Um novo concurso TJDFT – Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios está em pauta, com o objetivo de preencher vagas na área de apoio para técnicos e analistas.

TJDFT

Futuro concurso do TJDFT poderá oferecer mais de 400 vagas de níveis Médio e Superior

Então, para que você possa antecipar seus estudos, reunimos em um único post tudo o que já sabemos sobre a futura seleção.

O Aprova Concursos preparou um curso exclusivo para o concurso TJDFT. Nossas videoaulas estão em formato de plano de estudos, ou seja, elas já estão organizadas na ordem dos assuntos que mais tem chances de serem cobrados na prova! Então, é só dar o play e seguir a sequência do seu ambiente de estudos, assim, você não perde tempo! E, elas também são gravadas por assunto, com a duração ideal para que você consiga aprender sobre o tema proposto pelo professor, sem ficar cansativa!

Afinal, a sua preparação só precisa durar o tempo necessário para garantir a vaga dos seus sonhos. Com toda a certeza um dos nossos cursos irá aumentar muito as suas chances de conquistar uma das vagas no TJDFT, venha para o Aprova e descubra o segredo para ser aprovado!

Prepare-se para o concurso TJDFT

Para mais informações, ligue 0800 606 8889

Status do concurso TJDFT

No início do mês, ao reconhecer o grande déficit de servidores no TJDFT, o desembargador Romeu Gonzaga Neiva anunciou que um novo edital começaria a ser preparado.

A princípio, o órgão dispõe de 405 cargos vagos, sendo 219 de técnicos judiciários, que exige nível Médio de formação, e 186 de analistas judiciários, cujo requisito de escolaridade é o nível Superior.

Carreira no TJDFT

Baseando-se no último edital do tribunal, nós trouxemos abaixo algumas informações importantes sobre os cargos como quais são os requisitos exigidos para participação e quais são as atribuições de cada área.

Requisitos básicos para candidatura

– Ser aprovado no concurso público.
– Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado
pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos
políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal.
– Estar em gozo dos direitos políticos.
– Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
– Estar quite com as obrigações eleitorais.
– Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo.
– Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse.
– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
– Apresentar certidões dos setores de distribuição dos foros criminais dos lugares em que tenha residido
nos últimos cinco anos, das Justiças Federal e Estadual, expedidas, no máximo, há seis meses.
– Apresentar folha de antecedentes da Polícia Federal e da polícia dos estados onde tenha residido nos
últimos cinco anos, expedida, no máximo, há seis meses.
– Apresentar certidões ou declarações negativas dos entes públicos em que tenha trabalhado nos
últimos dez anos, constando a informação de que não foi demitido ou destituído a bem do serviço público.
– Apresentar certidões ou declarações negativas do conselho ou órgão profissional competente
constando a informação de que não foi excluído do exercício da profissão.
– Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse.

Requisitos específicos para participação

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ou diploma, devidamente registrado, de conclusão de qualquer curso de nível superior acrescido de curso
de pós-graduação em Ciência da Computação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição
reconhecida pelo MEC.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Biblioteconomia: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Biblioteconomia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional da categoria.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Psicologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional da categoria.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Suporte em Tecnologia da Informação: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de
Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, ou diploma, devidamente registrado, de conclusão de qualquer curso de nível superior acrescido de curso de pós-graduação na área de Tecnologia da Informação de, no mínimo 360 horas, fornecidos por instituição reconhecida pelo MEC.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Médica): diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em
Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no Conselho
Regional da categoria e certificado de Residência Médica em Clínica Médica, fornecido por instituição
reconhecida pelo MEC, ou título de especialista emitido pela Sociedade de Clínica Médica e Associação
Médica.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ginecologia-Obstetrícia): diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no Conselho
Regional da categoria e certificado de Residência Médica em Ginecologia-Obstetrícia, fornecido por
instituição reconhecida pelo MEC, ou título de especialista emitido pela Sociedade de Ginecologia-Obstetrícia e Associação Médica.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Neurologia): diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional da categoria e certificado de Residência Médica em Neurologia, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, ou título de especialista emitido pela Sociedade de Neurologia e Associação Médica.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Pediatria): diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional da categoria e certificado de Residência Médica em Pediatria, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, ou título de especialista emitido pela Sociedade de Pediatria e Associação Médica.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Psiquiatria): diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional da categoria e certificado de Residência Médica em Psiquiatria, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, ou título de especialista emitido pela Sociedade de Psiquiatria e Associação Médica.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia (Dentística): diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Odontologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no Conselho Regional da categoria e certificado de especialização em Dentística, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC.

Analista Judiciário – Área: Judiciária: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Analista Judiciário – Área: Judiciária – Especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Técnico Judiciário – Área: Administrativa: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) e de curso profissionalizante de Auxiliar de Enfermagem, expedidos por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional da categoria.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, acrescido de cursos de programação de sistemas, totalizando, no mínimo, 180 horas/aula.

Atribuições dos cargos

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas: desenvolver atividades de nível superior relacionadas com desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas informatizados.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Biblioteconomia: desenvolver atividades de nível superior referentes à coordenação, à supervisão, à programação ou à execução especializada de trabalhos de pesquisa, estudo, organização, registro e controle bibliográfico de documentos e informações, bem como à orientação e ao assessoramento de maneira geral ao usuário.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia: desenvolver atividades relacionadas à coordenação e à supervisão de ações que visem à promoção da saúde mental e ocupacional, bem como à formação de políticas de recursos humanos, de benefícios sociais e de desenvolvimento organizacional.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Suporte em Tecnologia da Informação: desenvolver atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, à organização, à coordenação, à supervisão, ao assessoramento, ao estudo e à pesquisa, que envolverá tarefas inerentes às seguintes áreas de atuação: tecnologias de rede, banco de dados, segurança da informação e microinformática.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Médica): desenvolver atividades de nível superior, referentes à supervisão, à coordenação e à execução de trabalhos, concernentes ao tratamento e(ou) à prevenção da saúde individual e coletiva dos magistrados, servidores e seus dependentes.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ginecologia-Obstetrícia): desenvolver atividades de nível superior, referentes à supervisão, à coordenação e à execução de trabalhos, concernentes ao tratamento e(ou) à prevenção da saúde individual e coletiva dos magistrados, servidores e seus dependentes.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Neurologia): desenvolver atividades de nível superior, referentes à supervisão, à coordenação e à execução de trabalhos, concernentes ao tratamento e(ou) à prevenção da saúde individual e coletiva dos magistrados, servidores e seus dependentes.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Pediatria): desenvolver atividades de nível superior, referentes à supervisão, à coordenação e à execução de trabalhos, concernentes ao tratamento e(ou) à prevenção da saúde individual e coletiva dos magistrados, servidores e seus dependentes.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Psiquiatria): desenvolver atividades de nível superior, referentes à supervisão, à coordenação e à execução de trabalhos, concernentes ao tratamento e(ou) à prevenção da saúde individual e coletiva dos magistrados, servidores e seus dependentes.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia (Dentística): desenvolver atividades de nível superior referentes ao diagnóstico e tratamento da boca, dentes e região maxilofacial, utilizando processos clínicos ou cirúrgicos, para promover a recuperação da saúde bucal em geral.

Analista Judiciário – Área: Judiciária: desenvolver atividades relacionadas ao suporte técnico às funções dos magistrados, à elaboração de relatórios, de pesquisas e de pareceres de natureza jurídica, preparo e execução de atos referentes a processos judiciais, bem como assessoramento às áreas jurídicas.

Analista Judiciário – Área: Judiciária – Especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal: desenvolver atividades que consistem na execução de citações, notificações, intimações, execuções de medidas preventivas e assecuratórias, penhoras, arrestos, sequestros, despejos, buscas e apreensões, avaliações de bens e valores, praça de bens imóveis, reintegrações e imissões de posse e demais diligências ordenadas pelo juízo e lavratura dos respectivos autos e certidões nos processos.

Técnico Judiciário – Área: Administrativa: desenvolver atividades que consistem na execução de tarefas relacionadas à redação de expedientes simples e(ou) padronizados, operação de microcomputador, atendimento ao público, ações relativas ao andamento dos processos judiciais e administrativos, bem como transportes de processos e documentos em geral.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem: desenvolver atividades de nível intermediário, de natureza pouco repetitiva, envolvendo trabalho de enfermagem em grau auxiliar, participação no planejamento da assistência aos enfermos, bem como atividades operacionais de apoio ao tratamento médico, cirúrgico e odontológico, sob supervisão superior.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas: desenvolver atividades de nível intermediário relacionadas à programação de sistemas informatizados.

Evolução Funcional no TJDFT

Conforme você pode perceber, na tabela abaixo, a remuneração inicial dos servidores é composta pelo vencimento básico, acrescido de Gratificação de Atividade Judiciária – GAJ. Sendo assim, o salário inicial para Analistas é de R$ 12.455,30. Já para os Técnicos, é de R$ 7.591,36.

Outro detalhe importante trazido pela imagem é a evolução funcional na carreira, que pode acontecer de acordo com as classes e padrões.

evolução-funcional-tjdft

Etapas de avaliação do concurso TJDFT

Já que o novo edital ainda não foi publicado, tomamos a liberdade de nos basear novamente na última publicação de concurso para informar sobre as etapas de avaliação.

No último concurso todos os candidatos foram avaliados mediante provas objetivas e discursivas:

tabela-provas-tjdft

As provas objetivas, tanto para os cargos de nível Superior quanto para os cargos de nível Médio, tiveram duração de 4h30.

O que estudar para o concurso do TJDFT 2022

Prova objetiva – Conhecimentos básicos

– Língua Portuguesa

– Noções de Informática (exceto para Analista Judiciário: Análise de Sistemas, Analista Judiciário: Suporte em Tecnologia da Informação e Técnico Judiciário: Programação de Sistemas)

– Noções de Língua Inglesa (somente para Analista Judiciário: Análise de Sistemas, Analista Judiciário: Suporte em Tecnologia da Informação e Técnico Judiciário: Programação de Sistemas)

– Ética no Serviço Público

Prova objetiva – Conhecimentos Específicos

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas

– Engenharia de Software

– Desenvolvimento de Sistemas

– Infraestrutura de TI

– Gestão e Governança de TI

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Biblioteconomia

– Biblioteconomia

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia

– Psicologia Organizacional

– Psicologia Forense

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Suporte em Tecnologia da Informação 

– Governança e Gestão de TI

– Gestão de Segurança da Informação

– Redes de Computadores

– Banco de Dados

– Sistemas de Computação

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Médica)

– Clínica Geral

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ginecologia-Obstetrícia) 

– Gineco-Obstetrícia

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Neurologia)

– Neurologia

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Pediatria)

– Pediatria

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Psiquiatria)

– Psiquiatria

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia (Dentística)

– Odontologia

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Judiciária

– Direito Constitucional

– Direito Administrativo

– Direito Civil

– Direito Processual Civil

– Direito Penal

– Direito Processual Penal

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Provimento Geral da Corregedoria Aplicados aos Juízes e Ofícios Judiciais

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Analista Judiciário – Área: Judiciária – Especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal

– Direito Constitucional

– Direito Administrativo

– Direito Civil

– Direito Processual Civil

– Direito Penal

– Direito Processual Penal

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Provimento Geral da Corregedoria Aplicados aos Juízes e Ofícios Judiciais

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Técnico Judiciário – Área: Administrativa

– Noções de Direito Constitucional

– Noções de Direito Administrativo

– Noções de Direito Civil

– Noções de Direito Processual Civil

– Noções de Direito Penal

– Noções de Direito Processual Penal

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Provimento Geral da Corregedoria Aplicados aos Juízes e Ofícios Judiciais

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem

– Técnico de Enfermagem

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas

– Programação de Sistemas

– Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

– Organização Judiciária do Distrito Federal e Territórios

Prova Discursiva

A prova discursiva consistiu em redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a
respeito de temas relacionados a conhecimentos específicos de cada cargo/área/especialidade/ramo.

Que tal então começar desde já a se preparar para a prova discursiva do próximo concurso TJDFT? Então assista a playlist abaixo e você certamente conhecerá todas as dicas para fazer uma redação digna de nota 10!

Como se preparar para o concurso do TJDFT

Estudar para um concurso público requer muito foco e dedicação. Além disso, é fundamental que você inicie a sua preparação o mais breve possível, até mesmo antes da publicação do edital. Para tanto, a nossa sugestão é de que você conte com o auxílio profissional de um cursinho para concurso.

banner-TJDFT

Isso porque, ao contar com a experiência de professores especialistas em aprovação, você terá acesso somente ao conteúdo que poderá ser cobrado na sua prova, sem perda de tempo.

Prova disso é que no curso online para concurso TJDFT 2022 você estudará de forma otimizada, com videoaulas de, no máximo, 30 minutos de duração, em uma metodologia em formato de plano de estudos, que facilita a assimilação dos conteúdos mais relevantes.

Para ter uma noção de como são nossas videoaulas, separamos uma série de playlists com várias delas de forma gratuita, que te ajudarão não apenas a conhecer a didática, mas acima de tudo, irão contribuir para sua preparação.

Playlist: Língua Portuguesa para Concursos

Língua Portuguesa, como você pôde conferir é uma das duas disciplinas de conhecimentos básicos comum em todos os cargos, por isso separamos uma playlist com videoaulas grátis que apresentam conteúdos que mais costumam cair, e que com certeza te ajudarão na preparação para o concurso TJDFT. Confira:

Playlist: Inglês Que Cai na Prova

Noções de Língua Inglesa é mais uma disciplina que provavelmente estará presente no conteúdo programático de conhecimentos básicos do próximo concurso TJDFT. Muito embora ela não seja comum a todos os cargos, terá questões cobradas nas avaliações da maioria deles. Que tal então uma playlist repleta de videoaulas que te mostram qual é o Inglês Que Cai na Prova? Aproveite!

Playlist: Direito Administrativo para Concursos

O Direito Administrativo fará parte do conteúdo programático para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, que tendem a ser os mais concorridos, por isso, preparamos uma playlist com videoaulas grátis apresentando assuntos que mais costumam cair nas provas. Assista:

Playlist: Direito Constitucional para Concursos

O Direito Constitucional faz parte do conteúdo programático de conhecimentos específicos para os mesmos cargos citados no Direito Administrativo, por isso, claro, também separamos uma série de videoaulas grátis com os assuntos que mais são cobrados nas provas, entre eles: Direito à Vida; Direito à Igualdade; Direito à Propriedade; Direito à Segurança; e Direito à Liberdade. Não deixe de dar o play!

Estude com questões

Outra vantagem é que, além das videoaulas integrantes do curso, ao comprar qualquer curso on-line pré-edital, você também ganha acesso ao Aprova Questões, uma plataforma repleta de questões não só do TJDFT como de milhares de outros órgãos.

Desta forma, combinando o método de videoaulas com a resolução de questões, sua preparação fica ainda mais poderosa.

Confira, no link abaixo, as questões já aplicadas nos concursos do TJDFT.

Questões anteriores do TJDFT

Resumo do concurso TJDFT 2022

  • Banca: a definir
  • Cargos: Analistas Judiciários e Técnicos Judiciários
  • Níveis: Médio e Superior
  • Vagas: 405
  • Remuneração: até R$ 12,4 mil
  • Situação: Aguardando autorização

Último concurso TJDFT

Sob organização do Cespe/Cebraspe, o último concurso do TJDFT aconteceu em 2015. Na época, foram ofertadas 80 vagas + CR para as funções de Analista e Técnico Judiciário.

O total foi de 71.831 inscritos, o que gerou uma concorrência de, aproximadamente, 898 candidatos por vaga.

Sobre o TJDFT

Órgão integrante do Poder Judiciário Federal, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios é um tribunal único. Conforme estabelecido na Constituição Federal de 1988, em seu art. 21, XIII, compete à União, organizar e manter o Poder Judiciário do Distrito Federal e dos Territórios. Ou seja, o TJDFT possui um aspecto exclusivo em relação aos demais tribunais que compõem a Justiça Estadual: o seu orçamento é oriundo da União, o que o torna um órgão federal com jurisdição local.

Missão

Garantir os direitos do cidadão e a paz social por meio da solução célere, transparente e ética dos conflitos.

Visão

Ser modelo de excelência na prestação jurisdicional, para transformar e pacificar a sociedade.

Valores

Ética; integridade; acolhimento; governança; inovação; efetividade; comunicação; fortalecimento da imagem do Judiciário; equidade; inclusão da diversidade; sustentabilidade; transparência. 

Dicas para começar a estudar do zero

Você está começando agora sua trajetória no mundo dos concursos públicos? Então, não perca a chance de iniciar com o pé direito, confira nossas dicas sobre como começar a estudar para concurso do zero. Mesmo se você tem pouco tempo para se preparar, nós te ensinaremos a aproveitar seu tempo para conquistar uma vaga!

Concursos autorizados e previstos

Excelentes oportunidades serão ofertadas em breve para todos os níveis de escolaridade nos concursos autorizados e previstos de todo o Brasil. Há previsão que mais de que milhares de vagas sejam abertas nos principais concursos. Acesse  o link acima, confira e antecipe sua preparação!

Outra boa alternativa para quem busca uma vaga nos concursos públicos federais, é o concurso da ANEEL, que pode ofertar 179 vagas de níveis Médio e Superior e também o concurso do ICMBio, que poderá ofertar até mil vagas. Já quem busca uma oportunidade nos tribunais, pode contar com a seleção para o TJ SP. E quem sonha em seguir carreira como Defensor, em breve deve sair um novo edital da DPE MT.

Concursos abertos e editais publicados

Veja os destaques dos concursos abertos e editais publicados e prepare-se com o Aprova Concursos! Há milhares de oportunidades abertas em diversas em Prefeituras, Tribunais, Polícias (Militar e Civil), e muito mais!

Material gratuito para concursos públicos

A fim de ajudar na sua preparação montamos diversos materiais gratuitos com os temas mais cobrados nas provas de concurso público, Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Exame do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e muitos outros materiais grátis! Dessa maneira, acesse o link acima e baixe o conteúdo gratuito agora mesmo.

Prepare-se com o Aprova Concursos

Primeiramente, você ainda não possui nível superior? Aproveite, veja uma lista e escolha seu curso superior ead para ficar bem preparado e conquistar uma excelente vaga nos próximos concursos públicos! Os cursos de pedagogia e serviço social são boas opções para quem está em dúvida e deseja seguir uma carreira de sucesso.

Portanto, como você não tem muito tempo, precisa deixar as apostilas de lado e aprender com videoaulas. No Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Assim sendo, você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar ainda mais perto da aprovação.

Por fim, é importante ressaltar que cada preparatório é específico para o certame e também para o cargo do seu interesse, como o curso OAB. Confira nosso curso para concurso!

Leia mais notícias

Inscreva-se no Youtube

Curta no Facebook

Siga no Instagram

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *