Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:
Questões com:
Excluir questões:

Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...
Exibindo 16 a 30 de 557 questões. Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 16 a 30
Questões por página:

Observe o elemento de coesão “ele” destacado no último parágrafo do texto e assinale a alternativa CORRETA com relação a seu emprego:

Carregando...

A preposição “de” presente na linha 3 do Texto é exigida pela regência da seguinte palavra:

Carregando...

Nos itens abaixo, foram destacados elementos coesivos que se referem a algum termo já expresso no texto, com EXCEÇÃO de:

Carregando...

Considere as ideias e informações apresentadas no texto e assinale a alternativa INCORRETA.

Carregando...

Pode-se observar que a unidade textual presente no texto em análise tem o uso de alguns elementos de coesão como um importante instrumento para a finalidade proposta; a conexão assim estabelecida pode ser constatada entre alguns segmentos pelos elementos corretamente identificados em, com EXCEÇÃO de:

Carregando...

“A carreta necessita de correia de couro, que una seu eixo ao leito. O nome que se arranjou para identificá-lo, com sadismo, é mata-boi.” (8º §)

Sobre o emprego do pronome sublinhado no período acima, considerando sua função coesiva, está correto afirmar que:

Carregando...

Em todas as alternativas abaixo, há elementos coesivos destacados que se referem a termos anteriormente expressos no texto, com EXCEÇÃO da opção:

Carregando...

Leia a tira para responder à questão.
 
(Bill Watterson. Calvin e Haroldo – Os dias estão todos ocupados, 2011)

Assinale a alternativa correta quanto à norma-padrão da língua.

Carregando...

Leia o texto abaixo e responda à questão proposta.

O verbo matar

Quem se espanta com o espetáculo de horror diversificado que o mundo de hoje oferece, faria bem se tivesse o dicionário como livro de leitura diurna e noturna. Pois ali está, na letra M, a chave do temperamento homicida, que convive no homem com suas tendências angélicas, e
convive em perfeita harmonia de namorados.
O consulente verá que matar é verbo copiosamente conjugado por ele próprio. Não importa que cultive a mansuetude, a filantropia, o sentimentalismo; que redija projetos de paz universal, à maneira de Kant, e considere abominações o assassínio e o genocídio. Vive matando.
A ideia de matar é de tal modo inerente ao homem que, à falta de atentados sanguinolentos a cometer, ele mata calmamente o tempo. Sua linguagem o trai. Por que não diz, nas horas de ócio e recreação ingênua, que está vivendo o tempo? Prefere matá-lo.
Todos os dias, mais de uma vez, matamos a fome, em vez de satisfazê-la. Não é preciso lembrar como um número infinito de pessoas perpetra essa morte: através da morte efetiva de rebanhos inteiros, praticada tecnicamente em lugar de horror industrial, denominado matadouro. Aí,
matar já não é expressão metafórica: é matar mesmo.
O estudante que falta à classe confessa que matou a aula, o que implica matança do professor, da matéria e, consequentemente, de parte do seu acervo individual de conhecimento, morta antes de chegar a destino. No jogo mais intelectual que se conhece, pretende-se não apenas
vencer o competidor, mas liquidá-lo pela aplicação de xeque-mate. Não admira que, nas discussões, o argumento mais poderoso se torne arma de fogo de grande eficácia letal: mata na cabeça.
Beber um gole no botequim, ato de aparência gratuita, confortador e pacificante, envolve sinistra conotação. É o mata-bicho, indiscriminado. E quantos bichos se matam, em pensamento, a cada instante! Até para definir as coisas naturais adotamos ponto de vista de morte violenta. Essa
planta convolvulácea é apresentada por sua propriedade maléfica: mata-cabras. Nasceu para isso, para dizimar determinada espécie de mamíferos? Não. Assim a batizamos. Outra é mata-cachorro. Uma terceira, mata-cavalo, e o dicionarista acrescenta o requinte: "goza da fama de produzir frutos venenosos".
Certo peixe fluvial atende (ou devia atender) por matagato, como se pulasse d'água para caçar felinos por aí, ou se estes mergulhassem com intenção de ajustar contas com ele. Em Santa Catarina, o vento de inverno que sopra lá dos Andes é recebido com a exclamação: "Chegou o
mata-baiano".
Já não se usa, mas usou-se muito um processo de secar a tinta em cartas e documentos quaisquer: botar por cima um papel grosso, chupão, que se chamava mata-borrão e matava mesmo, sugando o sangue azul da vítima, qual vampiro de escritório.

A carreta necessita de correia de couro, que una seu eixo ao leito. O nome que se arranjou para identificá-lo, com sadismo, é mata-boi. Mata-cachorro não é só planta flacurtiácea, que acumula o título de mata-calado. É também alcunha de soldado de polícia estadual, e do
pobre-diabo que, no circo, estende o tapete e prepara o picadeiro para a função.
Matar charadas constitui motivo de orgulho intelectual para o matador. Há um matador profissional, remunerado pelos cofres públicos: o mata-mosquito, que pouca gente conhece como guarda sanitário. Mata-junta? É a fasquia usada para vedar juntas entre tábuas. O sujeito vulgarmente conhecido como chato, ao repetir a mesma cantilena, "mata o bicho do ouvido". Certa espécie de algodoeiro é mata-mineiro, certa árvore é mata-mata, ninguém no interior ignora o que seja mata-burro, matacobra tanto é marimbondo como porrete e formiga. Ferida
em lombo de animal, chama-se matadura. Nosso admirável dedo polegar, só lhe reconhecem uma prestança: a de mata-piolhos.
Mandioca mata-negro. Peixe matante. Vegetal mata-olho. Mata-pulga, planta de que se fazem vassouras, Mata-rato, cigarro ordinário. Enfeites e atavios, meios especiais para atingir certos fins, são matadores. "Ela veio com todos os matadores" provoca admiração e êxtase. "Eunice com seus olhos matadores", decassílabo de vítima jubilosa.
Se a linguagem espelha o homem, e se o homem adorna a linguagem com tais subpensamentos de matar, não admira que atos de banditismo, a explosão intencional de aviões, o fuzilamento de reféns, o bombardeio aéreo de alvos residenciais, os pogroms, napalm, as bombas A e H, a
variada tragédia dos dias modernos se revele como afirmação cotidiana do lado perverso do ser humano. Admira é que existam a pesquisa de antibióticos, Cruz Vermelha Internacional, Mozart, o amor.

(ANDRADE, C. Drummond de. De notícias & não notícias faz-se a crônica. In “Poesia e prosa”. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1979, p. 1415-1417.)

Sobre os elementos de coesão abaixo, destacados do texto, está INCORRETA a afirmação feita em:

Carregando...

Assinale a alternativa INCORRETA a respeito das relações coesivas do texto

Carregando...

Leia com atenção e em seguida assinale a alternativa que apresenta uma informação COESA segundo o expresso no texto:

Carregando...

Nos itens abaixo, foram destacados elementos coesivos que fazem referência a algo
anteriormente expresso no texto, com EXCEÇÃO da alternativa

Carregando...

Considerando o emprego de recursos coesivos, analise as assertivas a seguir.

  1. Na linha 04, a palavra “depois” serve como mecanismo de coesão sequencial, ajudando a progressão das ideias do texto.
  2. Na linha 20, a expressão “esse amadurecimento” retoma a ideia desenvolvida no período anterior.
  3. Na linha 23, o pronome relativo “que” tem como referente a palavra “cotas”, na linha 22.

Quais estão corretas?

Carregando...

Considerando que a oração em destaque classifica-se como reduzida por não apresentar conectivo e por apresentar um verbo em sua forma nominal, assinale a alternativa que apresenta um desenvolvimento dessa oração com sentido coerente e redação adequada.
“Uma é o fato de que expressar gratidão encoraja os outros a continuarem sendo generosos, promovendo assim um ciclo virtuoso de bondade em relacionamentos.”.

Carregando...
GABARITO:

  • 16) E
  • 17) C
  • 18) C
  • 19) C
  • 20) D
  • 21) E
  • 22) C
  • 23) D
  • 24) D
  • 25) E
  • 26) A
  • 27) C
  • 28) D
  • 29) D
  • 30) A
  •  

Questões de concurso

Nesse texto você vai saber tudo sobre nosso site de questões de concurso, verá também questões de concurso por assunto, questões de concurso público com gabarito e muito mais! Com toda a certeza se você utilizar uma plataforma online, como a do aprova questões para responder questões de concurso, sua preparação ficará ainda melhor.

Responder questões de concurso

Em resumo é muito importante que ao se preparar para concursos, você comece pela leitura do edital para identificar dentro da bibliografia recomendada quais são os assuntos e temas que deverá estudar para conquistar sua vaga no serviço público. Feito isto, você pode optar por estudar com um curso online, de preferência que possua videoaulas e não apostilas, que expliquem e exemplifiquem todo o conteúdo. Optando por aprender o conteúdo de maneira online e com videoaulas, você poderá se preparar em qualquer lugar, e no horário que achar melhor conforme a sua rotina de trabalho ou de atividades que precisa realizar no dia a dia.

E depois que você já tiver lido e revisado todo o conteúdo, a melhor maneira de fixar tudo, testar e saber quais pontos você precisará dar mais atenção, é responder questões de concurso. Busque por concurso, assunto ou disciplina ou até mesmo pela última prova aplicada pelo órgão que você deseja ingressar. É possível também utilizar o filtro para selecionar tudo que já foi aplicado para o cargo que você deseja conquistar, selecionando ainda pelas bancas, também chamadas de organizadoras dos concursos públicos ou ainda pelo ano de aplicação das provas.

Da mesma maneira, você pode selecionar questões por instituição ou órgão público (por exemplo: Prefeituras, Secretarias Estaduais, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Tribunal de Justiça, Tribunal Regional Eleitoral, entre outros); ano de aplicação (desde 1996 até o ano atual); disciplina (Administração, Língua Portuguesa, Matemática, Economia, Antropologia, Artes, Direito do Trabalho, Filosofia, Biologia, e muitas outras); nível de escolaridade (fundamental, médio ou superior); modalidade (múltipla escolha, discursiva e certo/errado) e ainda área de formação (Agronomia, Engenharia Civil, Jornalismo, Ciência da Computação, Direito, Educação Física, Enfermagem, Medicina e muitas outras opções).

E ainda, se você deseja ver questões de concursos públicos com vídeo resposta fique sabendo que isso também é possível. Além de você ter acesso ao texto das questões, poderá ver uma explicação sobre o tema tratado, gravada especialmente para a nossa plataforma, por um professor especialista no assunto, tema ou disciplina descrito na pergunta que você selecionou para responder. Com certeza essa ferramenta auxiliará muito no entendimento do tema e contribuirá para você conquistar a tão sonhada vaga de servidor público em qualquer órgão, seja na esfera municipal, estadual ou até mesmo federal.

Questões de concurso por assunto

Primeiramente, é importante ressaltar que nosso banco de dados possui milhares de questões de concurso público com gabarito, perguntas dos mais diversos assuntos, a fermenta é atualizada diariamente! Isso mesmo, todos os dias nossos colaboradores inserem as questões dos últimos concursos públicos realizados. E, além das questões de concurso, você também pode visualizar as questões de todas as edições do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), Exame da Ordem dos Advogados (OAB) e Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Por exemplo, se você estuda para concursos de nível fundamental poderá filtrar apenas questões de concurso por assunto que tratem sobre equações de primeiro grau, regra três, conjuntos numéricos e operações, regras de acentuação, pontuação, entre outros temas de matemática e língua portuguesa. Por outro lado, se o seu objetivo são os certames de nível médio, poderá selecionar questões sobre conhecimentos gerais, atualidades, sistemas operacionais, planilhas de cálculos, hardware e software, probabilidade, porcentagem, regência verbal, gêneros textuais, entre outros. E se o seu sonho é uma vaga de nível superior é importante treinar com questões de direito constitucional e administrativo, segurança da informação e da internet, política, economia, estatística, geometria, sintaxe, semântica e muitos outros assuntos.

Por fim, existe ainda a possibilidade de você inserir uma anotação, referente a questão de concurso público que você está respondendo. Isso facilita muito seu aprendizado, você conseguirá gravar com mais facilidade aquele assunto complicado que precisa de atenção. Essa ferramenta foi criada para que você consiga destacar e comentar tudo o que acha importante referente ao tema estudado. E não se preocupe, a anotação é pessoal e sigilosa, somente você terá acesso e poderá visualizar o que escreveu.

© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282