Olá pessoal, quando treinamos visando um concurso (um TAF), os treinos devem respeitar alguns princípios de treinamento, entre eles o Princípio da Especificidade e o Princípio da Adaptação. Ou seja, o princípio da especificidade diz que temos que realizar os exercícios que serão exigidos no edital, se você vai precisar correr no dia do seu TAF, então você tem que correr no seu treino. O princípio da adaptação diz que nosso corpo precisa de tempo para se adaptar aos novos estímulos físicos, não é do dia para a noite que desenvolveremos massa muscular e resistência suficientes para a realização dos exercícios, por isso a importância de iniciar os treinos com bastante antecedência.

Então procure dividir seus treinos em Treino Específico e Treino de Base. O treino específico é comporto pelos exercícios que realmente serão exigidos no TAF, dentro dos padrões exigidos no seu edital; já o treino de base tem como objetivo fortalecer os grupos musculares que serão ativados nos exercícios do TAF. Exemplo: se você precisa correr, seu treino específico é composto pela corrida em si e suas técnicas, e seu treino de base é composto pelo fortalecimento de coxas, panturrilhas, abdômen, e ísquios-tibiais.

Se você precisa realizar barras (dinâmica ou estática), seu treino específico é a própria barra fixa e suas técnicas, e seu treino de base é composto pelo fortalecimento de bíceps, ante-braço, costas, além de uma pegada bem firme das mãos. Os treinos específico e de base devem ser realizados em dias diferentes.

Os treinos também devem levar em consideração, uma boa alimentação e um tempo de descanso (recuperação) adequados, além de roupas adequadas para o treino. Sempre procurem orientação profissional para que seus treinos sejam direcionados ao objetivo adequado com segurança e eficiência.

Caprichem nos treinos e qualquer dúvida entrem em contato.

Paulo Vicente – Personal Trainer

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *