merlíAplicando a filosofia no cotidiano com Merlí

Produzida pelo canal TV3 na Catalunha, Merlí fez enorme sucesso local, e pode ser vista atualmente na Netflix. A série possui três temporadas e a cada episódio o professor Merlí fala sobre um filósofo famoso e mostra a aplicação de um conceito filosófico clássico na realidade de seus alunos.

De um jeito nada convencional ele leciona na turma de seu filho adolescente e auxilia os jovens a lidar com os próprios conflitos: o relacionamento complicado com os pais, o medo de se assumir homossexual, a dificuldade de conciliar estudo e trabalho, entre outros.

Já na abertura de Merlí há uma referência a Sócrates, onde uma mosca voa ao som de uma música de Nikolai Rimsky-Korsakov. O inseto representa a maneira como o filósofo se descrevia “uma mosca chata a importunar os atenienses com questionamentos e desafios, que ensinava, sem ensinar nada”.

Merlí já foi sugerida pela professa Cleuza Cecato no Aprova Atualidades: “Sociologia e filosofia voltaram para os currículos escolares agora no século XXI. Filosofia com mais força, por conta de ser leitura obrigatória para vários cursos, alguns vestibulares tem até questões específicas.”

Confira abaixo o trailer legendado de Merlí:

Criador de ‘Merlí’ critica pouco espaço da filosofia nas escolas

Em entrevista ao G1, o criador da série, Héctor Lozano, defende a filosofia como um elemento essencial na escola. Critica o fato de, no Brasil, o documento que vai nortear o que será ensinado no ensino médio – a chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – colocar o tema como algo a ser apresentado apenas de forma interdisciplinar. Só português e matemática serão disciplinas obrigatórias, caso o documento seja aprovado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).

“Isso acontece em muitos países. A política tende a discriminar a filosofia e isso é uma pena. É a filosofia que vai formar cidadãos maduros, com critério, capacidade de questionar”, afirma Lozano.

Ele conta que, na Catalunha, a disciplina não é exigida no exame que seleciona candidatos para universidades. “Mesmo assim, ela não vai morrer. É impossível matar algo que começou há mais de 2.500 anos”, diz.

Clique aqui para ler a entrevista na íntegra!

A Filosofia de Platão

Confira uma videoaula sobre a filosofia de Platão com o Prof. Edvan Cléder. O filósofofoi tema do segundo episódio de Merlí.

O tema é recorrente no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e também pode aparecer em concursos públicos. Assista:

Questão de filosofia no concurso da PM SP

A pergunta abaixo foi aplicada no certame de 2012, organizado pela Vunesp, para ingresso como Oficial da Polícia Militar de São Paulo. Confira:

Na cidade sois todos irmãos, (…) mas o deus que vos formou misturou ouro na composição daqueles de entre vós que são capazes de comandar: por isso são os mais preciosos. Misturou prata na composição dos auxiliares; ferro e bronze na dos lavradores e na dos outros artesãos. Em geral procriareis filhos semelhantes a vós; mas, visto que sois todos parentes, pode suceder que do ouro nasça um rebento de prata, da prata um rebento de ouro e que as mesmas transmutações se produzam entre os outros metais. Por isso, acima de tudo e principalmente, o deus ordena aos magistrados que zelem atentamente pelas crianças, que atentem no metal que se encontra misturado à sua alma e, se nos seus próprios filhos houver mistura de bronze ou ferro, que sejam impiedosos para com eles e lhes reservem o tipo de honra devida à sua natureza, relegando-os para a classe dos artesãos e lavradores; mas, se destes últimos nascer uma criança cuja alma contenha ouro ou prata, o deus quer que seja honrada, elevando-a à categoria de guarda ou à de auxiliar.

(Platão. República. Tradução Enrico Corvisieri. São Paulo, Nova Cultural, 1996, p. 111)

Nesta passagem da República, Platão apresenta uma metáfora que descreve:

a) a consagração de uma concepção democrática na polis ideal platônica.
b) os diferentes tipos essenciais de capacidades humanas segundo Platão.
c) o modelo militarista da organização social imperante em Esparta.
d) a organização democrática de Atenas, considerada ideal por Platão.
e) a igualdade intrínseca que caracteriza todos os habitantes da polis.

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

Curta no Facebook a página do Aprova! Siga também nosso perfil no Instagram

Publicado em 15/08/2018

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *