Os professores Guilherme Shibata e Cleuza Cecato recebem o prof. Leonardo Campoy para falar sobre o incêndio no Museu Nacional no Rio de Janeiro. E ainda, saiba a importância das bibliotecas e museus desde Alexandria, em 283 a.C., chegando aos nossos dias.

Nos links abaixo você fica ainda mais bem informado sobre o Museu Nacional, tema do Aprova Atualidades 94 Confira!

Biblioteca de Alexandria acabou por falta de verba, dizem historiadores

A Biblioteca de Alexandria nasceu em 283 a.C. Famosa nas aulas de história como aquela que foi queimada e, junto com o fogo, teve manuscritos de valor inestimável já no mundo antigo destruídos, ela ficava em Alexandria, cidade helênica fundada no Egito por Alexandre, o Grande.

New York Public Library e o que uma biblioteca pode ser

O turista desavisado que resolver caminhar da Grand Central Terminal até a Times Square irá se deparar com uma série de placas de bronze na calçada contendo citações sobre a importância e o impacto da literatura. Dois quarteirões decorados com essas placas conduzem o visitante ao prédio principal do sistema de bibliotecas públicas de Nova York (New York Public Library, ou NYPL).

Eduardo Viveiros de Castro: “Gostaria que o Museu Nacional permanecesse como ruína, memória das coisas mortas”

A tragédia do incêndio do Museu Nacional não deverá ser suficiente para abrir um debate sério no Brasil sobre o “descaso” a que tem sido votada a cultura, diz o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro. Este é “um país onde governar é criar desertos”.

Incêndio no Museu Nacional provoca reflexão: Brasil é um país sem memória?

Das chamas que consumiram o Museu Nacional parecia se erguer — palpável como os fragmentos de documentos incinerados que também se erguiam dali — a confirmação do fracasso do Brasil em gerir sua memória.

Políticos promovem monumentos sem conteúdo, enquanto Museu Nacional vive à míngua

Foi em 6 de junho de 1818 que dom João, de passagem pelo Brasil e ainda assustado com o fantasma de Napoleão criou o Museu Nacional, na época chamado de Museu Real.

Fahrenheit 451 – Ray Bradbury

Publicado pela primeira vez em 1953, a trama fala sobre um futuro distópico, os livros e toda forma de escrita são proibidos por um regime totalitário, sob o argumento de que fazem as pessoas infelizes e improdutivas.

Aqueles que queimam livros – George Steiner

Os livros são a nossa chave de acesso para nos tornarmos melhores do que somos. A capacidade deles de produzir essa transcendência suscitou discussões, alegorizações e desconstruções sem fim.

O Museu Nacional e o Maracanã

É de 770 metros a distância física, em linha reta, entre o Maracanã e o que restou do Museu Nacional.

Foto do Blog do Juka Kfouri

Confira a trilha sonora do Aprova Atualidades

Edições anteriores do Aprova Atualidades

Veja também as edições anteriores do Aprova Atualidades ou, se você já viu, não perca a oportunidade de assistir novamente e ficar muito bem atualizado. Assinando nosso canal no YouTube você saberá sempre em primeira mão quando uma nova edição for disponibilizada.

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL E ASSISTA AO APROVA ATUALIDADES QUANTAS VEZES QUISER!

Tem sugestão de temas? Gostaria de ver algum assunto específico sendo abordado? Então escreve nos comentários! Quem sabe a Profª. Cleuza Cecato e o Prof. Guilherme Shibata usam o tema que você sugeriu nas próximas edições?

Semana que vem tem mais Aprova Atualidades, sempre com os assuntos mais comentados no Brasil e no mundo, para te deixar muito bem informado.

Não esqueçam que agora o programa é toda terça-feira hein!

Esperamos por você! Até semana que vem!

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

Entre em contato pelo 0800 606 8889 ou pelo WhatsApp (41) 98802-9456

Fique atento às novidades do mundo dos concursos públicos no Aprova News

Curta no Facebook as páginas do Aprova e do Aprova no Enem! Siga também nosso perfil no Instagram

Publicado em 11/09/2018 | Atualizado em 12/09/2018 às 08:33

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *