Inteligência Emocional é a capacidade de compreender e gerenciar os próprios sentimentos, assim como o sentimento dos outros. E essa característica é muito importante para você, que está se preparando para concursos públicos.

Daniel Goleman, um psicólogo e jornalista norte-americano, afirma que não existe correlação entre inteligência emocional e QI, pois eles são controlados por diferentes partes do cérebro. Se por um lado o QI não é capaz de mudar significativamente ao longo da vida, de outro a inteligência emocional pode evoluir.

Hábitos para desenvolver a inteligência emocional

A fim de  ajudar no desenvolvimento de sua inteligência emocional, confira 8 atitudes que certamente farão a diferença:

  • 1 – Preste atenção no seu corpo e comportamentos 

    Primeiramente, observe suas ações ao sentir determinadas emoções e como isso afeta sua vida. Depois de tomar consciência disto será mais fácil definir um caminho a ser seguido. Quanto ao lado físico do seu corpo, sensações e sentimentos como por exemplo calafrios, podem indicar que o momento necessita de mais atenção.

  • 2 – Diminua emoções negativas

    Com o intuito de desenvolver a inteligência emocional você deve evitar pensamentos negativos logo de cara. Mentalize as diversas opções que existem em uma situação, se necessário escreva seus pensamentos e sentimentos para ajudar a externalizar e compreender melhor suas emoções.

  • 3 – Combata o estresse e a ansiedade

    É normal enfrentar momentos estressantes ou se sentir ansioso por algum motivo. Mas é importante que você saiba lidar com estas situações para não sofrer muito. Além de manter a mente calma, sugerimos que você lave o rosto com água fria, tome um ar fresco, evite cafeína ou até mesmo faça exercícios físicos intensos para sentir-se melhor.

  • 4 – Não mude seus sentimentos rapidamente

    Como diz aquele velho ditado “a pressa é inimiga da perfeição”. Obter a inteligência emocional é um processo gradual, o tempo pode variar para cada pessoa. Não descarte seus sentimentos sem antes analisá-los com calma.

  • 5 – Responda no lugar de reagir

    O cérebro emocional responde aos acontecimentos de forma mais rápida do que o cérebro pensante. É importante se concentrar em suas ações e perceber a diferença entre o responder e reagir. O primeiro é um processo consciente, que envolve a percepção de como você se sente para decidir como se comportar. Já o segundo é um processo inconsciente, em que um gatilho emocional provoca uma emoção de maneira instantânea. Cuide para não se deixar reagir de maneira impulsiva e imediata.

  • 6 – Pratique a empatia

    É necessário entender o próximo, como ele se sente ou se comporta para poder se comunicar corretamente. Quando se sentir ou se comportar de certa maneira, se pergunte “Por que eu acho que estou me sentindo assim/fazendo isso?”. Preste atenção aos seus sentimentos e comportamentos para se tornar mais sensível e aberto.

  • 7. Crie um ambiente positivo

    Essa atitude não só melhorará sua qualidade de vida, mas poderá contagiar as pessoas ao seu redor. Perceba o que está indo bem, o porquê e onde você se sente agradecido em sua vida.

  • 8 – Conheça seus limites

    É importante que você defina seus limites adequadamente. Saiba dizer “não” sem se sentir culpado, estabeleça suas prioridades e se proteja da coação. A inteligência emocional envolve não só a capacidade de olhar para dentro, mas também de sentir-se presente no mundo ao seu redor.

Com informações do Hipercultura

Veja mais notícias no blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE O ENEM

Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

 

Publicado em 31/01/2020

Comente

3 respostas para “Inteligência emocional: saiba como desenvolvê-la!”

  1. Maria da conceição santos disse:

    Gostei muito da matéria. Realizei um concurso público e obtive considerável desempenho. Estudei através do matetial aqui adquirido. Meu reconhecimento a essa plataforma.

  2. Gislande Gomes disse:

    Esse artigo, é de grande relevância para auto ajuda. Parabéns…

  3. Rosana Lima disse:

    Material muito interessante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *