • Questões atuais da realidade política, econômica, cultural e socioambiental de Mato Grosso.

 

Estude para o concurso DPE MT 2022

Para conquistar uma das futuras vagas no concurso da DPE MT você precisa de um bom curso para concurso.  Deixe as apostilas de lado e aprenda com videoaulas! Aqui no Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Dessa maneira, com um curso online para concurso DPE MT 2022 você saberá o que estudar para o concurso do DPE MT 2022 e aprenderá os temas propostos pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar cada vez mais perto da aprovação.

Playlist: Língua Portuguesa para Concursos

Como você pôde ver quando falamos sobre as disciplinas que deverão compor o conteúdo programático do edital concurso DPE MT, a Língua Portuguesa certamente estará presente para os cargos da área de Apoio, e claro, com grande quantidade de questões. Abaixo preparamos uma playlist com várias videoaulas grátis apresentando assuntos que devem ser alvo de estudo, uma vez que irão cair nas provas. Assista:

Playlist: Raciocínio Lógico para Concursos

Pelo menos para os cargos de nível médio, Raciocínio Lógico deverá ser integrante do conteúdo programático do próximo concurso DPE MT. Garantir os acertos certamente fará enorme diferença na pontuação final. E ao contrário do que muitos pensam, a disciplina é fácil de ser compreendida, desde que, claro, seja explicada da maneira certa. É exatamente isso que o Prof. Braian Azael faz nas videoaulas grátis que compõem a playlist abaixo. Confira!

Questões do concurso DPE MT

Além do curso para concurso DPE MT 2022, treinar com provas realizadas em concursos anteriores é, certamente, fundamental para se sair bem na prova do concurso da DPE MT. Então, para deixar a sua preparação ainda mais direcionada, separamos questões de concursos anteriores da DPE MT.

Portanto, aproveite essa oportunidade para testar seus conhecimentos e simular o dia da sua prova, assim, você vai deixar um pouco do nervosismo de lado e ficar mais perto da vaga dos seus sonhos.

Responda questões do último concurso DPE MT

Resumo do concurso DPE MT

  • Banca: a definir
  • Situação: comissão definida
  • Cargos: Defensor, Controlador Interno, Técnico Administrativo e Analista
  • Níveis: médio e superior
  • Vagas: a definir
  • Remuneração: R$ 23,6 mil

 

Último concurso DPE MT

Concurso 2016 – Defensor

O último concurso DPE MT Defensor foi realizado em 2016 pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) e ofereceu 20 vagas com remuneração inicial era de R$ 19.992,09.

Entre os requisitos exigidos era necessário ter nível superior em direito, além de inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O Concurso Público teve validade de dois anos, e o edital foi prorrogado em 2018 e ficou válido até dezembro de 2020.

Concurso 2014 – Área de apoio

O último concurso DPE MT da área de apoio aconteceu em 2014, com a oferta de 29 vagas para candidatos de nível superior e 80 vagas para candidatos de nível médio. A Fundação Getúlio Vagas (FGV) foi a responsável pela organização.

A remuneração inicial para os cargos de nível superior era de R$ 3.917,39 para a jornada de 40 horas semanais, podendo chegar a R$ 9.553,63 ao final da carreira.

Para o nível médio, a remuneração inicial era de R$ 1.566,96 para a jornada de 40 horas semanais, podendo chegar a R$ 3.819,89 ao final da carreira.

Confira abaixo os cargos e o número de vagas ofertadas:

  • Nível superior
    • Administrador (04)
    • Advogado (06)
    • Analista de Sistemas (02)
    • Arquiteto (01)
    • Assistente Social (04)
    • Contador (06)
    • Economista (02)
    • Engenheiro Civil (01)
    • Jornalista (01)
    • Psicólogo (02)
  • Nível médio
    • Assistente Administrativo (20)
    • Assistente de Gabinete (60)

 

O certame teve 21.543 inscritos, sendo o cargo de Advogado o mais disputado com 378,67 candidatos por vaga. A validade foi prorrogada por quatro anos a partir da publicação do edital. Um total de 104 aprovados tomou posse e 64% deles foram lotados na capital, Cuiabá.

Sobre a DPE MT

No Estado de Mato Grosso a Defensoria Pública foi instalada a partir do decreto 2.262, de 13 de maio de 1998, assinado pelo então governador Dante Martins de Oliveira, porém começou a funcionar em fevereiro de 1999, com 24 Defensores.

A Sede Administrativa está localizada na Rua Engenheiro Agrônomo Arnaldo Duarte Monteiro, S/N – Centro Político Administrativo – Cuiabá/MT. O telefone para contato é o (65) 99967-5793.

Dicas para começar a estudar do zero

Você está começando agora sua trajetória no mundo dos concursos públicos? Então, não perca a chance de iniciar com o pé direito, confira nossas dicas sobre como começar a estudar para concurso do zero. Mesmo se você tem pouco tempo para se preparar, nós te ensinaremos a aproveitar seu tempo para conquistar uma vaga!

Concursos autorizados e previstos

Excelentes oportunidades serão ofertadas em breve para todos os níveis de escolaridade nos concursos autorizados e previstos de todo o Brasil. Há previsão que mais de que milhares de vagas sejam abertas nos principais concursos. Acesse  o link acima, confira e antecipe sua preparação!

Outra boa alternativa para quem busca uma vaga em tribunais é o concurso do TJDFT, que poderá abrir mais de 400 vagas para candidatos de níveis Médio e Superior. Já para quem busca uma oportunidade mais concorrida também há a opção de vagas no MPU.

Concursos abertos e editais publicados

Veja os destaques dos concursos abertos e editais publicados e prepare-se com o Aprova Concursos! Há milhares de oportunidades abertas em diversas em Prefeituras, Tribunais, Polícias (Militar e Civil), e muito mais!

Material gratuito para concursos públicos

A fim de ajudar na sua preparação montamos diversos materiais gratuitos com os temas mais cobrados nas provas de concurso público, Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Exame do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e muitos outros materiais grátis! Dessa maneira, acesse o link acima e baixe o conteúdo gratuito agora mesmo.

Prepare-se com o Aprova Concursos

Primeiramente, você ainda não possui nível superior? Aproveite, veja uma lista e escolha seu curso superior ead para ficar bem preparado e conquistar uma excelente vaga nos próximos concursos públicos! Os cursos de pedagogia e serviço social são boas opções para quem está em dúvida e deseja seguir uma carreira de sucesso.

Portanto, como você não tem muito tempo, precisa deixar as apostilas de lado e aprender com videoaulas. No Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Assim sendo, você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar ainda mais perto da aprovação.

Por fim, é importante ressaltar que cada preparatório é específico para o certame e também para o cargo do seu interesse. Confira nosso curso para concurso!

Leia mais notícias
Inscreva-se no YouTube
Curta no Facebook
Siga no Instagram

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *