Se você quer conquistar a certificação Scrum, precisa saber tudo sobre o assunto, antes mesmo de fazer a sua inscrição. Por isso, neste post, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre essa certificação profissional. Então, antes de falar sobre os pré-requisitos, vamos explicar  que é essa certificação e quais são os tipos existentes no mercado. Acompanhe o texto até o final! E se ficar com dúvidas, confira o post sobre como escolher a certificação mais adequada.

O que é certificação Scrum?

Para começar, vamos explicar o que é essa certificação profissional. Sendo assim, de uma forma resumida podemos dizer que a certificação Scrum é o atestado de que os gestores de projetos têm conhecimento a respeito de determinada metodologia. Ela foi criada por Jeff Sutherland e Ken Schwaber de modo a fazer da gestão algo mais ágil, uma vez que nela estão inseridos uma série de princípios, conceitos e práticas que visam essa, anteriormente citada, agilidade nos processos da Tecnologia da Informação.

Esse certificado, que é emitido por uma instituição internacionalmente reconhecida e que requer passar por um exame específico para ser obtido, tem fundamental importância para aqueles que atuam na área de TI. Afinal, os profissionais que possuem essa certificação possuem mais chances de alcançar melhores oportunidades no mercado de trabalho. Pois, a grande maioria das empresas o colocam como pré-requisito ao oferecerem vagas na área.

E essas habilidades adquiridas ao obter um ou mais certificado Scrum não ficam restritas apenas ao território brasileiro. Muito pelo contrário! Afinal, os certificados têm padronização internacional, ou seja, caso você venha a postular uma vaga na área de TI no exterior, também poderá ter boa vantagem ao possuí-lo. Ou seja, mais um motivo para conquistar esta etapa profissional.

Quais são os pré-requisitos?

Essa certificação é destinada a profissionais que estão em posições de gestão, principalmente em projetos de TI e de desenvolvimento de software. Ou seja, é uma certificação para gestores de projetos. Porém, para tirar a certificação PSM I (já vamos explicar melhor sobre os tipos existentes) não é obrigatório fazer nenhum curso ou ter outras certificações. Também não é cobrado nenhuma graduação ou demais especialização. Na verdade, o único pré-requisito é ter conhecimento para passar no teste (confira aqui qual é o valor para tirar a certificação). Por isso, um preparatório para certificação Scrum pode ser uma boa opção para os candidatos. Assim, é possível saber mais sobre o estilo de cobrança do teste, ficar mais confiante e ser aprovado já na primeira tentativa.

Principais certificações Scrum

Como já falamos anteriormente, não há apenas um tipo de certificação. Por isso, é preciso que você conheça as principais para que possa saber um pouco mais sobre as suas respectivas provas. E também, saber qual delas escolher com base no seu conhecimento e objetivos de carreira. Dessa maneira, primeiramente, podemos dizer que existem algumas opções de certificadoras: Scrum.org, Scrum Alliance, PMI, Exin e Scrum Study. A seguir vamos explicar mais sobre as principais certificações de cada uma delas. Confira aqui as principais diferenças entre elas. Também fizemos um comparativo para te ajudar na sua escolha, veja o post completo.

PMI-ACP

A certificação Agile Certified Practitioner, conferida pelo Project Management Institute – PMI, é uma das mais criteriosas e difíceis de conseguir e, por isso, é consequentemente, uma das mais reconhecidas entre as certificações Scrum. Ela exige muitas horas de experiência em gestão de projetos e  pode ser renovada depois de um período de tempo.

Conheça os requisitos desta certificação:

  • Participar de um curso de, no mínimo 21h, sobre metodologias ágeis, o qual não precisa ser credenciado pelo PMI;
  • Comprovar 2.000h de experiência geral em projetos (caso, você seja certificado PMP, o PMI entende que você já cumpriu esse requisito);
  • Comprovar 1.500h de experiência em projetos utilizando metodologias ágeis nos últimos 3 anos;
  • Obter aprovação no exame específico para a certificação.

Para prestar o exame, é preciso pagar uma taxa no valor de U$495, e para renovar a certificação, após 3 anos, o valor é de U$150.

ASF PELO EXIN

Esta certificação, Agile Scrum Foundation do EXIN, é voltada para os profissionais que já participam de projetos na área e desejam testar seus conhecimentos sobre os princípios ágeis.

Se você trabalha com projetos de desenvolvimento de software ou gerenciamento de serviços de TI, a credibilidade da certificação será especialmente útil, afinal, o EXIN é uma instituição certificadora da área mundialmente reconhecida.

Neste caso, o processo de certificação é bem flexível, sendo obrigatório apenas um teste on-line monitorado por webcam.

O exame é composto por 40 perguntas, e para ser aprovado o candidato deve acertar pelo menos 26 delas. O valor da candidatura, que inclui somente o teste, é de U$232.

ASM PELO EXIN

Além da certificação ASF, o EXIN também oferece a Agile Scrum Master – ASM. Sendo uma certificação para gerente de projeto. Ela é ideal para quem está buscando uma certificação específica para evoluir.

Nessa certificação, como o conhecimento é mais aprofundado, é obrigatório realizar um curso credenciado antes do teste, seja ele on-line ou presencial. Assim como as outras opções de certificação do EXIN, o exame pode ser feito online e monitorado por webcam. O valor para realizá-lo é de U$268.

PSM I PELA SCRUM.ORG

Uma das mais famosas certificações Scrum, a Professional Scrum Master I é o primeiro nível de certificações concedidas pela Scrum.org, a instituição apoiada pelos criadores do framework, Ken Schwaber e Jeff Sutherland.

Para realizar o exame do PSM I recomenda-se que o candidato faça a leitura do Scrum Guide, pois o conhecimento avaliado na prova é baseado neste manual.

Segundo o site da organização, a prova busca verificar se o candidato consegue refletir e interpretar o Guia Scrum para aplicá-lo no dia a dia, bem como se ele tem as competências esperadas de um profissional Scrum. Para obter a aprovação, é necessário acertar pelo menos 85% da prova, o que equivale a 68 questões de 80. A taxa de participação custa U$150.

PSM II PELA SCRUM.ORG

O segundo nível da certificação PSM exige que os candidatos possuam um grau mais elevado de conhecimento. Além de conhecer o Scrum Guide de trás para frente, é necessário contar com uma experiência considerável no uso do Scrum para resolver problemas complexos e avançados. Por isso, a organização recomenda a realização de um treinamento especializado antes da prova.

Portanto, essa é uma opção interessante se você já trabalha como Scrum Master há pelo menos um ano, e deseja construir uma carreira na área. Para ser considerado aprovado, o candidato precisa atingir 85% de acertos. A taxa do exame, que inclui um curso de aprofundamento, fica em torno de R$2.000.

PSM III PELA SCRUM.ORG

O PSM III é o terceiro e último nível do programa de certificações PSM da Scrum.org. Assim como na certificação PSM II, a organização recomenda que o candidato participe de um treinamento especializado para poder fazer o teste, que é ainda mais complexo que o anterior. Apenas os profissionais que foram certificados como PSM I ou PSM II podem obter essa certificação.

Sendo assim, um profissional PSM III deve ter profundo conhecimento e experiência comprovados e estar preparado para lidar com qualquer tipo de problema no dia a dia de um Time Scrum, bem como atuar como mentor e treinar pessoas ou times que estão adotando o Scrum. Para comprovar estes conhecimentos, o candidato deve obter 85% de aproveitamento no teste, que é composto de 34 questões de múltipla escolha e uma redação, além de pagar uma taxa de U$500 para acessá-lo.

E vale lembrar que nenhuma das certificações da Scrum.org precisa ser renovada depois de um período. O que significa que uma vez que você obtenha determinada certificação (seja ela de nível I, II ou III), você a terá para sempre.

CSM PELA SCRUM ALLIANCE

A certificação Certified ScrumMaster – CSM da Scrum Alliance é uma das primeiras certificações Scrum. Nessa certificação, o foco está em entender o framework Scrum profundamente, os papéis, eventos e artefatos que o compõem.

Para obtê-la, é necessário comparecer a um curso presencial de 16h, credenciado pela Scrum Alliance, e ser aprovado no teste aplicado pela instituição, respondendo corretamente pelo menos 37 das 50 questões, em um tempo máximo de 60 minutos. O valor do curso já inclui o teste, e fica em torno de R$2.000.

O objetivo da certificação CSM é expandir as oportunidades de carreira e possibilitar a interação com outros profissionais da área, motivo pelo qual o curso presencial é obrigatório.

A-CSM PELA SCRUM ALLIANCE

O segundo passo na trilha de certificação da Scrum Alliance é a A-CSM, ou Advanced ScrumMaster. Assim como no nível anterior, a Scrum Alliance exige que o candidato participe de um curso credenciado para realizar o teste.

Além disso, são requisitos: contar com a certificação CSM e ter, ao menos, 12 meses de experiência como Scrum Master nos últimos 5 anos.

Como benefícios, a certificação possibilita ao profissional lidar com problemas na equipe, melhorar o diálogo entre o Time Scrum, o Product Owner e os stakeholders e aumentar o engajamento, como forma de encorajar a prestação de contas e o comprometimento com as atividades na equipe.

CSP-SM PELA SCRUM ALLIANCE

Depois de concluir a certificação A-CSM, você pode seguir para o nível mais avançado oferecido pela Scrum Alliance, que é o Certified Scrum Professional – ScrumMaster – CSP-SM. Com essa certificação, o candidato aprimora a maneira que aplica o Scrum no seu ambiente de trabalho, tem acesso a eventos exclusivos para CSPs e recebe uma assinatura premium para acessar a comunidade Comparative Agility.

Os requisitos para tornar-se um CSP-SM são: ser um profissional A-CSM, participar de um treinamento credenciado pela instituição e validar pelo menos 24 meses de experiência como Scrum Master nos últimos cinco anos.

E todas as certificações conferidas pela Scrum Alliance (CSM, A-CSM e CSP-SM) precisam ser renovadas a cada dois anos. Para isso, o certificado deve pagar uma taxa de U$100 e comprovar envolvimento com a comunidade ágil por meio de créditos chamados de SEU (Scrum Education Units). Os SEU equivalem a uma hora de aprendizado em Scrum, e podem ser obtidos de várias formas — lendo livros, blogs e artigos sobre o framework, assistindo a webinars, comparecendo a eventos Scrum, e assim por diante.

SFC PELA SCRUMSTUDY

A SCRUMStudy é uma organização que tem como objetivo difundir o conhecimento sobre o Scrum de maneira global, tanto é que distribui o Guia SBOK, um corpo de conhecimento em Scrum, gratuitamente através da internet, e em vários idiomas.

Além disso, a instituição oferece uma certificação gratuita para incentivar o estudo do framework, a SFC (Scrum Fundamentals Certified). Nessa certificação de base, o candidato tem acesso a aulas on-line para se preparar para o exame, que também não é cobrado, e pode aprender o básico. Para quem está começando a se familiarizar com esta metodologia ágil, a SFC é uma ótima oportunidade.

O teste, com duração máxima de 1h, é feito on-line e tem 40 questões de múltipla escolha, das quais pelo menos 30 precisam ser respondidas corretamente. Não há pré-requisitos para participar do processo.

SMC PELA SCRUMSTUDY

O Scrum Master Certified, que possui como público-alvo os interessados em se tornar Scrum Masters, é o nível mais avançado de certificados emitidos pela SCRUMStudy.

Não há pré-requisitos para se candidatar a essa certificação, embora a organização informe que é preferível que o profissional seja certificado como SDC (Scrum Developer Certified). Além disso, a SCRUMStudy sugere que os candidatos participem de um treinamento credenciado on-line para se preparar para o exame — aliás, quem participa do treinamento recebe um voucher para realizar o exame gratuitamente.

O exame do SMC tem o valor de U$450 (para quem não participa do treinamento credenciado) e é composto de 100 questões, sendo que o candidato tem 120 minutos para respondê-lo. A renovação da certificação deve ser feita a cada três anos

Preparatório para certificação Scrum

Como você já deve ter percebido até aqui, esse universo de certificação é bem extenso. Além disso, as provas contém muito conteúdo específico. Por isso, para acelerar as suas conquistas, é interessante se matricular em um curso para certificação Scrum. Assim, você vai aprender o conteúdo que realmente cairá na sua prova, além disso, vai revisar os assuntos e ficar mais bem preparado para o grande dia. Veja o post com o passo a passo do estudo até a prova.

E na hora de procurar um curso, é interessante optar por um preparatório para certificação Scrum que seja online. Assim, você pode conciliar melhor os seus estudos, com trabalho e demais responsabilidades diárias. Para te ajudar nessa caminhada, fizemos um post com dicas de como estudar para a prova. E já que estamos contando tudo sobre o assunto,  confira aqui como esta certificação pode alavancar a sua carreira.

 

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS NO BLOG

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E NOS SIGA NO INSTAGRAM

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *