O concurso público para vagas efetivas é sempre realizado por meio de provas ou de provas e títulos.

As provas de concursos estão cada vez mais contextualizadas e interdisciplinares

Existem vários tipos de provas:

  • Prova objetiva

Múltipla-escolha: o candidato seleciona a resposta de sua preferência entre as opções apresentadas. Atualmente, este é o formato de avaliação mais utilizado em concursos.

Para cada questão geralmente são apresentados 4 ou 5 itens correspondentes e o candidato deve assinalar a opção correta de acordo com o que é solicitado na questão.

  • Prova discursiva

Este tipo de prova tem o objetivo de avaliar o candidato quanto à sua capacidade de expressão na linguagem escrita e o correto uso da norma culta da Língua Portuguesa. O candidato deve responder ou discorrer, por meio de texto e de acordo com o seu entendimento, sobre a pergunta ou o tema proposto.  Geralmente o tema é relacionado a fatos recentes ou com a área de atuação correspondente ao cargo. O tipo de texto a ser utilizado, o limite de linhas, bem como os critérios de correção vêm descritos no edital ou na própria prova.

  • Prova oral

Na prova oral os examinadores podem realizar perguntas ou pedir ao candidato para falar sobre um determinado assunto. Geralmente ela é aplicada somente a quem é aprovado nas provas objetiva e discursiva, sendo que poucos concursos adotam esta modalidade.

  • Prova prática

Em geral as provas práticas são aplicadas após o resultado das provas objetivas e servem para determinar se o candidato possui as habilidades necessárias para assumir o cargo. Ex.: direção de veículos, digitação, exercícios físicos, preparo de merenda, operador de máquinas, entre outros.

Características das provas

Atualmente as questões propostas nos concursos estão cada vez mais contextualizadas e interdisciplinares, isto significa que o método da memorização já não é mais suficiente para realizar uma boa prova.

A capacidade de associar os conhecimentos de diferentes áreas, de estar bem informado sobre assuntos recentes, de saber interpretar e compreender problemas, de tomar decisões com firmeza, são apenas algumas das habilidades exigidas dos candidatos nos concursos.

Conhecer bem a área de atuação correspondente ao cargo pretendido também é fundamental. Há questões que avaliam como o candidato agiria em situações inerentes à área em que ele vai atuar no órgão.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *