Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões


Não mostrar questões:

Carregando...
Carregando...
Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 1327 questões. Salvar em Meus Filtros Limpar filtro

Imprimir página - Exibindo 1 a 15

Q483336

“Defendo vigorosamente a opinião de que aquilo que os historiadores investigam é real. O ponto do qual os historiadores devem partir, por mais longe dele que possam chegar, é a distinção fundamental, para eles, absolutamente central, entre fato comprovável e ficção, entre declarações históricas baseadas em evidências sujeitas a evidenciação e aquelas que não o são. Nas últimas décadas, tornou-se moda (...) negar que a realidade objetiva seja acessível, uma vez que o que chamamos de 'fatos' apenas existem como uma função de conceitos e problemas prévios formulados em termos dos mesmos.”
HOBSBAWM, Eric. Sobre história. São Paulo: Companhia da Letras, 1998 Nesse trecho, o autor

Carregando...
Q483317

As opções a seguir caracterizam corretamente o processo de expansão e modernização da economia cafeeira, na segunda metade do século XIX, à exceção de uma. Assinale-a.

Carregando...
Q483331

“O Egito já não são apenas os faraós, mas também as muitas e muitas aldeias, não há apenas continuidade, mas mudança, mostra-se que ali conviviam povos e culturas variadas: egípcios, núbios, hícsos, hebreus, gregos, romanos. A Mesopotâmia já não é apenas o mundo dos déspotas precursores de Saddam Hussein, mas um local onde a variedade cultural produziu uma infinidade de reflexões, muitas delas profundamente enraizadas em nossa própria cultura. Os hebreus já não são apenas precursores do cristianismo, mas fazem parte de nossa própria maneira de conceber o mundo. A Antiguidade tampouco inicia-se com a escrita, mas, cada vez mais, busca-se mostrar como o homem possui uma História Antiga multimilenar, anterior à escrita em milhares de anos.”
FUNARI, Pedro Paulo “A renovação da História Antiga” in KARNAL, Leandro (Org.) História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas. Contexto, 2015, p. 97) Nesse trecho, o autor se refere à renovação da História Antiga nos livros didáticos brasileiros ocorrida nas últimas três décadas. A respeito das inovações interpretativas que permitiram sua renovação, analise as afirmativas a seguir.
I. A revisão da concepção oitocentista da dualidade entre Oriente e Ocidente desconstruiu a visão eurocêntrica da História Antiga, até então considerada a etapa fundadora da História Universal.
II. A incorporação de novos temas, como, por exemplo, o das relações de gênero, ressignificou o estudo da História Antiga em função da relação entre o mundo contemporâneo em que vivemos e a experiência social da Antiguidade.
III. A crítica à hegemonia dos documentos escritos e a incorporação da cultura material, pelo estudo de edifícios, estátuas, cerâmica e pinturas, possibilitaram o fortalecimento de uma história política da Antiguidade. Assinale:

Carregando...
Q483312

2016_05_02_5727817dc85ad.png


O tráfico de escravos, na Época Moderna, envolvia a sociedade

colonial da América Portuguesa e as sociedades africanas.

Com base no mapa, a respeito do tráfico de escravos, assinale a

afirmativa correta.

Carregando...
Q483324


2016_05_02_57278273df7d1.png

A charge mostra o Presidente Getúlio Vargas em situações

distintas durante a década de 1930. A respeito das incertezas e

mudanças do quadro político dessa década, com base na charge,

analise as afirmativas a seguir.

I. O primeiro quadro (1931) faz referência à aproximação entre os

interesses centralizadores do Governo Provisório e o

tenentismo, como exemplificado pela nomeação de Juarez

Távora para o governo de São Paulo.

II. O segundo quadro (1935) faz referência aos dois polos

opostos que dinamizavam o quadro político depois de

promulgada a Constituição de 1934: a Aliança Nacional

Libertadora (ANL) e a Ação Integralista Brasileira (AIB).

III. O terceiro quadro (1937) faz referência ao fechamento do

Congresso, à criação do Estado Novo e à unificação dos

partidos políticos, sob a legenda da Ação Integralista

Brasileira (AIB).

Assinale:

Carregando...
Q483329

“As licenciaturas curtas vêm acentuar, ou mesmo institucionalizar, a desvalorização e a consequente proletarização do profissional da educação. Isso acelera a crescente perda de autonomia do professor diante do processo de ensino e aprendizagem, na medida em que sua preparação para o exercício das atividades docentes é mínima ou quase nenhuma.
(...) Assim, as licenciaturas curtas cumprem o papel de legitimar o controle técnico e as novas relações de dominação no interior da escola.”
FONSECA, 1993, apud SILVA, M. e FONSECA, S. G. Ensinar História no século XXI: em busca do tempo entendido. Campinas: Papirus, 2007, p. 30
Ao historicizar a formação dos professores de História no Brasil, os autores se referem à instituição da licenciatura curta em estudos sociais, durante o período autoritário (1964-1985), como um exemplo de

Carregando...
Q484430

Sobre o ofício do historiador, é incorreto afirmar que:

Carregando...
Q484435

É no século 20 que a historiografia realmente acontece como uma expressão da cultura, pois, nesse longo século, ela passou por diferentes fases, marcando, de forma decisiva, a influência das teorias que os historiadores europeus desenvolveram para a escrita da história. Sobre essas correntes, é correto dizer que:

Carregando...
Q484447

A ocupação do território cearense no período colonial esteve, assim como o crescimento econômico de Fortaleza, em uma relação direta com o binômio gado - algodão. Essa produção da cotonicultura determinou mudanças nas relações econômicas e sociais. Sobre esse processo, é correto dizer que:

Carregando...
Q484442

Sobre o ensino do cotidiano na História, podemos tecer as seguintes considerações: I - A introdução da História do Cotidiano como objeto de estudo escolar requer que se explorem as possibilidades inerentes ao cotidiano, sem se limitar a constatar o “real” ou as motivações possíveis para alunos pouco sensibilizados com a história escolar mais tradicional. O cotidiano deve ser utilizado como objeto de estudo escolar pelas possibilidades que oferece de visualizar as transformações possíveis realizadas por homens comuns, ultrapassando a ideia de que a vida cotidiana é permeada de alienação.
II - O tema “cotidiano” tem grande importância na área de História, pois o cotidiano estabelece articulações com as grandes estruturas políticas e econômicas do poder. Seu estudo possibilita que as tensões do dia possam emergir, dando voz a atores sociais tradicionalmente excluídos e marginalizados, o que permite uma maior compreensão das estruturas sociais e suas transformações.
III - O cotidiano só tem valor histórico e científico no interior de uma análise de sistemas históricos que contribuem para explicar seu funcionamento, não se tratando de uma simples descrição de determinada sociedade numa época qualquer, tampouco de privilegiar histórias individuais.
Entre as afirmações acima, são verdadeiras:

Carregando...
Q484322

Sobre Zumbi dos Palmares, marque a alternativa correta.

Carregando...
Q518777

A importância da Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão é ter sido a primeira declaração de direitos e fonte de inspiração para outras que vieram posteriormente, como a Declaração Universal dos Direitos Humanos aprovada pela ONU (Organização das Nações Unidas), em 1948. O Artigo primeiro da Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão, de 1789, estabelece: “Os homens nascem e permanecem livres e iguais em direitos. As distinções sociais só podem fundar-se na utilidade comum”. O Artigo primeiro da Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, estabelece: “Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade”. A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão é um documento que se caracteriza principalmente por:

Carregando...
Q518789

Nos momentos finais da II Guerra Mundial, uma sequência de tratados foi definindo o clima de tensão – Guerra Fria – que dominará a cena da política internacional na segunda metade do século XX. Com relação a esses tratados, é correto afirmar:

Carregando...
Q518791

Um dos conflitos mais importantes na segunda metade do século XX foi a Guerra do Vietnã. Com relação aos fatos que precederam o desencadear da Guerra do Vietnã, é correto afirmar que:

Carregando...
Q518784

“Quem não quer vacinar-se poderá ser infectado. E, ao sê-lo, transmitirá a doença a quem não deseja ser doente. Se colidir com o bem comum, aí sim! a liberdade individual converte-se em tirania.” (Oswaldo Cruz) A afirmação acima revela um dos argumentos que contribuiu para a eclosão de uma importante revolta durante a República Velha, A Revolta da Vacina. O argumento citado revela:

Carregando...
GABARITO:

  • 1) C
  • 5) B
  • 9) A
  • 13) C
  • 2) A
  • 6) E
  • 10) D
  • 14) B
  • 3) D
  • 7) C
  • 11) A
  • 15) E
  • 4) A
  • 8) C
  • 12) E
  •  
Carregando...
© 2014 Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 606 8889