A notícia é boa para quem está esperando pelo Concurso TRE MG 2021. De acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual enviado ao Congresso Nacional, o órgão pode publicar edital para preencher 31 das 78 vagas disponíveis atualmente. 

Para o Concurso TRE MG 2021 está prevista a abertura das seguintes oportunidades: 

  • Analista Judiciário (nível superior): 9 vagas para receber remuneração de R$ 6.611,39;
  • Técnico Judiciário (nível médio): 22 vagas para receber remuneração de R$ 5.007,82.

Portanto, se você quer concorrer a uma das vagas que serão ofertadas, confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre esse certame.

PREPARE-SE PARA O CONCURSO TRE MG 2021

Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 606 8889

Saiba mais sobre o Concurso TRE MG 2021

Como já dissemos, apesar de Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais ter, atualmente, 78 vagas, a previsão é que para o Concurso TRE MG 2021 sejam abertas 31 novos postos de trabalho.

Tudo sobre o Concurso TRE MG 2021

O último certame do órgão foi realizado em 2014 e ofertou 19 vagas para o cargo de Técnico Judiciário. Já em 2012, o órgão realizou seleção para os cargos de Analista disponíveis.

Cargos Concurso TRE MG 2021

Então, se você tem interesse em uma das vagas que será ofertada no Concurso TRE MG, confira as atribuições de cada cargo. Lembrando que essas informações são baseadas nos editais dos concursos TRE MG abertos em 2014 e 2012.

Atribuições e Requisitos

Técnico Judiciário

Área Administrativa:

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Descrição das Atividades: executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº 20.761/2000 e alterações.

Área Administrativa – Especialidade: Contabilidade

Requisito: certificado de conclusão de curso técnico (nível médio) em Contabilidade, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível intermediário relacionadas com controle contábil, orçamentário e financeiro, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº 20.761/2000 e alterações.

Área: Apoio Especializado – Especialidade: Edificações

Requisito: certificado de conclusão de curso técnico (nível médio) de Edificações, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, e certidão de registro no Conselho Regional da Categoria (CREA).

Experiência profissional exigida: experiência mínima de 24 (vinte e quatro) meses na área de edificação e infraestrutura, comprovada em Carteira Profissional, e se necessário acrescida de declaração de empresa empregadora ou, se servidor público, por meio de certidão expedida pelo Órgão, ou, se autônomo, mediante certidão de execução de serviços e/ou consultoria para órgão público ou privado.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível intermediário relacionadas com projetos de construção, reforma e manutenção de obras civis, sob supervisão, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº 22.447/2006. VAGAS: 2 (duas).

Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas

Requisitos: – certificado de conclusão de curso técnico em Programação de Sistemas de Computador, de ensino médio, devidamente registrado; ou – certificado de conclusão de curso de Ensino Médio, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, ou equivalente, acrescido de um mínimo de 180 (cento e oitenta) horas de curso de Programação de Sistemas de Computador (inclusive especialização); ou – certificado de conclusão de curso de Ensino Médio, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, ou equivalente, acrescido de curso de Ciência da Computação ou Processamento de Dados, em andamento, com no mínimo 50% (cinquenta por cento) do curso concluído.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível intermediário relacionadas com a programação de sistemas informatizados, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº 20.761/2000 e alterações.

Analista Judiciário

Área Administrativa:

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível superior, de natureza técnico/administrativa, relacionadas à gestão estratégica de pessoas; de processos; da informação; de projetos; do conhecimento; de recursos materiais e patrimoniais; orçamentários e financeiros; licitações e contratos; controle interno e auditoria; segurança de dignitários e de pessoas; de transporte; abrangendo também a elaboração de laudos, de pareceres e de informações, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de Informática, ou Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações, ou Engenharia de Telecomunicações, ou de qualquer curso de graduação de nível superior acrescido, nesta última hipótese, de certificado de curso de especialização, em nível de pós-graduação, em banco de dados ou rede de computadores de, no mínimo, 360 (trezentos e sessenta) horas/aula, fornecidos por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Experiência profissional exigida: experiência mínima de 3 (três) anos em banco de dados ou rede de computadores, comprovada em Carteira Profissional e se necessário acrescida de declaração de empresa empregadora ou, se servidor público, por meio de certidão expedida pelo órgão, ou, se autônomo, mediante certidão de execução de serviços e/ou consultoria para Órgão da Administração Pública Direta, Indireta (Autarquia, Fundação Pública, Sociedade de Economia Mista, Empresa Pública e Agência Reguladora).

Descrição das Atividades: realizar atividades de nível superior, relacionadas com o desenvolvimento, a implantação e a manutenção de sistemas informatizados, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Área: Apoio Especializado – Especialidade: Estatística

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Estatística, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Estatística – CONRE.

Descrição das Atividades: realizar atividades de nível superior relacionadas com o planejamento e execução de pesquisas de levantamentos estatísticos, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 22.206/2006.

Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Médica)

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, acrescido de residência médica ou título de especialista em Clínica Médica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Medicina – CRM.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível superior com formação ou habilitação específica, de natureza técnica, relacionadas à saúde, bem como aquelas vinculadas a especialidades inerentes ao TREMG e as que venham a surgir no interesse do serviço, além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Medicina do Trabalho)

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, acrescido de residência médica ou título de especialista em Medicina do Trabalho fornecidos por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Medicina – CRM.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível superior com formação ou habilitação específica, de natureza técnica, relacionadas à saúde, bem como aquelas vinculadas a especialidades inerentes ao TREMG e as que venham a surgir no interesse do serviço além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Psiquiatria)

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, acrescido de residência médica ou título de especialista em Psiquiatria, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Medicina – CRM.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível superior com formação ou habilitação específica, de natureza técnica, relacionadas à saúde, bem como aquelas vinculadas a especialidades inerentes ao TREMG e as que venham a surgir no interesse do serviço além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Odontologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Odontologia – CRO.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível superior com formação ou habilitação específica, de natureza técnica, relacionadas à saúde, bem como aquelas vinculadas a especialidades inerentes ao TREMG e as que venham a surgir no interesse do serviço além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Analista Judiciário – Área: Judiciária

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Descrição das Atividades: executar atividades de nível superior, de natureza técnica, realizadas privativamente por bacharéis em Direito, relacionadas ao processamento de feitos; apoio a julgamentos; análise e pesquisa de legislação, de doutrina e jurisprudência nos vários ramos do Direito; estudo e pesquisa do sistema judiciário brasileiro; organização e funcionamento dos ofícios judiciais bem como elaboração de laudos, de atos, de pareceres e de informações jurídicas; além das descrições específicas constantes da Resolução TSE nº. 20.761/2000 e alterações.

Etapas do Concurso TRE MG 2021

Por fim, se você quer começar a sua preparação para o Concurso TRE MG 2021, precisa saber tudo o que pode cair na prova.

Então, confira como foram os últimos concursos realizados pelo órgão:

Concurso TRE MG para Analista Judiciário – 2012

Os candidatos foram avaliados em uma prova objetiva e discursiva, compostas pelos assuntos no quadro abaixo:

Concurso TRE MG para Técnico Judiciário – 2014

Já no concurso TRE MG realizado em 2014, os candidatos também participaram de duas provas, uma objetiva e outra dissertativa, no qual foram compostas de 2 (duas) questões discursivas no valor de 5,00 (cinco) pontos cada. Cada questão consistiu na elaboração de texto de, no mínimo, 10 (dez) e, no máximo, 15 (quinze) linhas.

Então, confira no quadro abaixo o que caiu em cada prova:

Se prepare para o Concurso TRE MG 2021

Por fim, para garantir uma das vagas do Concurso TRE MG 2021, é preciso estar bem preparado.

Portanto, independente de qual dos cargos é o seu objetivo: técnico ou analista, para conquistar uma das futuras vagas, você precisa de um bom preparatório para concurso.  Deixe as apostilas de lado e aprenda com videoaulas! Aqui no Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

PREPARE-SE PARA O CONCURSO TRE MG 2021

Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 606 8889

Dessa maneira você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar cada vez mais perto da aprovação.

Como você já deve saber, o concurso TRE MG 2021 é um dos mais aguardados e concorridos do mundo dos certames. Por isso, se você quiser garantir uma das futuras vagas, precisa antecipar sua preparação e sair a frente dos seus concorrentes. Então, largue agora mesmo as apostilas e aposte em um curso online com videoaulas.

Cada curso para concurso é preparado de forma específica para o certame e também para o cargo do seu interesse. Em resumo, você vai estudar o que realmente te interessa! Só assim, você vai otimizar seu tempo, aprendendo o que realmente cai na prova em aulas de 30 minutos com explicações diretas ao ponto.

Para iniciar sua preparação agora mesmo, trouxemos uma playlist com dicas essenciais de língua portuguesa, disciplina que com certeza estará presente no próximo edital. Então, é só dar o play no vídeo abaixo, ficar atento a todas as dicas e colocar em prática! Veja agora:

Além disso, você pode perceber no quadro acima que diversos cargos tiveram prova de Noções de Informática. Portanto, separamos uma videoaula sobre esse assunto para que você possa conhecer melhor esse assunto e atestar a qualidade das videoaulas:

 

MÚSICAS QUE PODEM AJUDAR NOS ESTUDOS

Com o intuito de ajudar ainda mais na sua preparação, criamos algumas playlists especiais. Músicas podem ser grandes aliadas na hora de se concentrar para estudar e também nos momentos em que você precisa movimentar o corpo no intervalo entre sessões de estudo.

E, pensando nisso, montamos algumas “Playlists do Aprova” para ajudar seja no aumento da motivação, bom humor, criatividade, autoestima, combate ao estresse e muito mais. Ouça agora:

Sobre o concurso TRE MG 2021

  • Banca: a definir
  • Cargos: Técnico e Analista Judiciário
  • Vagas: 31
  • Remuneração: até R$ 6.611,39
  • Nível: médio e superior
  • Inscrições: a definir
  • Provas: a definir

 

Dicas para começar a estudar do zero

Você está começando agora sua trajetória no mundo dos concursos públicos? Então, não perca a chance de iniciar com o pé direito, confira nossas dicas sobre como começar a estudar para concurso do zero. Mesmo se você tem pouco tempo para se preparar, nós te ensinaremos a aproveitar seu tempo para conquistar uma vaga!

Clique aqui para ver as nossas dicas!

Prepare-se com o Aprova

Primeiramente, você ainda não possui nível superior? Aproveite e veja uma lista e escolha seu curso superior ead para ficar bem preparado e conquistar uma excelente vaga nos próximos concursos públicos! Os cursos de pedagogia e serviço social são boas opções para quem está em dúvida e deseja seguir uma carreira de sucesso.

Assim sendo, como você não tem muito tempo, precisa deixar as apostilas de lado e aprender com videoaulas. No Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Dessa maneira, você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar ainda mais perto da aprovação.

Por fim, é importante ressaltar que cada preparatório é específico para o certame e também para o cargo do seu interesse. Confira nosso curso para concurso!

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS NO BLOG

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E NOS SIGA NO INSTAGRAM

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *