Quando o autor é bom, ele merece ser “repetido”. Por isso, nesta edição, Guilherme Shibata traz novamente uma obra da escritora italiana Elena Ferrante.

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *