Primeiramente, o concurso Polícia Penal MG, deve abrir 2.420 vagas de nível médio em breve, com salário de R$ 4 mil. É importante ressaltar que o certame já está autorizado e a comissão já foi definida. Por isso, preparamos um texto especial com tudo o que você precisa saber para adiantar seus estudos!

O Aprova Concursos preparou um curso exclusivo para o concurso Polícia Penal MG. Nossas videoaulas estão em formato de plano de estudos, ou seja, elas já estão organizadas na ordem dos assuntos que mais tem chances de serem cobrados na prova! Então, é só dar o play e seguir a sequência do seu ambiente de estudos, assim, você não perde tempo! E, elas também são gravadas por assunto, com a duração ideal para que você consiga aprender sobre o tema proposto pelo professor, sem ficar cansativa!

Afinal, a sua preparação só precisa durar o tempo necessário para garantir a vaga dos seus sonhos. Com toda a certeza um dos nossos cursos irá aumentar muito as suas chances de conquistar uma das vagas na Polícia Penal de Minas Gerais, venha para o Aprova e descubra o segredo para ser aprovado!

Acesse o curso para o concurso Polícia Penal MG

Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 606 9080


Situação atual do concurso Polícia Penal MG

A princípio, em audiência pública realizada em 2020 na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o secretário de Justiça e Segurança Pública do estado, General Mario Araujo, confirmou que o concurso para Polícia Penal MG contará com 2.420 vagas e afirmou que o cronograma já está em elaboração. Dessa maneira, espera-se que o edital seja publicado ainda no início de 2021.

É importante destacar ainda que a Emenda Constitucional 104, promulgada ano passado com validade em todos os entes federativos, transformou o cargo de Agente Penitenciário em Polícia Penal. O objetivo desta emenda foi de equiparar os agentes penitenciários aos policiais.

O que é a Polícia Penal MG

Ainda em dezembro de 2019, o Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional nº 104, que criou a Polícia Penal, órgão que será o responsável pela segurança do sistema prisional. Com isso, os novos quadros referentes a esse sistema serão transformados e compostos pelos atuais agentes penitenciários. Isso gerou uma equiparação com as demais polícias brasileiras.

Assim sendo, a Polícia Penal, será vinculada ao órgão administrador do sistema penal da unidade federativa a que pertencer. A Polícia Penal do DF, por exemplo, será gerida por recursos da União. Além disso, os policiais poderão ser liberados para exercer atividades externas aos presídios.

É importante destacar que o Policial Penal MG tem como função garantir a ordem e a segurança dentro dos presídios, seja com vigilância interna ou externa.

Edital da SEJUSP MG publicado para Assistente

Um outro edital do concurso SEJUSP MG da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais foi publicado na última semana, com oferta de 211 vagas de nível Médio, para o cargo de Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional.

E, além deste já publicado e do certame para policial penal que falamos nesse texto, será publicado ainda um terceiro edital para o cargo de agente socioeducativo.

Requisitos do concurso Polícia Penal MG

Será necessário possuir o ensino médio completo e além disso, outros requisitos deverão ser exigidos:

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • Ter 18 anos completos na data da posse;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar em dia com as obrigações militares (sexo masculino);
  • Idoneidade e conduta ilibada;
  • Aptidão física e mental

 

Até o momento não foi determinada um limite de idade máxima. Porém, o candidato precisará ser considerado apto mediante laudo médico. E, além disso, existe o limite constitucional de aposentadoria compulsória, que é de 75 anos de idade.

Atribuições do concurso Polícia Penal MG

  • O profissional irá garantir a ordem e a segurança no interior dos estabelecimentos prisionais, desempenhando ações de vigilância externa e interna dos estabelecimentos prisionais, inclusive muralhas e guaritas, bem como em órgãos e locais vinculados ou de interesse do sistema prisional.
  • Exercer atividades de escolta e custódia de presos;
  • Executar operações de transporte escolta e custódia de presos em movimentações externas, bem como de transferências interestaduais ou entre unidades no interior do Estado;
  • Realizar buscas periódicas nas celas;
  • Realizar revistas nos familiares e visitantes dos presos;
  • Prestar segurança a profissionais diversos que fazem atendimentos especializados aos presos nas unidades prisionais;
  • Conduzir presos à presença de autoridades;
  • Adotar as medidas necessárias ao cumprimento dos alvarás de soltura, obedecidas as normas próprias;
  • Informar ao preso sobre seus direitos e deveres de conformidade com o Regulamento e Normas de Procedimentos do Sistema Prisional
    de Minas Gerais – ReNP e demais normas vigentes;
  • Verificar sobre a necessidade de encaminhar presos a atendimentos especializados;
  • Entregar medicamentos aos presos, observada a prescrição médica;
  • Prestar assistência em situações de emergência: primeiros socorros, incêndios, transporte de enfermos, rebeliões, fugas e outras assemelhadas;
  • Preencher formulários, redigir e digitar relatórios e comunicações internas;
  • Participar de comissões de classificação e de disciplina, quando designado;
  • Exercer outras atividades que vierem a ser incorporadas ao cargo por força de dispositivos legais.

Evolução funcional do concurso Polícia Penal MG

Quanto as remunerações iniciais para o concurso Polícia Penal MG, elas deverão ser de R$ 4.098,45 e com reajuste previsto de 13% a partir de julho de 2020, segundo a Lei Estadual 23.597/2020. Ou seja: o valor inicial bruto irá para R$ 4.631,24, com valores que poderão chegar a R$ 8.875,15 a depender da progressão de carreira.

Etapas do concurso Polícia Penal MG

Ainda não sabemos quais serão as etapas deste novo concurso, mas podemos usar como base o último edital, de 2018. Na época, os candidatos foram avaliados por meio de 4 etapas:

  • Prova objetiva e Análise de Títulos
  • Avaliação Psicológica
  • Comprovação de Idoneidade e Conduta Ilibada (investigação social)
  • Curso Introdutório

 

Prova objetiva

Assim sendo, a prova objetiva teve 50 questões com valor total de 100 pontos. A avaliação foi do tipo múltipla escolha com duração de 4 horas e o mínimo exigido para ser classificado era de 50% do total de pontos, não podendo zerar em nenhuma das disciplinas.

Dessa maneira, foram cobrados conteúdos de Língua Portuguesa; Direito Humanos; Código de Ética e Estatuto do Servidor Público do Estado de Minas Gerais e Conhecimentos Específicos.

Conteúdos específicos

  • Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de textos; Tipologia textual; Ortografia; Acentuação; Morfologia; Uso do sinal de crase; Sintaxe; Pontuação; e Concordância nominal e verbal.
  • Direitos Humanos: Grupos vulneráveis e o sistema prisional; Regras mínimas das Nações Unidas para o tratamento dos presos; Teoria Geral dos Direitos Humanos; Direitos Humanos na Constituição Federal; Declaração Universal dos Direitos Humanos; Convenção Americana de Direitos Humanos; Protocolo das Nações Unidas contra o crime organizado transnacional relativo à prevenção, repressão e punição do tráfico de pessoas, em especial mulheres e crianças; Convenção contra a tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes.
  • Código de Ética e Estatuto do Servidor Público do Estado de Minas Gerais: Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Minas Gerais; Código de Conduta Ética do Agente Público e da Alta Administração Estadual; Lei sobre a prevenção e punição do assédio moral na Administração Pública Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual.
  • Conhecimentos Específicos: Lei de Execução Penal; Lei da Tortura; Abuso de Autoridade; Estatuto do Desarmamento; Organização Criminosa; Normas de Execução Penal; Porte de arma do agente de segurança penitenciário; Convenção contra a tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes; Convenção interamericana para prevenir e punir a tortura; Secretaria de Estado de Administração Prisional; e Código Penal Brasileiro.

 

Avaliação de títulos

Uma das etapas do concurso deverá ser a avaliação de títulos. No último concurso público foram pontuados Tempo de serviço; Cursos de formação nas forças armadas; Cursos de vigilantes; e Cursos complementares na área de segurança. Confira abaixo os critérios de pontuação adotados na última seleção:

concurso polícia penal mg 2021 avaliação de títulos

Quadro da avaliação de títulos do concurso Polícia Penal MG

Avaliação psicológica

Por outro lado, a avaliação psicológica possuía caráter apenas eliminatório e permitia verificar se as características psicológicas do candidato estão de acordo com as atribuições da função. Para tanto, foram utilizados instrumentos científicos para fazer essa verificação. Confira quais são os critérios de personalidade que foram verificados e deverão estar presentes também no próximo edital:

  • Potencial intelectual;
  • Atenção concentrada;
  • Atenção dividida;
  • Memória;
  • Energia vital;
  • Produtividade;
  • Relacionamento interpessoal;
  • Relacionamento com autoridades e acatamento de normas;
  • Estabilidade emocional;
  • Emotividade;
  • Enfrentamento de situações novas, riscos e desafios;
  • Impulsividade;
  • Agressividade.

Estude para o concurso Polícia Penal MG

Independente de qual dos cargos é o seu objetivo, para conquistar uma das futuras vagas, você precisa de um curso para concurso de qualidade. E como esse é um concurso com excelente remuneração a concorrência tende a ser alta. Então, nada de esperar, comece a estudar agora mesmo!

banner-SEJUSP-MG

Playlist: Língua Portuguesa para Concursos

Como você pôde ver, uma das disciplinas que compõe a prova, tem grande peso na pontuação e, consequentemente, requer maior atenção é Língua Portuguesa. Que tal então conferir o que mais costuma ser cobrado em concursos públicos? Preparamos então uma playlist com videoaulas grátis para você aprender conteúdos como Figuras de Linguagem; Funções de Linguagem; Significação das Palavras; Processo de Formação de Palavras; e Concordância Nominal. E mais abaixo uma outra playlist, sendo essa totalmente focada em Acentuação Gráfica. Confira!

Playlist: Crimes de Abuso da Autoridade

Entre os conteúdos de Conhecimentos Específicos que fazem parte do conteúdo programático presente no edital, estão os Crimes de Abuso da Autoridade. E claro, nós temos uma playlist repleta de videoaulas grátis com absolutamente tudo que você precisa saber para dominar o assunto.

Playlist: Grandes Concursos – O Que Cai na Prova (Lei de Execução Penal)

Outro assunto que também será cobrado nos Conhecimentos Específicos é a Lei de Execução Penal. Portanto, conhecer os principais artigos que fazem parte dela é indispensável para conseguir acertar todas as questões que estarão na prova. Na playlist abaixo você verá videoaulas grátis que mostram desde o artigo 105 até o artigo 155. Vale muito a pena assistir!

Questões de concursos anteriores

Como já falamos anteriormente, você precisa testar seus conhecimentos com questões para poder resolver a prova com mais tranquilidade no tão sonhado dia do concurso. Para deixar o sua preparação ainda mais direcionada, veja questões de concursos anteriores aplicadas por diversas bancas. Aproveite essa oportunidade para simular o dia da sua prova, assim, você vai deixar um pouco do nervosismo de lado e ficar mais perto da vaga dos seus sonhos.

Responda questões de concursos 

Resumo do concurso Polícia Penal MG

  • Banca: a definir
  • Cargo: Polícia Penal
  • Vagas: 2.420
  • Remuneração: R$ 4.098,45
  • Nível: médio
  • Inscrições: a definir
  • Prova: a definir

 

Último concurso da Polícia Penal MG

A última seleção para o cargo de Agente Penitenciário foi em 2018 com organização do IBFC – Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação. O cargo exigia apenas nível médio e oferecia salário de R$ 4.098,45 para 40 horas semanais em regime de dedicação exclusiva.

Na época a oferta era de 4 mil vagas temporária, sendo 3.132 destinadas a candidatos do sexo masculino e 868 vagas para as candidatas do sexo feminino. A lotação foi dividida entre as cidades de Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre e Poços de Caldas.

Para concorrer a uma das vagas, os candidato precisaram efetuar o pagamento da taxa de inscrição que era de R$ 84,00, exceto nos casos de isenção, para pessoas inscritas no CadÚnico do Governo Federal ou que não tivessem condições de arcar com o pagamento desse valor.

A remuneração ofertada neste processo seletivo era de R$ 4.098,45 para atuação em jornada de 40 horas semanais, em regime de dedicação exclusiva.

Em resumo, o processo seletivo teve a validade de 1 (um) ano, contando da data da publicação da homologação, e poderia ser prorrogado por igual período a critério da Administração.

Por fim, de acordo com informações do secretário da pasta, houve o chamamento e contratação de 753 profissionais para provimento no cargo de Agente de Segurança Penitenciário.

Sobre a SEJUSP MG

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) foi criada a partir de uma reforma administrativa da estrutura orgânica da administração pública do Poder Executivo, por meio da Lei 23.304, de 30 de maio de 2019.

Ela tem como missão promover a política estadual de Segurança Pública e Defesa Social de Minas Gerais, de maneira integrada com os órgãos de Segurança Pública federais, estaduais e municipais, no âmbito do Sistema Único de Segurança Púbica (SUSP), de forma articulada com os demais poderes e os diversos órgãos federais, estaduais e municipais através da integração dos órgãos da Segurança Pública de Minas Gerais e da gestão do sistema penal, do sistema de atendimento socioeducativo e do sistema de prevenção à criminalidade; custodiando e ressocializando indivíduos privados de liberdade, interrompendo trajetória infracional de jovens em conflito com a lei e prevenindo a inserção de jovens na prática do crime. Tudo com a finalidade de reduzir a criminalidade e aumentar a sensação de segurança da população mineira.

Dicas para começar a estudar do zero

Você está começando agora sua trajetória no mundo dos concursos públicos? Então, não perca a chance de iniciar com o pé direito, confira nossas dicas sobre como começar a estudar para concurso do zero. Mesmo se você tem pouco tempo para se preparar, nós te ensinaremos a aproveitar seu tempo para conquistar uma vaga!

Concursos autorizados e previstos

Excelentes oportunidades serão ofertadas em breve para todos os níveis de escolaridade nos concursos autorizados e previstos de todo o Brasil. Há previsão que mais de que milhares de vagas sejam abertas nos principais concursos. Acesse  o link acima, confira e antecipe sua preparação!

Concursos abertos e editais publicados

Veja os destaques dos concursos abertos e editais publicados e prepare-se com o Aprova Concursos! Há milhares de oportunidades abertas em diversas em Prefeituras, Tribunais, Polícias (Militar e Civil), e muito mais!

Material gratuito para concursos públicos

A fim de ajudar na sua preparação montamos diversos materiais gratuitos com os temas mais cobrados nas provas de concurso público, Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Exame do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e muitos outros materiais grátis! Dessa maneira, acesse o link acima e baixe o conteúdo gratuito agora mesmo.

Prepare-se com o Aprova Concursos 

Primeiramente, você ainda não possui nível superior? Aproveite, veja uma lista e escolha seu curso superior ead para ficar bem preparado e conquistar uma excelente vaga nos próximos concursos públicos! Os cursos de pedagogia e serviço social são boas opções para quem está em dúvida e deseja seguir uma carreira de sucesso.

Portanto, como você não tem muito tempo, precisa deixar as apostilas de lado e aprender com videoaulas. No Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Assim sendo, você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar ainda mais perto da aprovação.

Por fim, é importante ressaltar que cada preparatório é específico para o certame e também para o cargo do seu interesse. Confira nosso curso para concurso!

Leia mais notícias
Inscreva-se no Youtube
Curta no Facebook
Siga no Instagram

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *