Concurso SEJUSP MG: tudo sobre a Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais

Atualizado em 24/05/2022 às 08:17

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais confirmou que serão abertas 3.506 vagas para agentes penitenciários temporários no Concurso Sejusp MG 2022. Preparamos um texto especial com tudo o que você precisa saber!

O Aprova Concursos preparou um curso exclusivo para o concurso SEJUSP MG. Nossas videoaulas estão em formato de plano de estudos, ou seja, elas já estão organizadas na ordem dos assuntos que mais têm chances de serem cobrados na prova! Então, é só dar o play e seguir a sequência do seu ambiente de estudos, assim, você não perde tempo! E, elas também são gravadas por assunto, com a duração ideal para que você consiga aprender sobre o tema proposto pelo professor, sem ficar cansativa!

Afinal, a sua preparação só precisa durar o tempo necessário para garantir a vaga dos seus sonhos. Com toda a certeza um dos nossos cursos irá aumentar muito as suas chances de conquistar uma das vagas na SEJUSP MG, venha para o Aprova e descubra o segredo para ser aprovado!

Prepare-se para o concurso SEJUSP MG

ou, se preferir, ligue: 0800 727 6282

Navegue entre os conteúdos utilizando o menu abaixo

Concurso SEJUSP MG 2022

De acordo com informações da Folha Dirigida, como mencionamos no início do texto, a Sejusp MG abrirá 3.506 vagas de nível médio para agentes penitenciários temporários. A contratação será por tempo determinado para atuação no sistema penitenciário de Minas Gerais.

Ainda não há informação sobre salário atualizado, nem prazo para edital e se a oferta será regionalizada, ou seja, distribuída por localidades. Mas, em transmissão nas redes sociais, o secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado, Rogério Greco, informou que a Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi a escolhida como organizadora da seleção.

Os candidatos serão avaliados com provas objetivas e avaliação de títulos. Dessa maneira, a banca contratada irá viabilizar e aplicar os exames de múltipla escolha. As disciplinas e o conteúdo programático não foram divulgados até o momento.

Os preparativos deste certame foram iniciados em fevereiro, quando a comissão organizadora foi formada para definir o plano de trabalho com cronograma e atribuições de cada setor. E, além disso, o grupo também irá definir as etapas e critérios para realização de cada uma delas; elaborar edital e outros documentos necessários para a instrução do processo seletivo.

Último processo seletivo teve 4.000 vagas

Em 2018, foi realizado um processo seletivo com 4 mil vagas temporárias para o ambos os sexos, no mesmo cargo agente penitenciário de Minas Gerais que exigia apenas o ensino médio completo. Na época, a remuneração inicial era de R$4.098,45 para jornada de 40 horas semanais.

A lotação era direcionada para 18 municípios, incluindo a capital Belo Horizonte. Veja a distribuição na tabela abaixo:

REGIÃO HOMENS MULHERES TOTAL
Belo Horizonte 41 38 79
Contagem 1.041 117 1.157
Vespasiano 81 37 118
Juiz de Fora 192 54 246
Uberaba 220 75 295
Lavras 73 32 205
Divinópolis 158 52 210
Governador Valadares 119 39 158
Uberlândia 111 48 159
Patos de Minas 88 26 114
Montes Claros 117 44 161
Ipatinga 288 89 377
Barbacena 42 25 67
Curvelo 89 34 123
Teófilo Otoni 114 62 176
Unaí 14 6 20
Pouso Alegre 104 37 141
Poços de Caldas 240 54 294
TOTAL 3.132 868 4.000

Os candidatos foram avaliados em quatro etapas, sendo:

  • 1.ª etapa
    • Análise de Títulos
    • Prova Objetiva
  • 2.ª etapa
    • Avaliação Psicológica
  • 3.ª etapa
    • Comprovação de Idoneidade e Conduta Ilibada (Investigação Social)
  • 4.ª etapa
    • Curso Introdutório

Existe possibilidade de que o certame de 2022 siga essa mesma estrutura. A prova objetiva da última seleção teve 50 questões, sendo:

  • 10 de Língua Portuguesa
  • 10 de Direitos Humanos
  • 10 de Código de Ética e Estatuto do Servidor Público do Estado de Minas Gerais
  • 20 de Conhecimentos Específicos

Por fim, os aprovados no processo seletivo de 2018 foram contratados pelo período de três anos.

Concursos SEJUSP MG 2021

Ano passado foram publicados dois editais da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais. Um deles tinha oferta de 211 vagas de nível Médio, para o cargo de Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional. E o outro oferecia 2.420 oportunidades de nível Médio, para a função de Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal. 

Vagas para Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional

Conforme mencionado anteriormente, a seleção da SEJUSP MG ofereceu 211 vagas, de nível Médio, para a função de Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional, todos com ingresso no Nível I, Grau A. 

A remuneração para o cargo era de R$ 1.750,10, para jornada de 40 horas semanais.

Para se candidatar, os candidatos deveriam possuir nível intermediário com formação em ensino médio ou em curso de educação profissional de ensino médio, na forma da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, na área de conhecimento específica.

quadro de vagas SEJUSP MG

Quadro de vagas no concurso SEJUSP MG

As inscrições deveriAm ser realizadas no período compreendido entre 09h do dia 16/06/2021 às 23h59 do dia 16/07/2021, no site da organizadora IBGP. A taxa de inscrição custava R$ 73,97.

Atribuições do Assistente Executivo de Defesa Social

Como atribuições gerais do cargo de Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional, o edital mencionava: exercer atividades de natureza técnico-organizacional relativas ao aporte metodológico para a continuidade, desenvolvimento, execução, controle, fiscalização e implementação das ações governamentais, observando a caracterização, complexidade e responsabilidade exigidas para o desempenho da função.

Vagas para Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal

A oferta era de 2.420 vaga para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal, divididas conforme a tabela abaixo:

vagas-policial-penal-sejusp-mg

A carreira exigia apenas nível Médio de formação e oferecia remuneração de R$ 4.631,25, para jornadas de 40h semanais, em regime de dedicação exclusiva, podendo ser desempenhada em regime de escala de plantão.

Neste caso, as inscrições deveriam ser realizadas pelo site do Instituto Selecon, no período compreendido entre os dias 22 de outubro e 22 de novembro de 2021. A taxa de participação custa R$ 49,16.

Atribuições do Policial Penal

De acordo com o edital publicado em 2021, eram atribuições do cargo:

  • garantir a ordem e a segurança no interior dos estabelecimentos prisionais;
  • desempenhar ações de vigilância interna e externa dos estabelecimentos prisionais, inclusive muralhas e guaritas, bem como em órgãos e locais vinculados ou de interesse do Sistema Prisional;
  • exercer atividades de escolta e custódia de presos;
  • executar operações de transporte escolta e custódia de presos em movimentações externas, bem como de transferências interestaduais ou entre unidades no interior do Estado;
  • realizar buscas periódicas nas celas;
  • realizar revistas nos familiares e visitantes dos presos;
  • prestar segurança a profissionais diversos que fazem atendimentos especializados aos presos nas unidades prisionais;
  • conduzir presos à presença de autoridades; adotar as medidas necessárias ao cumprimento dos alvarás de soltura, obedecidas as normas próprias;
  • informar ao preso sobre seus direitos e deveres de conformidade com o Regulamento Disciplinar Prisional – REDIPRI e demais normas vigentes;
  • verificar sobre a necessidade de encaminhar presos a atendimentos especializados;
  • entregar medicamentos aos presos, observada a prescrição médica;
  • prestar assistência em situações de emergência: primeiros socorros, incêndios, transporte de enfermos, rebeliões, fugas e outras assemelhadas; preencher formulários, redigir e digitar relatórios e comunicações internas;
  • participar de comissões de classificação e de disciplina, quando designado;
  • exercer outras atividades que vierem a ser incorporadas ao cargo por força de dispositivos legais.

Evolução funcional do concurso SEJUSP MG 2021

Uma vez aprovado no concurso da SEJUSP, para jornada de 40 horas, você poderá evoluir de remuneração de acordo com as tabelas a seguir:

Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional

tabela-assistente-sejusp-mg

Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal

tabela-policial-penal-sejusp-mg

Etapas de avaliação Sejusp 2021

Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional

De acordo com o edital, a avaliação dos candidatos foi composta de duas etapas, estruturadas da seguinte forma:

  • Prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação psicológica de caráter eliminatório.

A prova objetiva teve caráter eliminatório e classificatório e foi constituída de 60 questões, conforme o quadro a seguir:

estrutura-prova-SEJUSP-MG

Estrutura da prova objetiva do concurso SEJUSP MG

A aplicação da prova objetiva estava prevista para o dia 15 de agosto de 2021, com duração de 4h, nas cidades de: Belo Horizonte, Barbacena, Curvelo, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Por outro lado, a avaliação psicológica consistia na avaliação padronizada de características cognitivas e de personalidade dos candidatos, mediante o emprego de técnicas científicas.

Para tanto poderiam ser utilizados testes, questionários, inventários, anamneses, dinâmicas de grupo, testes situacionais, entrevistas e procedimentos complementares. Os candidatos seriam considerados CONTRAINDICADOS com base nas características constantes do quadro a seguir e/ou se invalidarem qualquer um dos instrumentos estabelecidos para a avaliação:

avaliação-psicológica-sejusp-mg

Quadro de características incompatíveis com a função

Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal

A avaliação dos candidatos que desejam conquistar uma vaga na SEJUSP MG para o cargo de Policial Penal foi realizada em 6 etapas, sendo:

etapas-policial-penal-sejusp-mg

Prova objetiva Policial Penal

A aplicação da Prova Objetiva e Redação estava prevista para o dia 13/03/2022 nas cidades de Barbacena, Belo Horizonte, Curvelo, Divinópolis, Ipatinga, Governador Valadares, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Ela era  composta por 60 questões, divididas da seguinte forma:

quadro-provas-sejusp-mg-policial-penal

Prova de aptidão psicológica e psicotécnica

A Prova de Aptidão Psicológica e Psicotécnica tinha como objetivo verificar a dinâmica e a estrutura da personalidade do candidato e avaliar se ele apresenta características incompatíveis com o exercício do cargo de Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal.

Exames médicos

Os exames médicos visavam à aferição das condições gerais de saúde do candidato, por meio de exames clínicos, laboratoriais, de acuidade visual e auditiva, apresentados pelos candidatos e realizados às suas expensas, em vista das atribuições do cargo de Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal.

Prova de condicionamento físico por testes específicos

Os desempenhos exigidos no exame de aptidão física destinavam-se à avaliação da força, da resistência muscular e da capacidade aeróbia, importantes para suportar, física e organicamente, as exigências próprias do Curso de Formação Técnico Profissional (CFTP).

A Prova de Condicionamento Físico por Testes Específicos constaria dos testes especificados a seguir:

  • teste de flexão em barra fixa — teste dinâmico de barra fixa, como primeira avaliação para candidatos do sexo masculino; e teste estático de barra fixa, como primeira avaliação para candidatas do sexo feminino;
  • teste de flexão abdominal, como segunda avaliação para todos os gêneros;
  • teste de impulsão horizontal, como terceira avaliação para todos os gêneros;
  • teste de flexão de braço no solo, como quarta avaliação para todos os gêneros;
  • teste de corrida de 12 minutos, como quinta e última avaliação para todos os gêneros

Comprovação de idoneidade e conduta ilibada

A etapa de Comprovação de Idoneidade e Conduta Ilibada seria executada pela SEJUSP e será procedida por meio de análise documental, pesquisas, entrevistas e diligências, utilizando-se de metodologia aplicada à Investigação Social na vida pública e privada do candidato.

Curso de Formação Técnico-Profissional

O Curso de Formação Técnico-Profissional – CFTP  seria ministrado em metodologia semipresencial, em turmas com número máximo de 40 alunos, e conterá carga horária de 455 horas/aula presenciais, sendo 383 hs/aula presenciais e 72 hs da Semana de Ambientação e 224 horas/aula à distância, totalizando 679 horas/aula. Ocorrerá em horário integral de segunda a sexta-feira e meio período aos sábados, com dedicação exclusiva.

Seria aprovado no CFTP o candidato que obtivesse o mínimo de 60% (sessenta por cento) de pontos na prova e o mínimo de frequência exigida durante a semana de ambientação.

Os candidatos selecionados e matriculados no CFTP receberiam um auxílio financeiro no valor correspondente a 50% (cinquenta por cento) do vencimento básico inicial do cargo de Agente de Segurança Penitenciário.

O que cai na prova do concurso SEJUSP MG

Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional

A prova objetiva, que será composta por 60 questões abordará os seguintes conteúdos:

  • Língua Portuguesa
    • Leitura, análise e interpretação de texto;
    • conhecimentos linguísticos relativos ao sistema ortográfico em vigor;
    • aspectos morfológicos e morfossintaxe.
  • Informática Básica
    • Ambiente operacional WINDOWS;
    • processadores de textos WORD e Writer;
    • planilhas eletrônicas EXCEL e Calc;
    • redes de Computadores e Internet e
    • conceitos de proteção e segurança.
  • Noções de Direito
    • Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1.988;
    • Título II: Dos Direitos e Garantias Fundamentais; Capítulo I: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos; Capítulo II: Dos Direitos Sociais; Capítulo III: Da Nacionalidade;
    • Título III: Da Organização do Estado; Capítulo I: Da Organização Político-Administrativa; Capítulo VII: Da Administração Pública; Seção I: Disposições Gerais; Seção II: Dos Servidores Públicos;
    • Título VIII: Da Ordem Social; Capítulo I: Disposição Geral; Capítulo II: Da Seguridade Social; Capítulo III: Da Educação, da Cultura e do Desporto; Capítulo VII: Da Família, da Criança, do Adolescente e do Idoso; Direito da Criança e do Adolescente.
    • Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei Federal nº 8.069, de 13 de julho de 1.990.
    • Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Minas Gerais, Lei Estadual nº 869, de 05 de julho de 1.952 e suas alterações posteriores.
    • Lei Federal nº 11.466 de 28 de março de 2007, que prevê como falta disciplinar grave do preso e crime do agente público a utilização de celular.
    • Lei Estadual nº 15.302, de 10 de agosto de 2.004, que instituiu a carreira de Agente de Segurança Socioeducativo.
    • Declaração Universal dos Direitos Humanos/Violação dos Direitos Humanos, Lei Federal nº 9.455 de 07 de abril de 1.997 (Lei da Tortura).
  • Direitos Humanos
    • Teoria Geral dos Direitos Humanos;
    • Conceito e Terminologia;
    • Classificação dos Direitos Humanos;
    • Fundamentos dos Direitos Humanos;
    • Mitos e Verdades sobre os direitos Humanos.
    • Direitos Negados e Subtraídos;
    • Afirmação Histórica dos Direitos Humanos;
    • Afirmação do Conceito de Pessoa na História;
    • Grandes Etapas Históricas na Afirmação dos Direitos Humanos – Declaração Universal dos Direitos Humanos, Revolução Americana, Revolução Francesa, Organização das Nações Unidas e sua Comissão de Direitos Humanos;
    • Direitos Humanos no Brasil – Constituição de 1934 e de 1988;
    • Regras de Beijing;
    • Proteção de Grupos Vulneráveis;
    • Diversidade Étnico-Racial – Racismo: causas, tipos, racismo estrutural e ocorrências no Brasil e Sexual.
  • Raciocínio Lógico
    • Noções básicas da lógica matemática: proposições, conectivos, equivalência e implicação lógica, argumentos válidos, problemas com tabelas e argumentação.
    • Linguagem dos conjuntos: o conjunto dos números naturais, inteiros, racionais e reais.
    • Operações de adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação nesses conjuntos.
    • Números decimais.
    • Valor absoluto.
    • Propriedades no conjunto dos números naturais.
    • Decomposição de um número natural em fatores primos.
    • Múltiplos e divisores, máximo divisor comum e mínimo múltiplo comum de dois números naturais.
    • Verdades e Mentiras: resolução de problemas.
    • Sequências (com números, com figuras, de palavras).
    • Análise combinatória e probabilidade.
    • Problemas envolvendo raciocínio lógico.
  • Conhecimentos específicos
    • Estatuto da Criança e do Adolescente.
    • Legislação que institui as Carreira do Grupo de atividades de Defesa Social do Poder Executivo.
    • Legislação que regulamenta a execução das medidas sócio educativas destinadas ao adolescente que pratique ato infracional.
    • Serviços de Medidas Socioeducativas em meio aberto.
    • Legislação sobre a tortura.
    • Práticas Restaurativas.
    • Adolescente e a Puberdade: aspectos biológicos, psicológicos e sociais.
    • O mundo do adolescente.
    • Psicologia da adolescência.
    • Juventude e Violência no Brasil.
    • Desigualdade: Classe, etnia e gênero.
    • Sistema de Garantia de Direitos e Justiça Restauradora.
    • Mediação de Conflitos e Comunicação não violenta.
    • Mapa da violência.
    • Estado e Políticas Públicas.
    • Juventude e Sociedade: trabalho, educação, cultura e participação.
    • A educação um processo de mudança.

Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal

  • Língua Portuguesa
    • Semântica e Estilística: denotação e conotação; sinonímia; antonímia; homonímia; polissemia.
    • Funções de linguagem.
    • Leitura e interpretação de textos: informações implícitas e explícitas.
    • Significação contextual de palavras e expressões.
    • Ponto de vista do autor.
    • Tipologia textual e gêneros de circulação social: estrutura composicional; objetivos discursivos do texto; contexto de circulação; aspectos linguísticos.
    • Texto e Textualidade: coesão, coerência e outros fatores de textualidade. Variação linguística: heterogeneidade linguística: aspectos culturais, históricos, sociais e regionais no uso da Língua Portuguesa.
    • Linguagem verbal e não verbal.
    • Fonética e fonologia: ortografia e acentuação gráfica.
    • Crase.
    • Colocação Pronominal: sintaxe de colocação dos pronomes oblíquos átonos.
    • Sinais de pontuação como fatores de coesão.
    • Morfossintaxe: classes de palavras; funções sintáticas do período simples.
    • Sintaxe do período composto: processos de coordenação e subordinação; relações lógico-semânticas.
    • Concordância e Regência verbal e nominal aplicadas ao texto.
    • Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua.
    • Ortografia oficial – Novo Acordo Ortográfico.
    • Redação (domínio da expressão escrita).
  • Raciocínio Lógico
    • Raciocínio lógico: resolução de problemas envolvendo frações, conjuntos, porcentagens, sequencias (com números, com figuras, de palavras).
    • Raciocínio lógico-matemático: proposições, conectivos, equivalência e implicação lógica, argumentos válidos.
  • Informática
    • Conceitos de internet e intranet.
    • Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a internet/intranet.
    • Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca, de pesquisa e de redes sociais.
    • Noções de sistema operacional (ambiente Windows).
    • Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice).
    • Noções de videoconferência.
  • Noções de Direito Constitucional
    • Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania e direitos políticos; partidos políticos; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos.
    • Poder Executivo: forma e sistema de governo; chefia de Estado e chefia de governo.
    • Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública (Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988, e alterações posteriores e Constituição do Estado de Minas Gerais).
  • Noções de Direito Penal
    • Aplicação da lei penal.
    • Princípios.
    • Pena cumprida no estrangeiro.
    • Eficácia da sentença estrangeira.
    • Contagem de prazo.
    • Frações não computáveis da pena.
    • Interpretação da lei penal.
    • Analogia.
    • Irretroatividade da lei penal.
    • O fato típico e seus elementos.
    • Crime consumado e tentado.
    • Ilicitude e causas de exclusão.
    • Excesso punível.
    • Crimes contra a pessoa.
    • Crimes contra o patrimônio.
    • Crimes contra a fé pública.
    • Crimes contra a administração pública.
    • Disposições constitucionais aplicáveis ao direito penal.
    • Crimes Contra a Administração Pública, Crimes praticados por funcionário público contra administração em geral.
  • Noções de Direitos Humanos e Participação Social
    • Declaração Universal dos Direitos Humanos — Resolução 217-A (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas, 1948.
    • Regras mínimas da ONU para o tratamento de pessoas presas.
    • Decreto nº 7.037/2009 e suas alterações (Programa Nacional de Direitos Humanos).
    • Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (arts. 62 a 64 da Lei de Execução Penal e suas alterações).
    • Conselhos Penitenciários (arts. 69 e 70 da Lei de Execução Penal e suas alterações).
    • Conselhos da Comunidade (arts. 80 e 81 da Lei de Execução Penal e suas alterações).
  • Legislação Especial
    • Lei nº 9.455/1997 e suas alterações (antitortura).
    • Lei nº 12.846/2013 e suas alterações (anticorrupção).
    • Lei nº 13.869/2019 (abuso de autoridade).
    • Lei nº 8.429/1992 e suas alterações (improbidade administrava).
    • Lei nº 10.826/2003 e suas alterações (Estatuto do Desarmamento).
    • Lei nº 11.343/2006 e suas alterações (Lei de Drogas).
    • Lei nº 13964/2019 (aperfeiçoa a legislação penal e processual penal).
    • Lei nº 7.210/1984 (Lei de Execução Penal). Lei nº 13.675/2018 (disciplina a organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pela segurança pública; cria a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social; institui o Sistema Único de Segurança Pública) e Decreto de Regulamentação nº 9.489/2018.
    • Lei Estadual nº 869, de 05 de julho de 1.952 e suas alterações posteriores – Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Minas Gerais;
    • Lei Estadual n.º 11.404, de 25 de Janeiro de 1994 (Contém Normas de Execução Penal);
    • Lei Estadual nº 14.695, de 30 de julho de 2.003, que instituiu a carreira de Agente de Segurança Penitenciário; Regulamentos e Normas de Procedimentos do Sistema Prisional de Minas Gerais (ReNP)

Resumo dos concursos 2021 SEJUSP MG

  • Banca: IBGP
  • Cargo: Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) – Auxiliar Educacional
  • Vagas: 211
  • Remuneração: R$ 1.750,10
  • Nível: Médio 
  • Inscrições: 16/06 a 16/07/21
  • Prova: 15/08/21
  • Banca: Instituto Selecon
  • Cargo: Agente de Segurança Penitenciário/Policial Penal
  • Vagas: 2.420
  • Remuneração: R$ 4.631,25
  • Nível: Médio 
  • Inscrições: 22/10 a 22/11/21
  • Prova: 13/03/22

Estude para o concurso SEJUSP MG 2022

Se você pensa em se candidatar, é hora de focar na sua preparação! Por isso, é bom ter em mente que para conquistar uma das futuras vagas, você precisa de um bom preparatório para concurso.

Então, deixe as apostilas de lado e venha aprender com videoaulas! Aqui no Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos. Dessa maneira você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo e fica cada vez mais perto da aprovação.

Material gratuito para concursos públicos

A fim de ajudar na sua preparação, montamos diversos materiais gratuitos com os temas mais cobrados nas provas de concurso público, Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Exame do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Em especial, para o concurso da SEJUSP MG, separamos abaixo os conteúdos de temas mais cobrados, edital verticalizado e checklist de estudos para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário.

Nos temas mais cobrados, após uma minuciosa análise da banca Instituto Selecon e também com base no edital e nas estatísticas de incidência de questões, você ficará por dentro dos principais assuntos a serem cobrados em cada disciplina, como pode ser visto no exemplo abaixo:

temas-mais-cobrados-concurso SEJUSP MG

 

Já o edital verticalizado traz a relação das disciplinas cobradas no conteúdo programático e seus referidos assuntos, de forma ordenada:

edital-verticalizado-concurso SEJUSP MG

 

E por fim, nosso checklist de estudos é um material exclusivo para você organizar as revisões ao longo da sua preparação para o concurso da SEJUSP MG. A tabela disponibilizada, com suas devidas orientações,  garantem o controle das revisões e sucesso no aprendizado.

checklist-concurso SEJUSP MG

Exemplo de checklist – Raciocínio Lógico

Os conteúdos completos, de todas as disciplinas, estão disponíveis nos links abaixo:

Agente SEJUSP MG – Temas mais cobrados

Agente SEJUSP MG – Edital verticalizado

Agente SEJUSP MG – Checklist de estudos

Playlist: Língua Portuguesa para Concursos

Como você pôde ver no quadro com as disciplinas que compõem a prova, uma das que tem maior peso e, consequentemente, requer maior atenção é Língua Portuguesa. Que tal então conferir o que mais costuma ser cobrado em concursos públicos? Preparamos então uma playlist com videoaulas grátis para você aprender conteúdos como Figuras de Linguagem; Funções de Linguagem; Significação das Palavras; Processo de Formação de Palavras; e Concordância Nominal. Confira!

Playlist: Direito Administrativo para Concursos

Noções de Direito é mais um dos assuntos presentes nos conteúdos programáticos do edital SEJUSP MG 2021. E dentro dele, claro, constam temas relacionados ao Direito Administrativo. Dominá-los é fundamental para conseguir acertar as questões que caírem na prova. Por isso, separamos abaixo uma playlist para te ajudar nessa missão. Aproveite!

Playlist: Raciocínio Lógico para Concursos Públicos

Apesar de não ter tantas questões cobradas na prova como Língua Portuguesa, o Raciocínio Lógico é uma disciplina que exige o máximo de preparo e conhecimento por parte dos candidatos a uma vaga no concurso SEJUSP MG. Portanto, nada melhor do que conferir uma série de videoaulas grátis apresentando os conteúdos que mais costumam cair nas avaliações. Na playlist abaixo você verá: Lógica Proposicional; Proposições Simples, Compostas e Conectivos Lógicos; e Tabela Verdade. Aproveite!

Playlist: Informática para Concursos Públicos

A exemplo do Raciocínio Lógico, Informática também terá uma quantidade reduzida de questões na prova do concurso SEJUSP MG se comparado a outras disciplinas, porém, isso não quer dizer que exija menos atenção. Muito pelo contrário, os cinco acertos podem ser fundamentais na pontuação final. Confira na playlist abaixo algumas videoaulas grátis com conteúdos que têm grandes chances de serem cobrados, como: Conceitos Básicos de Microsoft Word e Conceitos Básicos de Microsoft Excel.

Teste seus conhecimentos para o concurso SEJUSP MG

A fim de te deixar bem preparado para a prova da SEJUSP MG, separamos mais de 700 questões já aplicadas pela banca IBGP, mais de 40 questões para o cargo de Policial Penal e mais de 600 questões específicas da banca Selecon.

Dessa forma, você fica por dentro do estilo de cobrança da banca organizadora, bem como, se prepara para o nível de dificuldade a ser adotado por ela.

Responda questões da banca IBGP

Responda questões para a prova de Policial Penal 

Responda questões da banca Selecon

Tudo isso porque, estudar utilizando a resolução de questões anteriores como método, é uma excelente forma de mensurar o seu conhecimento e corrigir as dificuldades de aprendizado.

Sobre a SEJUSP MG

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) foi criada a partir de uma reforma administrativa da estrutura orgânica da administração pública do Poder Executivo, por meio da Lei 23.304, de 30 de maio de 2019.

Ela tem como missão promover a política estadual de Segurança Pública e Defesa Social de Minas Gerais, de maneira integrada com os órgãos de Segurança Pública federais, estaduais e municipais, no âmbito do Sistema Único de Segurança Púbica (SUSP), de forma articulada com os demais poderes e os diversos órgãos federais, estaduais e municipais através da integração dos órgãos da Segurança Pública de Minas Gerais e da gestão do sistema penal, do sistema de atendimento socioeducativo e do sistema de prevenção à criminalidade; custodiando e ressocializando indivíduos privados de liberdade, interrompendo trajetória infracional de jovens em conflito com a lei e prevenindo a inserção de jovens na prática do crime. Tudo com a finalidade de reduzir a criminalidade e aumentar a sensação de segurança da população mineira.

Dicas para começar a estudar do zero

Você está começando agora sua trajetória no mundo dos concursos públicos? Então, não perca a chance de iniciar com o pé direito, confira nossas dicas sobre como começar a estudar para concurso do zero. Mesmo se você tem pouco tempo para se preparar, nós te ensinaremos a aproveitar seu tempo para conquistar uma vaga!

Concursos abertos e previstos

Veja os destaques dos concursos abertos e previstos e prepare-se com o Aprova Concursos! Há milhares de oportunidades abertas em diversas em Prefeituras, Tribunais, Polícias (Militar e Civil), e muito mais! E ainda, excelentes oportunidades serão ofertadas em breve em diversos concursos federais.

Prepare-se com o Aprova Concursos

Primeiramente, você ainda não possui nível superior? Aproveite, veja uma lista e escolha seu curso superior ead para ficar bem preparado e conquistar uma excelente vaga nos próximos concursos públicos! Os cursos de pedagogia e serviço social são boas opções para quem está em dúvida e deseja seguir uma carreira de sucesso.

Portanto, como você não tem muito tempo, precisa deixar as apostilas de lado e aprender com videoaulas. No Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Assim sendo, você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar ainda mais perto da aprovação.

Por fim, é importante ressaltar que cada preparatório é específico para o certame e também para o cargo do seu interesse, como o curso OAB. Confira nosso curso para concurso!

Leia mais notícias

Inscreva-se no YouTube

Curta no Facebook

Siga no Instagram

Compartilhe com
seus amigos

Deixe seu Comentário