Primeiramente, o concurso Senado deverá definir sua organizadora em breve! Em resumo, no último dia 18 de maio o órgão abriu prazo de oito dias para recebimento de propostas de bancas interessadas. Então, hoje é o último dia para entrega destes documentos, e segundo informações foram divulgadas pela Agência Senado, o presidente da comissão Roberci Ribeiro de Araújo acredita que a contratação se efetive até junho.

Inegavelmente, é só aqui no Aprova Concursos que você encontra dicas e conteúdos fundamentais para aumentar suas chances de conquistar uma das vagas no concurso do Senado Federal. Confira!

PREPARE-SE PARA O CONCURSO SENADO

Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 606 9080

SOBRE O CONCURSO SENADO

Antes de mais nada, confira o aviso de chamamento publicado pelo Senado no Diário Oficial da União:

concurso senado

Diário Oficial da União

Como resultado, as propostas serão aceitas até o dia de hoje, 27 de maio e após a definição da banca organizadora do concurso, que deve ocorrer em breve, o próximo passo será a assinatura do contrato para então ser publicado o aguardado edital do Senado Federal.

CONHEÇA OS CARGOS DO SENADO

A princípio, a oferta deverá ser de 40 vagas, sendo 24 para o nível médio na função de policial legislativo. As demais serão para nível superior, nas funções de advogado e de analista legislativo, nas especialidades de administração, arquivologia, assistência social, contabilidade, enfermagem, informática legislativa, processo legislativo, registro e redação parlamentar, engenharia do trabalho e engenharia eletrônica e telecomunicações. As remunerações devem ser de R$ 18,5 mil a R$ 35,1 mil.

Requisitos e atribuições do Policial Legislativo

A princípio, segundo o último edital, para este cargo era necessário que os candidatos possuíssem:

  • nacionalidade brasileira e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do §1º do art. 12 da Constituição da República Federativa do Brasil e na forma do disposto no art. 13 do Decreto 70.436, de 18 de abril de 1972;
  • diploma ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC;
  • idade mínima de 18 anos completos;
  • estar em gozo dos direitos políticos;
  • estar quite com as obrigações eleitorais e se do sexo masculino, também com as militares;
  • possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B” ou superior;
  • firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal.

 

Dessa maneira, entre as atribuições do Policia Legislativo, podemos destacar:

  • Policiamento diurno e noturno de todas as dependências do Senado Federal;
  • Fiscalização da entrada e saída de pessoas;
  • Assistência às autoridades do Senado Federal na realização de inquéritos ou investigações policiais;
  • Trabalho de segurança às personalidades brasileiras e estrangeiras, na área de jurisdição do policiamento do Senado Federal;
  • Executar outras tarefas correlatas.

 

Requisitos e atribuições do Analista Legislativo

Analista Legislativo (Área de Administração)

Primeiramente será necessário diploma de curso superior em qualquer área. Em resumo, o profissional fará a supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em graus de maior e mediana complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análises e projetos sobre administração em geral e organização e métodos.

Analista Legislativo (Área de Arquivologia)

Dessa forma será exigido curso de nível superior em Arquivologia. Como resultado o servidor fará o planejamento, supervisão, orientação, acompanhamento e execução especializada, em graus de maior ou menor complexidade, das atividades arquivísticas das funções administrativa e legislativa, e execução de outras atividades correlatas.

Analista Legislativo (Área de Assistência Social)

Por outro lado, para este cargo é preciso ter curso de nível superior em Serviço Social e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional. Em conclusão, o servidor fará a supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, referentes a trabalhos relacionados com o desenvolvimento, diagnóstico e tratamento da comunidade, em seus aspectos sociais.

Analista Legislativo (Área de Contabilidade)

Assim sendo, para este cargo será exigido curso de nível superior em Ciências Contábeis e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional. O profissional fará a supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos de administração financeira e patrimonial, contabilidade e auditoria, compreendendo análise e perícia contábeis.

Analista Legislativo (Área de Enfermagem)

Os candidatos devem ter nível superior em Enfermagem e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional. O servidor fará a supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos relativos à observação, ao cuidado, à educação sanitária dos doentes, gestantes e acidentados, ao cumprimento das prescrições médicas e aplicação de medidas destinadas à prevenção de doenças.

Analista Legislativo (Área de Processo Legislativo)

É necessário possuir diploma de nível superior em qualquer área. O servidor fará a supervisão, coordenação, orientação e execução de trabalhos legislativos; estudos e assistência técnica na formulação e análise de proposições e outros documentos parlamentares, bem assim de trabalhos de análise, pesquisa e recuperação da informação instrutiva do processo legislativo.

ETAPAS DO CONCURSO SENADO

Antes de mais nada, os candidatos deverão ser avaliados com provas escritas objetivas de múltipla escolha (todos os inscritos); provas escritas discursivas (todos os inscritos); prova de aptidão física, teste psicológico, investigação sócio-documental e curso de formação (cargo de Técnico Legislativo na especialidade de Policial Legislativo Federal).

Ao mesmo tempo, entre os temas cobrados, os candidatos deverão estudar conteúdos de Língua Portuguesa; Noções de Informática; Direito Constitucional e Administrativo; Administração e Políticas Públicas; Raciocínio Lógico e Língua Inglesa; Conhecimentos Gerais; Conhecimentos Específicos.

Do mesmo modo, as provas escritas discursivas, dependendo do cargo, poderão envolver dissertação, resumo, tradução (inglês para português; espanhol para português), parecer, discurso, questão dissertativa, redação ou questão discursiva.

ANTECIPE SEUS ESTUDOS PARA O CONCURSO SENADO

Preparamos uma videoaula especial com o Prof. Antonio Kozikoski com dicas para você se dar bem no concurso do Senado. Fique por dentro de tudo que pode aparecer na próxima prova do Senado, assista:

O QUE CAI NO CONCURSO SENADO FEDERAL?

Uma vez que o edital ainda não foi publicado, quem deseja se candidatar a uma vaga no concurso Senado Federal pode tomar como base o edital da última seleção para iniciar seus estudos.

Dessa forma, para Técnico Legislativo, a última prova contou com 70 questões objetivas. Elas foram divididas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos.

Além disso, todos os candidatos ao cargo foram submetidos a prova de redação e questão discursiva.

Já se o seu interesse é de nível Superior, é importante saber que a prova para Analista Legislativo contou com 80 questões objetivas, entre os conteúdos de Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais, Língua Inglesa e Conhecimentos Específicos.

A função também exigiu que os candidatos enfrentassem prova de redação e questão discursiva.

Clique aqui e leia mais!

TESTE SEUS CONHECIMENTOS PARA O CONCURSO SENADO

A fim de te deixar bem preparado para a prova do TCU, separamos mais de 80 questões exclusivas de concursos anteriores realizados pelo Senado. Você pode selecioná-las e montar seu próprio caderno de estudos. Clique no link abaixo e aproveite esta oportunidade:

Clique aqui e responda questões do Senado

Com o intuito de te deixar tranquilo para o dia da prova, selecionamos também 25 avaliações aplicadas em concursos realizados anteriormente para ingresso no Senado. É só clicar no link abaixo e ver o que poderá aparecer na prova do próximo concurso!

Acesse provas de concurso anteriores do Senado

ÚLTIMOS CONCURSOS DO SENADO

Em resumo, o último certame aconteceu em 2012 e foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A oferta era de 246 vagas divididas entre os cargos de Consultor Legislativo, Analista Legislativo e Técnico Legislativo. As oportunidades oferecidas eram nas áreas de Apoio Técnico ao Processo Legislativo; Apoio Técnico-Administrativo; Saúde e Assistência Social; Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico; Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico; Policial Legislativo; Controle Interno; Redação e Revisão de Textos Gráficos; Comunicação Social e Tecnologia da Informação.

Veja o resumo dos dois últimos concursos do Senado

CONCURSO 2012

  • EditalFGV
  • Vagas: 246
  • Salários: até R$ 23.826,57
  • Escolaridade: médio e superior
  • Cargos: técnico, policial, analista e consultor
  • Nomeados: 593

 

CONCURSO 2008

  • Edital: FGV
  • Vagas: 150
  • Escolaridade: médio e superior
  • Cargos: técnico e analista
  • Nomeados: 519

 

O QUE É O SENADO

O Poder Legislativo brasileiro é organizado na modalidade bicameral, ou seja, é constituído de duas câmaras: a dos Deputados e o Senado Federal. Juntas, as duas Casas compõem o Congresso Nacional e têm funções específicas que constam na Constituição Federal. A principal é a elaboração, o debate e a aprovação de leis.

O Senado é composto por 81 senadores: três para cada um dos 26 estados e para o Distrito Federal, em uma divisão igualitária. O mandato dos senadores tem duração de oito anos.  O órgão foi instituído pela Constituição do Império, outorgada em 1824.

Compete privativamente ao Senado Federal (art. 52 da Constituição Federal e Emendas Constitucionais nº 19/1998, 23/1999, nº 42/2003 e nº 45/2004):

– Processar e julgar o presidente e o vice-presidente da República, os ministros de Estado, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República e o advogado-geral da União nos crimes de responsabilidade;
– Aprovar, previamente, a indicação do presidente da República de magistrados, ministros do Tribunal de Contas da União, governador de território, presidente e diretores do Banco Central, procurador-geral da República, chefes de missão diplomática e titulares de outros cargos que a lei determinar;
– Autorizar operações externas de natureza financeira de interesse dos entes federados;
– Dispor sobre a regulamentação das agências executivas e reguladoras;
– Suspender a execução, no todo ou em parte, de lei declarada inconstitucional por decisão definitiva do Supremo Tribunal Federal (art. 52 da Constituição Federal e Emendas Constitucionais nº 19/1998 e nº 23/1999).

MÚSICAS QUE PODEM AJUDAR NOS ESTUDOS

Não apenas pensando em te ajudar com os estudos, além de você estudar com videoaula para concurso, separamos também músicas que podem ajudar. Você sabia que existem músicas que podem te auxiliar na concentração quando você está se preparando para um concurso? Com o intuito de te ajudar a se dar bem na próxima prova do Senado, preparamos uma playlist especial! Ouça:

Nesse meio tempo, saiba que é normal ficar tenso com a chegada da data da prova, mas quando você estiver tão perto do sonho de conquistar uma vaga na carreira pública não adianta ficar nervoso. O jeito é descansar para ir bem na hora de resolver sua prova. Por isso, confira mais uma de nossas playlists que traz músicas que te ajudarão a ter pensamento positivo para se se dar bem nos próximos desafios da vida de concurseiro ou concurseira. Ouça:

Em suma, você gostou das nossas playlists? Clique aqui e ouça outras opções que irão te ajudar a não perder a motivação, fazer atividades físicas, combater a depressão e muito mais!

SOBRE O CONCURSO SENADO

  • Banca: a definir
  • Cargo: diversos
  • Vagas: 40
  • Remuneração: até R$ 35,1 mil
  • Nível: médio e superior
  • Inscrições: em breve
  • Prova: em breve

VEJA MAIS NOTÍCIAS NO BLOG DO APROVA CONCURSOS

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

CURTA NO FACEBOOK A PÁGINA DO APROVA! SIGA TAMBÉM NOSSO PERFIL NO INSTAGRAM

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *