O bacharel em direito Juliano Reis conseguiu a façanha almejada por muitos concurseiros, foi aprovado em um concurso federal! Ele tem apenas 30 anos, graduou-se em Direito na PUC-PR em 2005, e ao contrário da maioria dos estudantes do seu curso não tinha interesse em prestar concurso público. Leia a entrevista.

Com apenas 30 anos de idade, Juliano Reis foi aprovado no cargo de Procurador da Fazenda Nacional

Com apenas 30 anos de idade, Juliano Reis foi aprovado no cargo de Procurador da Fazenda Nacional

Aprova Concursos – Em qual concurso você foi aprovado?

Juliano Reis – Fui aprovado para o cargo de Procurador da Fazenda Nacional – AGU, é um cargo da Advocacia Geral da União, que também trabalha vinculado ao Ministério da Fazenda. É um concurso Federal, que tinha 70 vagas e foram 23 mil inscritos.

Aprova Concursos – Quanto tempo demorou da aprovação até a convocação?

Juliano Reis – Assumi agora em julho, o concurso durou mais ou menos um ano o edital do concurso foi público em maio de 2012 e o resultado final saiu em maio de 2013.

Aprova Concursos – Há quanto tempo estava se preparando para concursos?

Juliano Reis – Há dois anos e meio.

Aprova Concursos – Quando decidiu prestar concurso público?

Juliano Reis – Foi após uns cinco anos de advocacia, quando resolvi estudar, porque eu não estava satisfeito com meu trabalho. Como advogado poderia até ganhar mais, mas estava tendo uma qualidade de vida muito baixa, e pretendo ter tempo para a família, tirar férias sem me preocupar com o trabalho que ficou no escritório, e mesmo assim ser bem remunerado, e o cargo público me dá essas possibilidades.

Aprova Concursos – Quais concursos você prestou?

Juliano Reis – Fiz umas 20 provas, não sei, perdi as contas. Fiz para Juiz Estadual, Procurador do Estado, Juiz Federal, Procurador de Município. Ao todo foram provas em uns oito estados.

Aprova Concursos – Como você se preparou?

Juliano Reis – No primeiro ano fiz cursinho telepresencial, mas não sobrava tempo para estudar em casa, porque não deixei de trabalhar, continuava advogando. Depois passei a estudar em casa, usava os resumos que fiz durante o cursinho, também lia legislação e ficava atento aos informativos dos tribunais porque é importante estar atualizado.

Aprova Concursos – Quantas horas por dia você estudou?

Juliano Reis – Se fizer uma média, acho que dá umas 2 a 3 horas por dia, mas eu não tinha uma rotina fixa, pois estava trabalhando, às vezes tinha viagem a trabalho, alguns dias nem conseguia estudar, mas estudava sábado o dia todo, principalmente nas vésperas de concurso.

Aprova Concursos – Você foi aprovado em outros concursos?

Juliano Reis – Sim, fui aprovado para o cargo de Advogado da Caixa Econômica Federal, para procurador do município de Cascavel (PR), para procurador do município de São José dos Campos (SP), para advogado do BRDES. Também tiveram outros concursos maiores que passei na primeira fase como do Tribunal Regional Federal (TRF2 e TRF4) da Procuradoria Geral do Estado de Minas Gerais.

Aprova Concursos – Você pretende continuar estudando?

Juliano Reis – Ainda estou na dúvida. Assumi o cargo aqui em Guarapuava (PR) esta semana, tomei posse dia 8 de julho e fiquei duas semanas em treinamento em Brasília. Vou pensar melhor, a rotina de estudos é difícil, você tem que abrir mão de muita coisa. No início eu queria o cargo de Juiz Federal, mas hoje penso em fazer carreira como Procurador. Se for tentar será para o TRF terceira região ou TRF quarta região, fiz a segunda fase deste último, mas não passei na prova discursiva. Estudar é sacrificante.

Aprova Concursos – Você se mudou de cidade? Pretende voltar para Curitiba (PR)?

Juliano Reis – Assumi em Guarapuava, antes morava em Curitiba, para conseguir voltar para a capital demora uns 10 anos como Procurador da Fazenda Nacional.

Aprova Concursos – Você teria uma dica para quem está estudando?

Juliano Reis – Sim, eu me perdi quando comecei a fazer muitas provas de concurso, isso desvia o foco. É preciso fazer as provas para concurso similares, onde as matérias a serem estudadas sejam parecidas, é preciso ter paciência porque às vezes você estuda meses sem ter prova para os cargos que você tem interesse. Também tem que estudar um pouco de tudo, não adianta ser bom em apenas uma ou duas matérias.

Às vezes dá um desânimo, mas é preciso continuar estudando, só passa no concurso quem tem perseverança e não desiste só porque não alcançou o resultado pretendido em algum concurso.

Compartilhe sua conquista no Hall dos Aprovados

Inspire-se em quem conquistou uma vaga e venha comemorar com o Aprova Concursos o seu ingresso na carreira pública. Pessoas reais, com histórias de vida diferentes e um mesmo objetivo: ser aprovado em um concurso público. Conte você também a sua trajetória em nosso Hall dos Aprovados!

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *