Edison não conseguia se concentrar de jeito nenhum. Tinha sempre dois ou três empregos e passava o dia indo de um para outro. Adorava trocar mensagens, e se acostumou a escrever recados curtos e constantes, às vezes para mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Apesar de ser um cara mais inteligente do que a média, sofria quando precisava ler um livro inteiro. Para completar, comia rápido e dormia pouco – e não conseguia se dedicar ao casamento conturbado, por falta de tempo. Se identificou? Claro, quem não tem esses problemas? Passar horas no twitter ou no celular, correr de um lado para o outro e ter pouco tempo disponível para tantas coisas que você tem que fazer são dramas que todo mundo enfrenta. Mas esse não é um mal do nosso tempo. O rapaz da história aí em cima era ninguém menos que Thomas Edison, o inventor da lâmpada. A década era a de 1870 e o aparelho que ele usava para mandar e receber mensagens, um telégrafo. O relato, que está em uma edição de 1910 do jornal New York Times, conta que quando Edison finalmente percebeu que seu problema era falta de concentração, parou tudo. Se fechou em seu escritório e se focou em um problema de cada vez. A partir daí, produziu e patenteou mais de 2 mil invenções. (fonte: Super Interessante)

Como muito bem aborda a reportagem da Super Interessante, “A luta humana pela concentração está longe de ser um problema moderno”.

Meme MoscaSabendo da importância da concentração para se obter melhores resultados nos estudos, selecionamos algumas dicas para você manter o foco no momento presente:

• Estabeleça prioridades.
• Organize-se.
• Não pense no que você poderia estar fazendo enquanto está estudando. Isso não irá ajudar em nada.
• Preste atenção ao conteúdo que você tem que estudar hoje. Esqueça o que vem pela frente.
• Ignore se no passado você teve dificuldades com a matéria.
• Para conquistar alguma coisa é preciso fazer algo simples, repetidas vezes. Isso se chama rotina.
• O resultado não vem de um dia para o outro. Aceite isso.
• Questione menos e pratique mais.
• Quando iniciamos uma atividade física, é necessário algum tempo para percebermos nosso corpo diferente. Mas, se simplesmente continuamos a praticar, as mudanças invariavelmente aparecem. É assim também com a preparação para concursos.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *