Carregando...
Ir para o conteúdo principal

Questões de concursos

Confira várias questões de diferentes concursos públicos e responda as perguntas para testar o seu conhecimento.


Minhas questões:

Questões com:


Carregando...
Carregando...
Carregando...

Carregando...

Exibindo 1 a 15 de 34 questões.

Salvar em Meus Filtros Limpar filtro
Imprimir página - Exibindo 1 a 15
Questões por página:
Q738224

No mercado de trabalho, o individualismo e a competição ampliam uma das maiores dificuldades das instituições: o trabalho em equipe. As instituições de sucesso são aquelas que investem na capacitação de seus profissionais para a formação de equipes de trabalho. Acerca desse assunto, julgue o item subsequente.

A cooperação é uma das atitudes mais importantes para o trabalho em equipe.

Carregando...
Q674644

Thais explicou para sua amiga Juliana que a educação profissional e tecnológica é um nível de ensino que se articula com o ensino regular, visando à formação para o trabalho.

Essa explicação de Thais está:

Carregando...
Q728263

Leia as afirmativas a seguir e marque a opção INCORRETA:

Carregando...
Q753062

A indisciplina na escola e na sala de aula é fator de preocupação entre os educadores, entender suas causas e consequências é tema constante de estudos e reflexões. Leia as afirmativas quanto a indisciplina na sala de aula: I- Indisciplinado é aquele aluno que contesta o professor, que pergunta demais, que quer saber além do conteúdo proposto, pois assim atrapalha o raciocínio do professor. II- O trabalho para solucionar a indisciplina da sala de aula deve ser realizado pelo professor que se sente incomodado por ela; ser mais rígido e austero, baixar notas e aplicar provas resolve consideravelmente o problema. III- Tratar a indisciplina na sala de aula deve ser ação coletiva da escola como um todo, traçar metodologias assertivas, ouvir e compreender as necessidades dos alunos, aproximar a família do cotidiano escolar são bons exemplos de intervenções pedagógicas a serem realizadas. IV- É fundamental que professores e escola discutam as causas da indisciplina, as reais necessidades dos alunos e como aliar estas observações aos conhecimentos escolares. Garantir aos alunos espaço para reflexão e discussão, propor projetos alternativos e educativos possibilitam que o aluno se identifique com a escola e dê a ela importância necessária ao seu desenvolvimento. Assinale somente a alternativa que apresenta todas as respostas CORRETAS:

Carregando...
Q713460

Respeitadas as marcas singulares antropoculturais que as crianças de diferentes contextos adquirem, os objetivos da formação básica, definidos para a Educação Infantil, prolongam-se durante os anos iniciais do Ensino Fundamental, de tal modo que os aspectos físico, afetivo, psicológico, intelectual e social sejam priorizados na sua formação, complementando:

Carregando...
Q753245

Atenção: essa questão foi anulada pela banca organizadora, servindo apenas para consulta.

Segundo os PCN (1998),

A aprendizagem de Língua Estrangeira é uma possibilidade de aumentar a autopercepção do aluno como ser humano e como cidadão. Por esse motivo, ela deve centrar-se no engajamento discursivo do aprendiz, ou seja, em sua capacidade de se engajar e engajar outros no discurso de modo a poder agir no mundo social (BRASIL, 1998, p. 15).

O documento afirma que

A inclusão de uma área no currículo deve ser determinada, entre outros fatores, pela função que desempenha na sociedade. Em relação a uma língua estrangeira, isso requer uma reflexão sobre o seu uso efetivo pela população. No Brasil, tomando-se como exceção o caso do espanhol, principalmente nos contextos das fronteiras nacionais, e o de algumas línguas nos espaços das comunidades de imigrantes (polonês, alemão, italiano etc.) e de grupos nativos, somente uma pequena parcela da população tem a oportunidade de usar línguas estrangeiras como instrumento de comunicação oral, dentro ou fora do país (BRASIL, 1998, p. 20).

A BNCC (2017) menciona apenas da Língua Inglesa (LI) e afirma que

Aprender a língua inglesa propicia a criação de novas formas de engajamento e participação dos alunos em um mundo social cada vez mais globalizado e plural, em que as fronteiras entre países e interesses pessoais, locais, regionais, nacionais e transnacionais estão cada vez mais difusas e contraditórias. Assim, o estudo da língua inglesa pode possibilitar a todos o acesso aos saberes linguísticos necessários para engajamento e participação, contribuindo para o agenciamento crítico dos estudantes e para o exercício da cidadania ativa, além de ampliar as possibilidades de interação e mobilidade, abrindo novos percursos de construção de conhecimentos e de continuidade nos estudos. É esse caráter formativo que inscreve a aprendizagem de inglês em uma perspectiva de educação linguística, consciente e crítica, na qual as dimensões pedagógicas e políticas estão intrinsecamente ligadas (BRASIL, 2017, p. 230).

Leia atentamente as afirmações feitas abaixo.

I- OS PCN afirmam que aprender línguas significa aprender conhecimento e seu uso, pois, diferentemente do que ocorre em outras disciplinas do currículo, na aprendizagem de línguas o que se tem a aprender é também, imediatamente, o uso do conhecimento, ou seja, o que se aprende e o seu uso devem vir juntos no processo de ensinar e aprender línguas.

II- A BNCC esclarece que o status da LI como língua franca implica firmá-la em um modelo de falante universal e globalizado, ainda considerando a importância da cultura no ensino-aprendizagem da língua e buscando treinar o mais possível os aspectos relativos à proficiência linguística.

III- Para os PCN, o uso da linguagem (tanto verbal quanto visual) é essencialmente determinado pela sua natureza sociointeracional, pois quem a usa considera aquele a quem se dirige ou quem produziu um enunciado. Todo significado é dialógico, isto é, é construído pelos participantes do discurso. O sócio construtivismo, desenvolvido por Lev Vygotsky (1896 – 1934), abrange a interação do aluno com o meio, buscando utilizar sempre a experiência que o aluno possui sobre determinados assuntos. O professor deve ser o mediador, deve incorporar o aluno à realidade, desenvolvendo um jovem crítico e construtor de conhecimentos.

IV- Para o trabalho pedagógico, no eixo Oralidade – presente na BNCC -, cabe ressaltar que diferentes recursos midiáticos verbo-visuais constituem insumos autênticos e significativos, imprescindíveis para a instauração de práticas de uso/interação oral em sala de aula e de exploração de campos em que tais práticas possam ser trabalhadas. Já no eixo Leitura, menciona que a vivência em leitura a partir de práticas situadas, envolvendo o contato com gêneros escritos e multimodais variados, de importância para a vida escolar, social e cultural dos estudantes, bem como as perspectivas de análise e problematização a partir dessas leituras, corroboram para o desenvolvimento da leitura crítica e para a construção de um percurso criativo e autônomo de aprendizagem da língua.

V- As práticas leitoras em LI, segundo os PCN, compreendem possibilidades variadas de contextos de uso das Línguas Estrangeiras (LE) para pesquisa e ampliação de conhecimentos de temáticas significativas para os estudantes, com trabalhos de natureza interdisciplinar ou fruição linguística de gêneros como poemas, peças de teatro etc.

Assinale a alternativa verdadeira.

Carregando...
Q709324

Art. 36-B - A educação profissional técnica de nível médio será desenvolvida nas seguintes formas:

I. Articulada com o ensino médio.

II. Subsequente, em cursos destinados a quem ainda não tenha concluído o ensino médio.

III. Subsequente, em cursos destinados a quem já tenha concluído o ensino médio.

Em consonância com a Lei nº 9.394 de 1996, está correto o que se afirma em:

Carregando...
Q644311

"Saúde é o resultante das condições de alimentação, habitação, renda, meio ambiente, trabalho, transporte, emprego, lazer, liberdade, acesso e posse da terra e acesso aos serviços de saúde. É, assim, antes de tudo, o resultado das formas de organização social da produção, as quais podem gerar grandes desigualdades nos níveis de vida (MINAYO, 1992, p.10)." (PALMA, A. Atividade física, processo saúde-doença e condições socioeconômicas. Revista Paulista de Educação Física).

O trecho apresentado acima pertence ao relatório final de qual Conferência?

Carregando...
Q674647

2018_04_23_5ade1cd9d7058.png

A partir do texto, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.

I. As Escolas Estaduais do campo podem adotar a metodologia da Pedagogia da Alternância, nos anos finais do Ensino Fundamental, no Ensino Médio e na Modalidade de Jovens e Adultos.

PORQUE

II. A Educação do Campo, tratada como educação rural na legislação brasileira, incorpora os espaços da floresta, da pecuária, das minas e da agricultura, e se estende, também, aos espaços pesqueiros, caiçaras, ribeirinhos, quilombolas e extrativistas, entre outros.

A respeito dessas asserções, é CORRETO afirmar:

Carregando...
Q668493

A Educação Bilíngue parte do princípio que a Língua de Sinais deve ser ensinada como primeira língua para os surdos, pois é a sua língua natural, e as crianças surdas adquirem sua língua natural através de interações com a comunidade surda, assim como qualquer criança ouvinte adquire sua língua através de suas interações:

Carregando...
Q672747

São premissas da educação profissional definidas pelo Decreto-Lei n. 5.154/2004:

Carregando...
Q709265

Art. 36-B - A educação profissional técnica de nível médio será desenvolvida nas seguintes formas:

I. Articulada com o ensino médio.

II. Subsequente, em cursos destinados a quem ainda não tenha concluído o ensino médio.

III. Subsequente, em cursos destinados a quem já tenha concluído o ensino médio.

Em consonância com a Lei nº 9.394 de 1996, está correto o que se afirma em:

Carregando...
Q753281

Dizemos que a organização do espaço pedagógico na Educação Infantil é palco de intensas discussões e estudos entre profissionais da área. Leia as alternativas e marque ( V ) para as alternativas verdadeiras e ( F ) para as alternativas falsas: ( ) A preocupação com a organização do espaço deve se referir exclusivamente ao espaço da sala de aula. Torna-se desnecessária a preocupação por parte do professor com outros ambientes. ( ) É na Educação Infantil que as crianças internalizam o uso de regras, há um momento adequado para estudar ou brincar. A definição é dada pelo professor e a criança precisa compreender esta metodologia. ( ) Os alunos devem participar no momento de organização de jogos e brinquedos. Arrumar, separar e guardar é importante para o desenvolvimento do sentimento de pertencimento e autonomia bem como da ampliação do senso de organização do espaço. ( ) Jogos, brinquedos e materiais devem estar acessíveis às crianças, visto que ter autonomia na escolha e utilização amplia a responsabilidade delas com o cuidado e organização dos mesmos. A alternativa que contém a sequência CORRETA de cima para baixo:

Carregando...
Q758161

Considerando que, ao planejar um curso de formação continuada de docentes, a equipe pedagógica de uma instituição de ensino opte por adotar uma metodologia sob a perspectiva dialética, julgue o item subsequente.

De acordo com a metodologia sob a perspectiva dialética, o conhecimento é construído pelo sujeito na sua relação com os outros e com o mundo; assim, sob essa perspectiva, para que o conteúdo apresentado pelo professor se transforme em conhecimento do aluno, esse conteúdo deve ser trabalhado e reelaborado pelo educando.

Carregando...
Q660082

Ao adolescente empregado, aprendiz, em regime familiar de trabalho, aluno de escola técnica, assistido em entidade governamental ou não-governamental, é vedado trabalho:

I. Perigoso, insalubre ou penoso.

II. Realizado em horários e locais que não permitam a frequência à escola.

III. Noturno, realizado entre vinte e três horas de um dia e seis horas do dia seguinte.

De acordo com a Lei 8069/90, está correto o que se afirma

Carregando...
GABARITO:

  • 1) Certo
  • 5) C
  • 9) B
  • 13) D
  • 2) D
  • 6) Anulada
  • 10) A
  • 14) Certo
  • 3) B
  • 7) B
  • 11) B
  • 15) A
  • 4) A
  • 8) B
  • 12) B
  •  
© Aprova Concursos - Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 - Curitiba, PR - 0800 606 8889