Olá, pessoal!!!

Conforme divulgado, todas as sextas, passarei por aqui para publicar o meu “Não Confunda”.

Inauguraremos hoje com as expressões “a fim de” e “afim”.

A fim de é uma locução com valor de finalidade, ou seja, é ela que aparece, frequentemente, nas provas, naquelas orações subordinadas adverbiais finais. Portanto, é sinônimo de “para”

Ex.: Estou estudando muito a fim de passar no concurso do INSS.

Note que a ideia aí de finalidade, meta, objetivo.

Já a palavra afim tem natureza adjetiva, transmitindo uma ideia de afinidade, semelhança, parentesco. Portanto, pode ser usada no plural, uma vez que irá concordar com o(s) substantivo(s) ao(s) qual(is) se refere.

Ex.: Português e Espanhol são línguas afins.

Cuidado: com natureza adverbial, escrevemos separado (a fim de); com natureza adjetiva, a grafia é afim (junto).

Por hoje, é só. Até a próxima sexta e, quaisquer sugestões, por favor, enviem.

Abraço,

Professora Ludmila Crusoé Mota

Especialista em Língua Portuguesa, pela UFMG

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *