Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:

Excluir questões:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 18 questões.

Salvar em Meus Filtros
Imprimir página - Exibindo 1 a 15
Questões por página:
Q741575

Avalie as afirmativas a seguir e assinale V para a verdadeira e F para a falsa.

( ) A base monetária se expande quando o Banco Central compra títulos públicos.

( ) A base monetária se contrai quando o Banco Central recebe o pagamento de empréstimos, que foram previamente concedidos ao Tesouro Nacional.

( ) A obtenção de um superávit fiscal reduz a base monetária e os meios de pagamento.

As afirmativas são, respectivamente,

Carregando...
Q286862

Com base na teoria keynesiana, julgue os itens subsequentes.

Entre os motivos para que as pessoas retenham moeda,

citam–se a transação, ou seja, a necessidade de efetuar

pagamentos; a precaução, decorrente da incerteza do valor

monetário dos ativos; e a especulação, ocasionada pela

possibilidade de eventos inesperados.

Carregando...
Q239424

Acerca da teoria keynesiana, das políticas fiscal e monetária e do

mercado de trabalho, julgue os itens subsequentes.

Uma política fiscal expansionista, considerada no contexto da curva LM elástica, leva ao crescimento da economia, mas põe o controle da inflação em risco, uma vez que taxas de juros mais baixas fazem com que o consumo aumente e os preços subam.

Carregando...
Q239426

Acerca da teoria keynesiana, das políticas fiscal e monetária e do

mercado de trabalho, julgue os itens subsequentes.

O multiplicador keynesiano indica que, toda vez que ocorre aumento da demanda agregada autônoma, haverá aumento mais que proporcional na renda da economia. Considerando-se os componentes autônomos, é correto afirmar que o multiplicador dos tributos corresponde à equação

, em que Y é a renda total, T os tributos e c a propensão marginal a consumir.

Carregando...
Q283548

Julgue os próximos itens, relativos aos gastos públicos, ao déficit público, à tributação e à poupança.

A adoção de política fiscal direcionada para corte nos impostos tem efeito negativo sobre o produto porque reduz a renda disponível das famílias, conforme estabelece o efeito multiplicador do modelo keynesiano.

Carregando...
Q364545

Considere o seguinte modelo keynesiano simples com consumo,

investimento e governo em uma economia aberta.



Suponha que o governo aplique uma alíquota tributária sobre o

nível de renda de t=0,5, ou seja, 50% sobre a renda.

Assim, a propensão marginal a consumir e a renda de equilíbrio

do modelo serão, respectivamente, iguais a

Carregando...
Q415074

Com relação ao modelo keynesiano simples, analise as assertivas abaixo. I. Um aumento da propensão a consumir provoca uma elevação da renda de equilíbrio, mantidos os demais fatores constantes.
II. Um aumento no déficit público não alterará o nível de renda, mantidos os demais fatores constantes.
III. Um aumento do superávit na balança comercial, mantidos os demais fatores constantes, tem um efeito similar ao do aumento do investimento do ponto de vista de determinação da renda de equilíbrio.
É correto o que se afirma em

Carregando...
Q302825

De acordo com Lopes & Rosseti (2009), no modelo keynesiano tipo Hicks–Hansen, dada a existência de uma oferta flexível de fatores de produção, um aumento da oferta monetária sem alteração nas expectativas empresariais provoca:

Carregando...
Q278057

Assuma que o modelo keynesiano simples seja válido. A função consumo:
C=CO+ c(Y–T), em que CO é o consumo de subsistência (exógena), c é a propensão marginal a consumir, Y é a renda e T é o total de tributos arrecadados, cuja função é dada por:
T=tY, em que, t é a alíquota de impostos. A função gasto do governo é dada por:
G=GO ou seja, o gasto é exógeno. O investimento também é exógeno e dado por:
I=IO
Supondo que CO = 1, GO = 2, IO = 3, c= 0,5, t=0,2 O nível de renda de equilíbrio é igual a

Carregando...
Q302847

De acordo com Sachs & Larrain (2006), no modelo Keynesiano básico, quando a economia sofre o impacto de uma revolução tecnológica, qual dos efeitos abaixo se verifica sobre a Curva de Oferta Agregada?

Carregando...
Q200830

De acordo com o modelo Keynesiano:

Carregando...
Q8093

Um modelo keynesiano simples é representado pelas funções a seguir:

Imagem 017.jpg

G = T = 200

I = 150

Onde:

C = consumo das famílias

G = gastos do governo

T = tributação

Na renda de equilíbrio, é observada a ocorrência de um hiato deflacionário de 200 e consequente desemprego involuntário da mão de obra. Para que seja alcançada a renda de equilíbrio de pleno emprego nesse modelo, tudo o mais constante, o Governo deve manter a tributação em 200 e aumentar seus gastos para

Carregando...
Q344145

Sobre o signifi cado do “compromisso de classe”, “compromisso Keynesiano” ou “compromisso fordista”, no marco do Welfare State, nos países industrializados, assinale a opção incorreta.

Carregando...
Q34227

Segundo a formulação mais simples da teoria keynesiana da determinação da renda, é possível afirmar:

I. O consumo é uma função estável da renda.

II. Uma dada mudança num componente autônomo da demanda agregada provoca uma mudança ainda maior na renda de equilíbrio.

III. Política fiscal não afeta a renda de equilíbrio.

Sobre as afirmativas acima, verifica-se que

Carregando...
Q342432

Em um modelo keynesiano simples, são dadas as seguintes funções


Nesse modelo,

Carregando...
GABARITO:

  • 1) A
  • 2) Errado
  • 3) Errado
  • 4) Errado
  • 5) Errado
  • 6) E
  • 7) D
  • 8) D
  • 9) C
  • 10) D
  • 11) D
  • 12) B
  • 13) D
  • 14) A
  • 15) C
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 727 6282