Esta modalidade de exercício é frequentemente solicitada em concursos públicos que exijam o TAF (polícia, forças armadas, bombeiros, etc…). É uma prova realizada para medir a agilidade e coordenação motora do candidato. A sua prática é bastante simples e os materiais usados para a realização do teste são de fácil aquisição. Então, o único trabalho realmente é executá-lo como treinamento específico. São necessários dois blocos (pode ser de madeira ou plástico), com as seguintes dimensões: 5cm x 5cm x 10cm aproximadamente. Também podem ser utilizados objetos diferentes, mas que servem igualmente, eu particularmente utilizo peças de LEGO.

Todo o teste é realizado de acordo com as especificações de cada edital, seguindo o tempo determinado para a sua execução. Lembrando que o local para a execução do teste tem que ser amplo e livre. Duas linhas paralelas serão traçadas no chão com uma distância de 9,00m (esta distância pode mudar um pouco, 09,10m, ou 09,14m).

Os blocos de madeira ficarão a 10 cm da última linha, com 30 cm de distância entre os dois (aproximadamente). Então, os procedimentos acontecem da seguinte maneira. O candidato, terá que correr de uma linha até a outra e pegar o bloco depositado no chão. Ela pega o bloco e volta para o seu ponto de partida, colocando o objeto atrás da linha. Então, ela vai até a outra linha mais uma vez, pega o segundo bloco, volta e coloca-o também atrás da linha.

Mas, não é somente isso, há algumas regrinhas que regulam o teste. Por exemplo, para pegar o bloco, o que estiver sendo avaliado terá que pôr pelo menos um dos pés depois da linha. E, para depositar o bloco no chão, terá que fazer o mesmo procedimento com os pés. O objeto não deverá ser jogado ao chão, mas sim colocado. Se houver algum erro, o teste será reiniciado. Serão permitidas duas avaliações com um intervalo de dois minutos entre elas (geralmente).

O melhor resultado das duas prevalecerá no resultado final. Há de deixar claro que o teste só acabará quando o bloco for colocado no solo e um dos pés passarem as linhas que limitam o local. Todos os fatores influenciadores devem ser anotados, desde a marca e precisão do cronômetro, passando pelos dados da pessoa que estiver sendo avaliada, data e o horário do teste. Qualquer outro fator importante deverá ser constado no protocolo. Lembrando que um bom aquecimento é fundamental para a execução do teste, pois tendões, ligamentos e musculatura serão exigidos neste teste. Mais duas dicas importantes para você executar em seus treinos, e obviamente no TAF:

  • Incline seu tronco para frente durante o deslocamento.
  • Movimente seus braços forte e amplamente durante o deslocamento, em sincronia com seus passos.

Paulo Vicente – Personal Trainer

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *