Carregando...
Ir para o conteúdo principal
Aprova Questões
Milhares de questões atuais de concursos.

Questões de concursos

Milhares de questões com o conteúdo atualizado para você praticar e chegar ao dia da prova preparado!


Use os filtros abaixo para tornar a sua busca ainda mais específica. Você não precisa preencher todos os campos, apenas os que desejar.

Dica: Caso encontre poucas questões de uma prova específica, filtre pela banca organizadora do concurso que você deseja prestar.
Carregando...
Exibir questões com:
Não exibir questões:
Minhas questões:
Filtros aplicados:
Carregando...

Carregando...

Carregando...
Exibindo questões de 454 encontradas. Imprimir página Salvar em Meus Filtros

Assinale a alternativa que apresenta um substantivo abstrato baseando-se no exemplo do quadrinho.

Carregando...

Considerando o contexto, na oração “Se está machucado, melhor não mexer", a palavra “machucado" pertence à mesma classe gramatical da seguinte palavra em destaque na oração:

Carregando...

Quanto aos sujeitos inexistentes e desinenciais, pode-se AFIRMAR, de acordo com o texto, que:

Carregando...

A partir da análise do vocabulário usado pelo poeta, marque a alternativa que relaciona, respectivamente, um substantivo, um adjetivo, uma interjeição, uma conjunção.

Carregando...

Observe o fragmento abaixo:

 

   “A dona de casa Marileia Souza, moradora de Serra (I), na Grande Vitória, a maior cidade do Estado, com (II) cerca de 500 mil habitantes, afirmou ter recebido ligações de amigos sugerindo que (III) não (IV) saísse de casa pela falta de policiamento.” (linhas 07 a 09).

 

Analise os termos sublinhados e numerados do fragmento acima e assinale a alternativa correta.

Carregando...

Assinale a alternativa correta em relação ao Texto 1.

Carregando...

Assinale a alternativa correta em relação ao Texto 1.

Carregando...


Considere o seguinte fragmento do terceiro parágrafo para responder à questão.

“apesar de o acesso a novas tecnologias ter alcançado 40% da população global, nem sempre isso é sinônimo de desenvolvimento"

Em “apesar de o acesso" – evidencia-se um fato que distingue variações linguísticas. Conforme o padrão formal da nossa língua, nesse contexto, a contração da preposição com o artigo não é adequada. Entretanto, a preposição de pode corretamente se contrair com o artigo a em:

Carregando...

Assinale a alternativa que apresenta o correto plural dos substantivos compostos abaixo.

Carregando...

Assinale a alternativa cujo item em destaque NÃO esteja funcionando como pronome relativo no caso.

Carregando...

Assinale a alternativa que contém oração sem sujeito.

Carregando...

'Plano contra crise hídrica é como seguro: para não usar', diz secretário

Documento prevê a implantação de rodízio em

situações de emergência.

Governo de SP apresentou plano nesta quinta-feira,

com 5 meses de atraso.

O secretário estadual de Recursos Hídricos,

Benedito Braga, comparou o plano de contingência

contra a crise hídrica em São Paulo com um

seguro: "estamos fazendo para não usar", afrmou.

O documento, obtido com exclusividade pelo G1

na semana passada, foi apresentado ofcialmente,

com cinco meses de atraso, nesta quinta-feira (19).

Na reunião estavam presentes representantes de

prefeituras da região metropolitana e entidades.

Braga afrmou que o plano demorou para ser

apresentado porque foi um trabalho integrado

entre o estado paulista, municípios, sociedade civil

e universidades. "Obviamente em uma região tão

complexa como a região metropolitana de São Paulo,

o levantamento de dados é muito demorado, não é

muito simples", disse o secretário.

O plano de contingência vai orientar como o poder

público, companhias e sociedade civil devem agir no

caso de seca ou de desabastecimento de água para a

população. O documento também prevê a implantação

de rodízio – cortes sistemáticos na distribuição – em

situações de emergência. De acordo com o secretário

de Recursos Hídricos, a Grande São Paulo está,

atualmente, em estado de atenção.

Três níveis de ações

O plano de contingência, divulgado com

exclusividade pelo G1 na semana passada, considera

ações em três níveis (veja abaixo).

Atualmente, segundo o governo estadual, a

Grande São Paulo está no nível 2 - Alerta porque

os reservatórios ainda estão com níveis baixos. O

secretário de Recursos Hídricos garante, no entanto,

que todas as medidas necessárias para essa situação

já foram tomadas.

"O Cantareira ainda está no volume morto. O Alto

Tietê está com 15% da capacidade. Entretanto, nós

estamos no processo de redução de pressão a noite,

e assim por diante. Essa é uma característica de

redução na demanda quando a perspectiva de oferta

ainda é baixa. Porém não está ainda em uma situação

tão complicada que você não consiga o nível dos

reservatórios estáveis", completou.

Níveis e ações

NÍVEL 1 - ATENÇÃO: deverá ser adotado quando

houver sinais de estiagem prolongada, quando então

passa a existir uma situação de risco elevado de não

ser atendida a demanda de água.

NÍVEL 2 - ALERTA: será adotado quando a

situação dos sistemas de abastecimento chegar a

níveis críticos, podendo comprometer a curto prazo o

atendimento à demanda de abastecimento de água. O

risco de não atendimento é elevado.

"Isso quer dizer que, mesmo se você estiver

fazendo tudo isso e o nível dos reservatórios

continuar caindo, aí seria necessário acionar o nível

de emergência. Porque seria necessário não só

reduzir a pressão mas cortar água mesmo, para que

a gente não fcasse dependendo só da água do rio",

explicou o secretário de Recursos Hídricos, Benedito

Braga.

NÍVEL 3 - EMERGÊNCIA: será adotado quando

for eminente o não atendimento da demanda, uma

vez que um ou mais sistemas de abastecimento

estejam sob elevado risco de esvaziamento crítico,

comprometendo o abastecimento de parte da

população com grau de severidade signifcativo.

Neste nível (emergência) serão feitos cortes

sistemáticos no abastecimento de água de modo

a evitar o colapso total de um ou mais sistemas

produtores de água potável. Em caso de emergência,

quando a possibilidade do rodízio existe, o plano

prevê ações como a restrição de água potável para

atividades industriais de grande impacto e atividades

de irrigação.

Caberá à Sabesp, à Secretaria de Recursos

Hídricos e às prefeituras a operação de abastecimento

em pontos prioritários e a requisição, se necessário,

de poços outorgados para a distribuição de água à

população em pontos de apoio.

[...].

Retirado e adaptado de: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/11/

governo-de-sp-apresenta-plano-contra-crise-hidrica-com-5-meses-de

-atraso.html. Acesso em: 09 dez. 2015.

Em relação ao excerto “[...] O risco de não atendimento é elevado [...]”, assinale a alternativa correta.

Carregando...
Provas: Simulado - INSS 2016
Disciplina:

Língua Portuguesa

- Assuntos: Morfologia Verbos

Mais da metade da população brasileira não tem rede de tratamento de esgoto. Na classificação do saneamento básico divulgada pelo Instituto Trata Brasil, cinco das seis cidades onde o problema é mais grave estão na região Norte — Porto Velho, Macapá, Belém, Santarém —, e a cidade que se encontra em pior situação é a segunda maior do Pará, Ananindeua.

Em Ananindeua, vivem mais de 470 mil pessoas. A maioria das residências possui fossa séptica, mas quem não tem esse recurso descarta os dejetos diretamente nos valões.

"Dá para perceber que o esgotamento sanitário não foi priorizado ao longo dos tempos. Não foi priorizado na parte do planejamento, na gestão e, principalmente, em investimento", declara José Almir Pereira, engenheiro sanitarista da Universidade Federal do Pará.

A prefeitura de Ananindeua alega que encontrou obras paradas da gestão anterior, mas garante que já retomou os serviços e vai investir R$ 170 milhões em projetos de saneamento.

Já Uberlândia é exemplo para o Brasil no tratamento de esgoto, pois 99% da cidade tem saneamento básico. O único esgoto que não é coletado é do setor de chácaras, porém todo mundo tem a responsabilidade de tratá-lo.



Fabiano Villela e Fernanda Vieira. Ananindeua, no Pará, tem

a pior rede de tratamento de esgoto do Brasil. In: Internet:

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/> (com adaptações).



Julgue os itens subsequentes, referentes ao texto acima

A forma verbal “possui" (l.8) não poderia ser flexionada no plural sem prejuízo para a correção gramatical do período.

Carregando...

Sobre o processo de formação da palavra voracidade (quinto parágrafo), é incorreto afirmar que:

Carregando...
GABARITO:

  • 346) B
  • 347) A
  • 348) C
  • 349) D
  • 350) E
  • 351) B
  • 352) D
  • 353) C
  • 354) C
  • 355) C
  • 356) A
  • 357) B
  • 358) E
  • 359) Errado
  • 360) B
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282