O Projeto de Lei n° 340/2019, que está em tramitação na Câmara dos Deputados, prevê a isenção da taxa de inscrição para doadoras de leite materno.

Para garantir a isenção, a candidata deve ter feito a doação em pelo menos três ocasiões nos doze meses anteriores à publicação do edital do certame e apresentar, na forma prevista em edital, documento que comprove as doações realizadas, emitido por banco de leite humano em funcionamento regular.

O edital do concurso deverá informar sobre as condições de isenção. O candidato que apresentar informação falsa para obter a isenção poderá ter a inscrição cancelada e ser excluído do concurso. Caso a infração seja descoberta depois da aprovação, o candidato poderá ter a nomeação anulada.

O Projeto de Lei é de autoria do Deputado David Soares (DEM-SP), e aguarda votação na Câmara dos Deputados.

Doadores de medula e pessoas com baixa renda tem isenção em concursos

É o que determina a Lei  13.656/2018, publicada em junho de 2018 no Diário Oficial da União.

Estão isentos candidatos que pertençam a família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do governo federal, cuja renda familiar mensal per capita seja inferior ou igual a meio salário mínimo. Também têm direito os doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Da mesma forma, o edital do concurso deverá informar sobre as condições de isenção. O cumprimento dos requisitos deverá ser comprovado pelo candidato no momento da inscrição, nos termos do edital.

Clique aqui e leia mais.

 

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *