O ano de 2020 começou e você continua deixando tudo pra última hora? Saiba que a procrastinação não acontece só com você.

O ato que ganhou um nome na Roma antiga, mas também tem origem no grego clássico: a palavra ‘akrasia’, que significa agir contra nosso melhor julgamento.

Mas fique tranquilo, a procrastinação tem solução! É preciso deixar o relógio de lado e olhar para suas emoções.

Dicas para evitar a procrastinação

Segundo a Professora e Psicóloga Fushia Siroais da Universidade de Sheffield, no Reino Unido, que estuda o assunto há 18 anos nós procrastinamos por causa de sentimentos ruins.

Primeiramente, a professora explica que as pessoas tendem a procrastinar tarefas que consideram chatas, estressantes, que causam insegurança, frustração. A procrastinação se torna uma defesa, um jeito do subconsciente lidar com essas emoções.

A auto-sabotagem, sobretudo, acontece quando temos tudo pronto para iniciar uma tarefa de que não gostamos e colocamos outras coisas menos importantes na frente.

Acima de tudo a psicologia não encara a procrastinação como preguiça, a professora inglesa afirma que é quando você adia uma tarefa importante de forma intencional e desnecessária, inventando outras coisas para fazer.

O problema da procrastinação é que ela pode viciar, pois ao adiar uma tarefa para ter um alívio imediato, nos sentimos melhor e acabamos encarando esse ato como uma recompensa. O perigo é que isto se tornará um ciclo vicioso.

De acordo com outro especialista na área, o Professor Piers Steel da Universidade de Calgary no Canadá, as tarefas que as pessoas mais costumam procrastinar dependerá de cada pessoa.

Ele afirma que em geral as tarefas domésticas estão em primeiro lugar, seguidas por iniciativas para crescer no trabalho (fazer um curso ou pedir promoção).

Ao mesmo tempo, para o professor canadense um dos culpados pela procrastinação é o mundo moderno, que oferece muitas tentações para procrastinar. Ele afirma que quando entramos na internet tudo está pronto para nos atrair.

Assim sendo, não deixe que a procrastinação se torne crônica na sua vida, fazendo com que o adiamento de tarefas faça parte de sua rotina pessoal. É preciso entender a frequência desse ato e o prejuízo que ele poderá te causar.

Não deixe que a procrastinação vire rotina!

Saiba que quanto mais você procrastinar menos feliz, saudável e estável financeiramente você será. Não deixe que a procrastinação atrapalhe os seus objetivos de vida.

Um procrastinador crônico não se alimenta corretamente, dorme mal, não pratica atividades físicas. Ao juntar a procrastinação com estresse vários problemas de saúde podem surgir, como ansiedade, depressão, gripes e infecções.

A Professora e Psicóloga Karina Sampaio da Unicamp diz que a dica principal para combater a procrastinação é olhar para suas emoções e tentar descobrir que fatores te levam a adiar as tarefas.

É necessário que você entenda a si mesmo, sem se sentir culpado e peça ajuda se for preciso. Ficar se punindo pela procrastinação só agravará o ânimo negativo e você ficará preso neste ciclo vicioso.

Uma sugestão é que você pegue uma tarefa maior e divida em tarefas menores que podem ser feitas de imediato. Isto te ajudará a cumprir suas metas e encontrar motivação para continuar.

Com informações do Fantástico

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *