marcia_inss

Depois de fazer magistério, de ser funcionária no setor privado e de até ter montado um negócio próprio, Márcia Zgoda, 42 anos, buscou nos concursos públicos a oportunidade de ter estabilidade financeira.

Marcia nasceu em Curitiba-PR, mas se mudou cedo, ainda na década de 1970, para Rondônia. Foi lá que ela alimentou o sonho pelo magistério, profissão que exerceu por 7 anos, e que desistiu em função dos baixos salários.

Em seguida, ela também trabalhou em empresas privadas e depois conseguiu montar o próprio negócio: duas granjas de engorda de aves. As granjas funcionaram bem por quatro anos, até que foram atingidas por três enchentes em anos consecutivos.

Foi nesse momento que Márcia percebeu que prestar concursos públicos poderia ser uma ótima oportunidade! E, em 2011, ela fez o concurso do TRT RO. Márcia se surpreendeu em função do certame se limitar a cobrar apenas conceitos e definições sobre as disciplinas do edital e não apresentar questões baseadas em ‘situações-problemas’ onde o candidato deveria analisar e propor soluções.

Essa experiência a estimulou a continuar. “Fiquei mais confiante e comecei a me preparar para o INSS, que é onde trabalho hoje”, conta.

No total, ela já prestou cinco concursos, sendo dois para professora ainda na década de 1990, e, recentemente, mais três, um para TRT, outro para INSS, onde conquistou uma vaga, e para o TRE. Márcia foi aprovada no INSS estudando com o Aprova Concursos!

Veja também: 37 primeiros lugares no concurso do INSS são do Aprova Concursos

A preparação rumo à conquista da vaga

Márcia se preparou durantes seis meses para a prova do INSS. Ela conta que nos três primeiros deles, estudou obtendo informações somente pela internet.

Mas, depois, durantes os três meses que antecediam a prova, ela se preparou com um curso do Aprova Concursos! “Fiquei extremamente satisfeita com a qualidade das aulas, a facilidade de acesso e as dicas dos professores. Indiquei o site para diversos amigos.”

“Em meu estado, Rondônia, havia mais de 7.000 candidatos para 15 vagas, fiquei na terceira colocação, já estou em exercício desde 04.06.2012. Das 60 questões cobradas, apenas 01 não havia sido ‘esmiuçada’ no cursinho”, conta.

Próximos passos

Por estar lotada em uma cidade a 33 km de distância de onde mora, Márcia tem o desejo de ir para um órgão do judiciário.

Recentemente ela prestou concurso para o TRE RO e agora ela está se preparando para o TRT RO! “Ouvi rumores que teremos em Rondônia concurso para o TRT em 2015, então já adquiri um curso e estou assistindo as aulas, considerando que agora trabalhando tenho menos tempo para me preparar”, conta.

Mas, ela não para! Ainda faz Serviço Social e tem o interesse de começar a se preparar para um cargo de Auditor do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) ou da Receita Federal.

Márcia dá a dica de como passar!

Márcia dá três dicas de ouro para quem está fazendo concurso e quer conquistar uma vaga no setor público!

1ª      “O mais importante para realizar uma prova é estar seguro quanto ao conteúdo, ‘esgotar o edital’, ter certeza de que domina todo o assunto que será cobrado. No meu caso, é isso que me impede de ficar nervosa.”

2ª      “E o que faço de especial é diminuir o ritmo na semana da prova, me organizo para estar no local bem antes de abrir os portões, inclusive vou um dia antes ver o local para  não passar por nenhuma situação que me angustie e prejudique minha tranquilidade para a hora da prova.”

3ª      “Meu conselho é: FOCO, FOCO, FOCO e DISCIPLINA, DEDICAÇÃO e MUITO ESTUDO. Se você se propuser a fazer um concurso e ficar dando ‘escapadinhas’ só vai ser bom para os concorrentes.”

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *