No vídeo de hoje do programa “O que cai no Exame de Ordem”, o professor Antonio Kozikoski fala sobre as possíveis mudanças na forma como a prova é aplicada.

Diante das declarações do Presidente eleito, Jair Bolsonaro, o exame da OAB foi alvo de polêmicas. Segundo Bolsonaro, já que o aluno de Direito passa por cinco anos de formação acadêmica não haveria motivo para prestar o Exame de Ordem.

Mas, Kozikoski lembra que o Brasil é o país que mais tem instituições de ensino de Direito. São 1.571 credenciadas pelo MEC; somando, seriam mais do que todos os países do mundo juntos.

O professor comenta ainda que a FGV vai ser pressionada pela OAB para fazer uma prova de cunho crítico. Ou seja, a partir de 2019, os exames tendem a ser mais difíceis. Por isso, o nosso conselho é que você reforce os estudos e assista às videoaulas com atenção para garantir a aprovação o quanto antes!

Comece já a se preparar para o Exame de Ordem para garantir a sua aprovação na OAB.

 

Veja mais notícias e dicas de como estudar no blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

  Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *