Apesar de só ser obrigatório em 2016, organizadoras já podem cobrar o novo acordo ortográfico em suas provas

O novo acordo ortográfico que deveria ser obrigatório a partir de janeiro de 2013 foi adiado para 1º de janeiro de 2016 pelo governo federal. Até lá, a norma ortográfica atualmente em vigor e a nova norma estabelecida por meio do acordo serão aceitas.

Apesar do prazo maior para a adaptação, os concurseiros devem ficar atentos pois as organizadoras já podem cobrar o novo acordo nas provas realizadas. Mesmo sem a obrigatoriedade, os concursos públicos, vestibulares e exames de seleção já podem exigir dos candidatos o conhecimento da novo acordo.

E como saber qual das duas normas utilizar? Lendo o edital! Caso o edital seja claro ao afirmar que as questões da prova já terão como base o novo acordo ortográfico, o concurseiro precisa conhecer todas as alterações que foram aplicadas para não errar. Se não houver nenhuma informação, o que vale é o acordo ainda vigente.

Então não espere até 2016 para se adaptar. Comece a estudar já e esteja preparado para as duas normas.

 


Curso Nova Ortografia com professor Sérgio Nogueira


Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *