Primeiramente, o concurso SEED PR, abriu 4.000 vagas temporárias de nível superior para professores em diversas áreas. É importante ressaltar que as inscrições serão agora em novembro e a prova está prevista o mês de dezembro.

Inegavelmente, é só aqui no Aprova Concursos que você encontra dicas e conteúdos fundamentais para aumentar suas chances de conquistar uma das vagas no concurso da Secretaria de Educação e do Esporte do Paraná. Confira!

PREPARE-SE PARA O CONCURSO SEED PR

Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 606 8889

SOBRE O CONCURSO SEED PR

A princípio, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte do Paraná (Seed-PR) abriu 4 mil vagas temporárias no Processo Seletivo Simplificado (PSS), que vai selecionar professores e professores pedagogos temporários para ministrarem aulas em 2021.

Assim sendo, a novidade deste ano é que será aplicada uma prova de conhecimento da área em que o professor se inscreveu e em que pretende dar aula. E ainda, como parte do processo seletivo continuará a ocorrer a prova de títulos e o tempo de serviço – mesmos critérios utilizados em anos anteriores. Porém, não haverá a prova de redação e banca, como planejado anteriormente.

INSCRIÇÕES NO CONCURSO SEED PR

Dessa maneira, o período de inscrições inicia às 10h do dia 6 11 de novembro e vai até 18h do dia 23/11/2020 (horário oficial de Brasília/DF) no site http://www.cebraspe.org.br/concursos/seed_pr_20_professor. As taxas custam R$ 60,00 (para uma disciplina) a R$ 105,00 (para duas disciplinas).

Por outro lado, haverá possibilidade de isenção para inscritos no CadÚnico (beneficiados por programas sociais do governo), doadores de sangue e de medula óssea, além de prestadores de serviço da Justiça Eleitoral (como mesários, por exemplo). O prazo de solicitação da taxa de isenção vai das 10h do dia 03 às 18h do dia 06 de novembro.

E ainda, para facilitar o processo de inscrições, o candidato deverá cadastrar seus documentos em ambiente virtual, que vai permitir anexar os títulos que podem representar até 40 pontos do processo de seleção. Serão aceitos diplomas de pós-graduação, especialização, mestrado ou doutorado. A prova de títulos compreende também o tempo de serviço – cada ano de magistério conta 3 pontos, com máximo de 21 pontos (dentro dos 40 totais).

É importante ressaltar que cada candidato pode se inscrever em apenas um Núcleo Regional de Educação (NRE), podendo optar por até dois municípios do núcleo. E, na sequência, poderá escolher uma ou duas funções, disciplinas, áreas do conhecimento ou eixos da educação profissional.

Por fim, o processo seletivo terá validade até 31 de dezembro de 2021, prorrogável por mais um ano.

Clique aqui para ver a íntegra do edital.

CARGOS DO CONCURSO SEED PR

A seguir, confira as vagas e características da função:

seed pr concurso vagas

Distribuição das vagas

  • Grupo 1: Professor das disciplinas dos anos finais do ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos, nas disciplinas de: arte; biologia; ciências; educação física; filosofia; física; geografia; história; língua estrangeira inglês; língua portuguesa; matemática; química e sociologia;
  • Grupo 2: Professor de educação especial, na disciplina de libras;
  • Grupo 3: Professor para atividades de ampliação de jornada escolar: artes visuais, música e teatro, na disciplina de arte;
  • Grupo 4: Professor para atividades de ampliação de jornada escolar: esportes, jogos e lutas, na disciplina de educação física;
  • Grupo 5: Professor para atividades de ampliação de jornada escolar: dança, na disciplina de educação física;
  • Grupo 6: Professor das disciplinas para educação em tempo integral – ETI, nas disciplinas de: arte; biologia; ciências; educação física; filosofia; física; geografia; história; língua estrangeira espanhol; língua estrangeira inglês; língua portuguesa; matemática; química e sociologia;
  • Grupo 7: Professor pedagogo em educação em tempo integral em turno único – ETI;
  • Grupo 8: Professor pedagogo;
  • Grupo 9: Professor pedagogo – educação do campo;
  • Grupo 10: Professor pedagogo – escolas itinerantes e assentamentos;
  • Grupo 11: Professor pedagogo – ilhas do litoral;
  • Grupo 12: Professor da formação de docentes;
  • Grupo 13: Professor da educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental e da EJA – fase I nas escolas itinerantes;
  • Grupo 14: Professor do ensino fundamental EJA – fase I em colégios de aplicação, na área de professor pedagogo;
  • Grupo 15: Professor das áreas do conhecimento dos anos finais do ensino fundamental, médio e EJA em escolas de assentamentos e itinerantes, nas disciplinas de: ciências; matemática; biologia; história; sociologia; educação física; arte e língua portuguesa:
  • Grupo 16: Professor das áreas do conhecimento dos anos finais do ensino fundamental, médio e EJA em escolas das ilhas, nas disciplinas de: ciências; matemática; história; sociologia; educação física; arte e língua portuguesa;
  • Grupo 17: Professor das disciplinas da educação básica – educação do campo, nas disciplinas de: arte; biologia; ciências; educação física; filosofia; física; geografia; história; língua estrangeira espanhol; língua estrangeira inglês; língua portuguesa; matemática; química e sociologia;
  • Grupo 18: Sala de recursos multifuncional altas habilidades/ superdotação: professor da educação especial. Sala de recursos deficiência intelectual/ deficiência física neuromotora/ transtornos globais do desenvolvimento/ transtornos funcionais específicos: professor de educação especial. Professor de apoio à comunicação alternativa – PAC. Professor de apoio educacional especializado – PAEE;
  • Grupo 19: Professor pedagogo e professor regente no centro de atendimento educacional especializado – CAEE: professor da educação especial;
  • Grupo 20: Professor das escolas estaduais especializadas na modalidade educação especial: professor da educação especial;
  • Grupo 21: Professor de sala de recursos multifuncionais da surdez: professor da educação especial;
  • Grupo 22: Professor das disciplinas da educação básica em colégios/ escolas bilíngues para surdos, anos finais do ensino fundamental e ensino médio, nas disciplinas de: arte; biologia; ciências; educação física; filosofia; física; geografia; história; língua estrangeira espanhol; língua estrangeira inglês; língua portuguesa; matemática; química e sociologia;
  • Grupo 23: Professor em colégios/ escolas bilíngues para surdos – professor educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental: professor da educação especial;
  • Grupo 24: Professor pedagogo em colégios/ escolas bilíngues para surdos: professor da educação especial;
  • Grupo 25: Professor surdo para sala de recursos multifuncionais da surdez, e colégios/ escolas bilíngues para surdos nas disciplinas da parte diversificada: professor da educação especial;
  • Grupo 26: Professor das áreas do conhecimento de atendimento pedagógico do sareh, nas disciplinas de: língua portuguesa e matemática;
  • Grupo 27: Professor de sala de recursos multifuncionais da área visual: professor da educação especial;
  • Grupo 28: Professor de centro de atendimento educacional especializado surdocegueira – CAE; guia-interprete: professor da educação especial;
  • Grupo 29: Professor das áreas do conhecimento do ensino médio em casa familiar rural, nas disciplinas de: biologia, história, língua portuguesa e matemática;
  • Grupo 30: Professor dos cursos técnicos: eixos técnicos, área universal e estágio de enfermagem;
  • Grupo 31: Educação escolar indígena – professor das disciplinas da educação básica, nas disciplinas de: arte; biologia; ciências; educação física; filosofia; física; geografia; história; língua estrangeira moderna – espanhol; língua estrangeira moderna – inglês; língua portuguesa; matemática; química e sociologia;
  • Grupo 32: Educação profissional – curso de formação de docentes para as comunidades indígenas: professor pedagogo;
  • Grupo 33: Professor as disciplinas da educação básica – educação escolar quilombola, nas disciplinas de: arte; biologia; ciências; educação física; filosofia; física; geografia; história; língua estrangeira espanhol; língua estrangeira inglês; língua portuguesa; matemática; química e sociologia;
  • Grupo 34: Professor pedagogo em educação escolar quilombola;
  • Grupo 35: Professor pedagogo em educação escolar indígena;
  • Grupo 36: Professor de ensino religioso educação escolar indígena, nas disciplinas de: filosofia, história, sociologia, geografia e pedagogia;
  • Grupo 37: Professor de ensino religioso educação escolar quilombola, nas áreas de: filosofia, história, sociologia, geografia e pedagogia;
  • Grupo 39: Atividades de ampliação de jornada escolar: programação.

 

Mais informações sobre requisitos podem ser encontradas no Anexo I do edital (a partir da página 35).

Atribuições do Professor

  • Elaborar e implementar o Plano de Aula em consonância com os documentos curriculares vigentes, durante a hora-atividade, em conjunto com a equipe pedagógica;
  • Replanejar aulas a partir das observações de sala de aula e dos feedbacks formativos realizados pela equipe pedagógica;
  • Analisar, em conjunto com a equipe pedagógica, os resultados de aprendizagem dos estudantes e elaborar propostas de intervenções de superação das dificuldades evidenciadas; acompanhar e apoiar a aprendizagem dos estudantes;
  • Utilizar metodologias ativas e tecnologias educacionais para o desenvolvimento das habilidades e competências;
  • Ministrar aulas de forma síncrona e assíncrona, utilizando ferramentas de colaboração, comunicação e gerenciamento de salas virtuais; viabilizar estratégias de ensino que considerem as características do desenvolvimento e da idade dos estudantes, contribuindo para uma aprendizagem significativa;
  • Estruturar situações de aprendizagem desafiadoras, considerando o interesse dos estudantes e mobilizando-os para o desenvolvimento das competências gerais da educação básica;
  • Adotar uma postura reflexiva e crítica, orientando os estudantes a formular e expressar as suas compreensões sobre temas, conceitos e situações;
  • Expressar-se verbalmente de maneira objetiva e compreensível, com dicção clara;
  • Atuar profissionalmente no seu ambiente institucional observando, conhecendo e respeitando as normas vigentes;
  • Ministrar as aulas e cumprir as horas-atividade estabelecidas, com acompanhamento da equipe pedagógica e com foco no desenvolvimento das habilidades e competências, de acordo com o documento curricular orientador da etapa de ensino, devendo ocorrer o mesmo com o Coordenador de Curso, quando for o caso;
  • Participar da elaboração do Projeto Político-Pedagógico – PPP e da Proposta Pedagógica Curricular – PPC da escola, considerando os documentos curriculares vigentes;
  • Cumprir os dias letivos previstos no calendário escolar bem como comparecer a todas as atividades quando convocado pela equipe diretiva e/ou quando determinado pela SEED;
  • Participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;
  • Colaborar com as atividades de articulação com as famílias e a comunidade; realizar a avaliação da aprendizagem, por meio de instrumentos diversificados, contemplando diferentes linguagens, bem como redirecionar sua prática pedagógica;
  • Estabelecer e implementar estratégias de recuperação com a retomada dos conhecimentos e a reavaliação;
  • Preencher o Registro de Classe Online e/ou Físico em consonância com a prática docente observando as legislações vigentes;
  • Organizar os dados da aprendizagem para a participação nos Pré-Conselhos e Conselhos de Classe, realizando os registros necessários; acompanhar a frequência escolar dos estudantes, comunicando a equipe gestora os casos de infrequência;
  • Obedecer aos preceitos vigentes na Constituição Federal, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no Estatuto da Criança e do Adolescente e na Legislação Estadual;
  • Intervir para que os estudantes possam superar as dificuldades de aprendizagem, independentemente do período avaliativo;
  • Promover a gestão de sala de aula, pautada no cuidado com as relações interpessoais, na organização do coletivo dos estudantes e na transposição didática dos conhecimentos e saberes para o desenvolvimento das competências específicas;
  • Promover a construção de estratégias pedagógicas de superação de todas as formas de discriminação, preconceito e exclusão social e de ampliação do compromisso ético-político com todas as categorias e classes sociais.

 

Professor Bilíngue Libras-Língua Portuguesa, Professor de Atendimento Pedagógico Domiciliar do Serviço de Atendimento à Rede de Escolarização Hospitalar – SAREH e Professor Guia-Intérprete, além das atribuições descritas acima, deverão seguir orientação própria determinada pelo Departamento de Educação Especial – DEE/SEED. Ministrar aulas na sala de recursos multifuncional, no Serviço de Atendimento à Rede de Proteção de Escolarização Hospital – SAREH e demais programas da Educação Especial, seguindo o Projeto Político-Pedagógico da escola e demais legislações vigentes.

Atribuições do Professor Pedagogo

  • Analisar, em conjunto com o professor, os resultados de aprendizagem dos estudantes e apoiar na elaboração de propostas de intervenções de superação das dificuldades apontadas;
  • Analisar o plano de aula do professor para orientação, sugestão, escuta e consequente devolutiva formativa;
  • Acompanhar o professor na elaboração do Plano de Aula em consonância com a PPC durante a hora-atividade;
  • Realizar observações de sala de aula, planejadas junto com o professor, elaborando de forma dialógica os feedbacks formativos; instigar e apoiar o professor na aplicação de metodologias ativas e tecnologias educacionais, visando ao desenvolvimento das habilidades e competências;
  • Instigar e apoiar o professor a ministrar aulas de forma síncrona e assíncrona, utilizando ferramentas de colaboração, comunicação e gerenciamento de salas virtuais;
  • Sugerir ao professor estratégias de ensino que considerem as características do desenvolvimento e da idade dos estudantes, propondo situações de aprendizagem desafiadoras, considerando o interesse dos estudantes e mobilizando-os para o desenvolvimento das competências gerais da educação básica, para que ocorra a aprendizagem significativa;
  • Organizar e aplicar os períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional, mediando os grupos de estudos e planejamento entre professores da escola, bem como grupos de estudos entre professores da instituição e professores de outra instituição de ensino, realizados nas horas-atividade;
  • Acompanhar a assiduidade dos estudantes, visando à melhoria dos índices de frequência;
  • Seguir e apoiar o processo de ensino-aprendizagem, articulando informações e decisões entre professores, estudantes e famílias;
  • Acompanhar o cumprimento das horas-atividade estabelecidas, apoiando o professor na organização e planejamento docente, de acordo com o documento curricular orientador;
  • Fiscalizar a efetivação das aulas no cotidiano para cumprimento do calendário escolar;
  • Coordenar a elaboração coletiva do Projeto Político-Pedagógico – PPP e da Proposta Pedagógica Curricular – PPC da escola, bem como acompanhar a sua efetivação, considerando os documentos curriculares vigentes;
  • Comparecer a todas as atividades quando convocado pela equipe diretiva e/ou determinação da SEED;
  • Participar das reuniões das instâncias colegiadas e articular as reuniões de pais;
  • Participar de formação continuada e grupos de estudos;
  • Colaborar com as atividades de articulação com as famílias e a comunidade;
  • Acompanhar o processo avaliativo, instigando o uso de instrumentos diversificados e que contemplem diferentes linguagens, apoiando o professor no replanejamento de sua prática pedagógica;
  • Orientar e acompanhar os professores no preenchimento do Registro de Classe Online e/ou Físico e emitir parecer;
  • Organizar e conduzir os Pré-Conselhos, Conselhos de Classe e Pós-Conselho, realizando os registros e direcionamentos necessários;
  • Acompanhar, com os professores, a frequência escolar dos estudantes, informando os pais ou responsáveis nos casos de infrequência, tomando as medidas necessárias e registrando os casos no sistema SERP, bem como discutir o baixo rendimento escolar com base na
    execução da Proposta Pedagógica Curricular da escola;
  • Obedecer aos preceitos vigentes na Constituição Federal, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no Estatuto da Criança e do Adolescente e na Legislação Estadual; apoiar e subsidiar os professores a intervirem nos processos de ensino para que os estudantes possam superar as dificuldades de aprendizagem, independentemente do período avaliativo;
  • Instigar a promoção da gestão de sala de aula, pautada no cuidado com as relações interpessoais, na organização do coletivo dos estudantes e na transposição didática dos conhecimentos e saberes para o desenvolvimento das habilidades e competências;
  • Promover a construção de estratégias pedagógicas de superação de todas as formas de discriminação, preconceito e exclusão social e de ampliação do compromisso ético-político com todas as categorias e classes sociais;
  • Analisar os dados qualitativos e quantitativos das avaliações internas e externas correlacionando-os ao planejamento de ensino;
  • Articular o coletivo para a elaboração do calendário letivo; colaborar com as informações pedagógicas no processo de ensalamento das turmas; articular a definição e distribuição do horário semanal de aulas, disciplinas e hora-atividade, privilegiando os aspectos pedagógicos;
  • Identificar e acompanhar o processo de aprendizagem dos estudantes que recebem Atendimento Educacional Especializado – AEE;
  • Acompanhar e orientar os professores que atuam no AEE durante a hora-atividade;
  • Articular a prática pedagógica entre os professores do Ensino Fundamental e Médio e os professores que atuam na sala de recursos multifuncionais e demais programas da Educação Especial ofertados na escola.

 

Professor Pedagogo nas Escolas Especializadas e nos Centros de Atendimento Educacional Especializado, além das atribuições descritas acima, deverá seguir orientação própria determinada pelo Departamento de Educação Especial – DEE/SEED.

ETAPAS DO CONCURSO SEED PR

Ao propósito, na primeira fase todos os candidatos serão avaliados com provas objetivas no dia de 13 de dezembro de 2020,  no turno da tarde, e terão a composição e a duração estabelecidas no quadro abaixo, conforme situação de inscrição:

seed pr provas

Em resumo, as provas objetivas serão aplicadas simultaneamente nos municípios sede do Núcleo Regional de Educação (NRE), quais sejam: Apucarana, Assis Chateaubriand, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Cascavel, Cianorte, Curitiba, Dois Vizinhos, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Goioerê, Guarapuava, Ibaiti, Irati, Ivaiporã, Jacarezinho, Laranjeiras do Sul, Londrina, Maringá, Loanda, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco, Pitanga, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Toledo, Umuarama, União da Vitória e Wenceslau Braz. O candidato realizará as provas objetivas no município sede do Núcleo Regional de Educação (NRE) para o qual se inscreveu.

Dessa maneira, para todos os cargos serão cobrados conteúdos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) –  Art. 56, 232, 245 e 249; Conhecimentos Didáticos e os seguintes Conhecimentos Básicos de Língua Portuguesa:

  • Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados;
  • Domínio da ortografia oficial;
  • Classes de palavras;
  • Frase, oração e período;
  • O período e suas construções;
  • Emprego dos sinais de pontuação;
  • Concordância verbal e nominal;
  • Linguagem da internet.

 

Haverá ainda questões de Conhecimentos Específicos, de acordo com a área selecionada (ver a partir da página 104 do edital).

PREPARAÇÃO PARA CONCURSO SEED PR

Para conquistar uma das vagas você precisa de um curso para concurso de qualidade. E como esse é um concurso com excelente remuneração a concorrência tende a ser alta. Então, nada de esperar, comece a estudar agora mesmo!

PREPARE-SE PARA O CONCURSO SEED PR

Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 606 8889

E para te dar um gostinho do jeito Aprova de te preparar, separamos abaixo, uma videoaula sobre crase. A disciplina de língua portuguesa é cobrada neste certame para diversos cargos. Então, é só dar o play e aprender tudo sobre esse assunto com a professora Adriana Figueiredo:

RESPONDA QUESTÕES DE CONCURSOS ANTERIORES

Como já falamos anteriormente, você precisa testar seus conhecimentos com questões para poder resolver a prova com mais tranquilidade no tão sonhado dia do concurso. Para deixar o sua preparação ainda mais direcionada, veja mais de 400 questões de concursos anteriores aplicadas pelo Cebraspe para o cargo de Professor. Aproveite essa oportunidade para simular o dia da sua prova, assim, você vai deixar um pouco do nervosismo de lado e ficar mais perto da vaga dos seus sonhos.

Clique aqui e teste seus conhecimentos com questões de concursos 

MÚSICAS QUE PODEM AJUDAR NOS ESTUDOS

Com o intuito de ajudar ainda mais na sua preparação, criamos algumas playlists especiais. Músicas podem ser grandes aliadas na hora de se concentrar para estudar e também nos momentos em que você precisa movimentar o corpo no intervalo entre sessões de estudo. Pensando nisso, montamos algumas “Playlists do Aprova” para ajudar seja no aumento da motivação, sensação de bem estar, bom humor, criatividade, autoestima e combate ao estresse. Ouça:

SOBRE O CONCURSO SEED PR

  • Banca: Cebraspe
  • Cargo: Professor e Professor Pedagogo
  • Vagas: 4.000
  • Remuneração: R$ 11,23 a R$ 16,04, hora/aula
  • Nível: superior
  • Inscrições: 06 11 a 23/11/20
  • Prova: 13/12/20

 

PREPARE-SE COM O APROVA

Primeiramente, você ainda não possui nível superior? Aproveite e veja uma lista e escolha seu curso superior ead para ficar bem preparado e conquistar uma excelente vaga nos próximos concursos públicos! Os cursos de pedagogia e serviço social são boas opções para quem está em dúvida e deseja seguir uma carreira de sucesso.

Assim sendo, como você não tem muito tempo, precisa deixar as apostilas de lado e aprender com videoaulas. No Aprova, você tem acesso ao conteúdo que realmente será cobrado na prova dividido em videoaulas de 30 minutos.

Dessa maneira, você aprende o tema proposto pelo professor sem que o processo se torne cansativo. E ainda, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir a uma videoaula e ficar ainda mais perto da aprovação.

Por fim, é importante ressaltar que cada preparatório é específico para o certame e também para o cargo do seu interesse. Confira nosso curso para concurso!

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS NO BLOG

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E NOS SIGA NO INSTAGRAM

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *