Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Dicas para estudar melhor

Publicado em 29 de outubro de 2018 por - Comentar

Estudar é mais uma das atividades em que a qualidade é mais importante do que a quantidade. Inclusive, segundo a ciência, estudar muito – prática chamada pelos especialistas de “overlearning” – prejudica o aprendizado.

Para aumentar a produtividade na hora de aprender – e diminuir tempo e estresse – apresentamos abaixo algumas dicas para estudar melhor e com mais qualidade. Confira:

  1. Faça conexões

Muitos especialistas consideram que a diferença entre quem aprende rápido e quem aprende devagar é a maneira como estudam: em vez de memorizar, os alunos mais rápidos fazem conexões entre as ideias.

Conhecido como aprendizagem contextual, o processo é crucial e exige que cada aluno personalize seus próprios métodos de aprendizagem, fazendo conexões que relacionem as informações para começar a se encaixar e fazer sentido.

  1. Estude e Descanse

Estudar quando você está mais cansado (antes de dormir), pode realmente ajudar seu cérebro a reter concentrações mais altas de habilidades novas, como falar uma língua estrangeira ou tocar um instrumento.

Isso porque o processo de consolidação da memória está em seu melhor momento durante o sono “de ondas lentas”. O que significa que a revisão do material antes de dormir pode realmente ajudar o cérebro a reter as informações.

  1. Não releia, relembre

Esse método de estudar foi tema em 2009, quando um professor de psicologia da Universidade de Washington em St. Louis publicou um artigo na Psychological Science aconselhando os alunos contra o hábito de leitura e releitura.

Segundo ele, ler e reler os materiais podem levar os estudantes a pensarem que conhecem bem o conteúdo, mesmo quando não é verdade.

Em vez disso, ele sugere que os alunos utilizem “recordação ativa”, fechando o livro e recitando tudo o que podem lembrar para praticar a memorização a longo prazo.

  1. Varie o conteúdo

Cientistas comprovaram que é melhor variar o tema ao estudar, em vez de se concentrar apenas em uma área. No entanto, é aceitável e até mesmo preferível unir campos de assuntos relacionadas ou semelhantes.

Por exemplo, em vez de apenas memorizar a gramática, misture também a leitura e interpretação. Se estiver estudando matemática, inclua vários conceitos juntos, em vez de apenas um.

  1. Mude de cenário

Embora isso possa ser óbvio para alguns alunos, outros podem esquecer que uma mudança tão simples quanto de cenário pode ter um grande impacto nas habilidades de aprendizado.

Trocar de local de estudo pode aumentar os níveis de retenção de informações e concentração.

Mudar de cômodo já é o bastante, mas alguns especialistas também recomendam ir “um passo além” estudando ao ar livre.

Bônus – Seja professor

Pesquisas mostram que os alunos têm melhores chances de recordação ao aprenderem novas informações quando têm a expectativa de ensiná-las a outra pessoa.

Se tiver oportunidade, experimente ensinar o que aprendeu a um colega ou até mesmo a um “colega imaginário”. O importante é ter a experiência de “ser professor”, porque é ela que proporciona os benefícios.

Fonte: Guia do Estudante

 

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

 


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *