Na edição de número 117 os professores Guilherme Shibata e Cleuza Cecato falam sobre “A Origem das Espécies”, do naturalista britânico Charles Darwin e sua relação com os temas da atualidade.

Escrito em 1859, o livro “A Origem das Espécies” é uma forma de conferir cientificidade à curiosidade que tornava populares os bestiários escritos principalmente no período medieval.

No século XIX, esse caráter científico passou a ser muito valorizado não apenas nas ciências naturais, mas nas pesquisas de linguagem também. Quer saber o que as abelhas têm a ver com tudo isso? O programa da semana faz essa correlação pra você!

Assista:

Aprova Atualidades 117 – “A Origem das Espécies”

Abaixo confira os links dos assuntos citados pelos professores Guilherme Shibata e Cleuza Cecato neste Atualidades sobre “A Origem das Espécies”:

A origem de ‘A Origem das Espécies’

Autor de “A Origem das Espécies”, Charles Darwin era cria de seu tempo, pródigo em formar “naturalistas”. Em criança, era fascinado por química, flores, pedras e animais. Colecionava besouros, abria insetos. Só não era lá muito dedicado aos estudos. Largou pela metade quase todos os cursos que começou – entre eles o de medicina, na Escócia.

Bestiário

Em sentido mais estrito, o termo bestiário (do latim bestia, “animal”) faz referência a um gênero literário medieval, que se vale da descrição física e de comportamentos de animais, reais ou fantásticos, para a construção de fábulas de caráter moralizante. Em prosa ou verso, esses manuscritos ilustrados tomam a natureza como fonte de ensinamentos úteis ao homem e à sociedade, com uma visão cristã do mundo.

Por que há cada vez mais moscas e baratas e menos borboletas e abelhas

Uma nova análise científica sobre o número de insetos no mundo sugere que 40% das espécies estão experimentando uma “dramática taxa de declínio” e podem desaparecer. Entre elas, abelhas, formigas e besouros, que estão desaparecendo oito vezes mais rápido que espécies de mamíferos, pássaros e répteis. Já outras espécies, como moscas domésticas e baratas, devem crescer em número.

O Livro dos Seres Imaginários – Jorge Luis Borges

O livro dos seres imaginários é um bestiário fantástico que contém a descrição de 116 monstros que povoam as mitologias e as religiões de todo o mundo, ou são obras da imaginação literária de autores como Homero, Shakespeare, Flaubert e Kafka, ou ainda criações famosas da invenção humana, como os elfos, os gnomos e as fadas.

Bestiario – Pablo Neruda

O projeto Neruda de um Bestiário remonta a um tempo remoto. Em uma carta de junho de 1964, Neruda me pediu para reunir, em todo o seu trabalho, uma série de poemas que pudessem formar um bestiário completo, dando-me algumas sugestões, que ele me pediu para expandir, autorizando também certas modificações nos títulos dos poemas quando necessário.

Agrotóxico usado na soja responde por 80% das mortes de abelhas no RS

Cerca de 80% dos casos de mortandade de abelhas — em que há morte de todas as colmeias de um apiário — no Rio Grande do Sul analisados pelo engenheiro agrônomo Aroni Sattler, em 2018, decorreram da ingestão ou contato com o inseticida fipronil. O produto é usado no Brasil para proteger sementes de soja contra insetos como o bicudo.

França proíbe cinco inseticidas para preservar meio ambiente e vida das abelhas

Em 2018 a França proibiu o uso, em espaços abertos, de cinco inseticidas considerados responsáveis pela morte de colônias de abelhas. Eles fazem parte da categoria dos chamados neonicotinoides, derivados da nicotina.

Bee Movie – A História de uma Abelha

A recém-formada abelha Barry acha a vida de trabalhar com mel desinteressante. Ele voa fora da colmeia pela primeira vez e conversa com um humano, quebrando uma primordial regra de sua espécie. Barry descobre que humanos têm roubado e comido mel há séculos e decide processar a humanidade.

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Um excêntrico magizoologista carrega uma maleta cheia de animais mágicos coletados durante suas viagens pelo mundo. As criaturas acabam saindo de sua mala em Nova York, e agora ele precisa usar suas habilidades para capturá-las.

Conheça as criaturas e os personagens do filme ‘Animais Fantásticos e Onde Habitam’

Apesar de o livro ‘Animais Fantásticos e Onde Habitam’ ser uma obra didática usada em Hogwarts, ele chegou às livrarias dos ‘trouxas’ em 2001. É uma pequena edição, publicada por J. K. Rowling, que funciona como um bestiário das criaturas mágicas.

Confira a trilha sonora do Aprova Atualidades

Edições anteriores do Aprova Atualidades

Veja também as edições anteriores do Aprova Atualidades ou, se você já viu, não perca a oportunidade de assistir novamente e ficar muito bem atualizado. Assinando nosso canal no YouTube você saberá sempre em primeira mão quando uma nova edição for disponibilizada.

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL E ASSISTA AO APROVA ATUALIDADES QUANTAS VEZES QUISER!

Tem sugestão de temas? Gostaria de ver algum assunto específico sendo abordado? Então escreve nos comentários! Quem sabe a Profª. Cleuza Cecato e o Prof. Guilherme Shibata usam o tema que você sugeriu nas próximas edições?

Semana que vem tem mais Aprova Atualidades, sempre com os assuntos mais comentados no Brasil e no mundo, para te deixar muito bem informado.

Não esqueçam que agora o programa é toda terça-feira hein!

Esperamos por você! Até semana que vem!

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

Entre em contato pelo 0800 606 8889 ou pelo WhatsApp (41) 98802-9456

Fique atento às novidades do mundo dos concursos públicos no Aprova News

Curta no Facebook as páginas do Aprova e do Aprova no Enem! Siga também nosso perfil no Instagram

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *