Mais de 10 mil candidatos precisarão refazer a prova

Candidatos a três categorias do cargo de analista legislativo do concurso do Senado precisarão refazer a prova, aplicada neste domingo (11/03). Foram encontrados erros nos cadernos de provas das áreas de análise de sistemas, análise de suporte e enfermagem.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do concurso, informou em nota que o concurso foi anulado para estas três categorias após serem “detectadas inconsistências técnicas (insuficiência de cadernos de provas em algumas salas)”.

No total, 10.447 pessoas vão ter que fazer um novo exame. Os candidatos serão avisados por correspondências enviadas pelos Correrios sobre a nova data da prova.

A anulação foi anunciada após o registro de um boletim de ocorrência feito por cerca de 25 candidatos na 21ª Delegacia de Polícia de Brasília. De acordo com relatos dos candidatos, os cadernos de provas para o cargo de analista de suporte e analista de sistemas foram trocados em quatro salas da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas (Facitec), um dos locais de prova em Taguatinga, cidade-satélite de Brasília. O suposto erro foi constatado porque, segundo eles, assunto da redação não condizia com o programa de estudo previsto no edital.

Fonte: G1

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *