Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Saiba o que estudar antes da publicação do edital

Publicado em 9 de julho de 2018 por - Comentar

Está cada vez mais difícil ser aprovado em concurso público estudando apenas no tempo entre o edital e a prova. Por isso, separamos dicas de disciplinas que você pode estudar antes da publicação do edital, confira!

Entre os concurseiros iniciantes, é muito comum que no primeiro concurso, o candidato estude apenas após a inscrição. E se a reprovação acontece, o sentimento é de não ser apto ao mercado dos concursos, quando na verdade faltou apenas planejamento.

No entanto, com a quantidade de editais publicados todos os meses, é possível saber com antecedência quais matérias são comuns em todos os concursos públicos, independentemente da escolaridade, e assim antecipar os estudos antes da publicação de qualquer edital.

Programa de disciplinas

Além do programa de gramática e interpretação de texto da matéria de Língua Portuguesa, é possível adiantar a preparação com um bom curso de Informática para concursos públicos. Essas duas matérias raramente faltam no programa das provas.

Outras opções incluem ainda um programa básico de matérias de Direito Constitucional e de Direito Administrativo que podem ser estudados antes da prova.

Na parte de Direito Constitucional, estudar uma parte do texto da Constituição não só adiantará parte do programa, como também irá preparar o candidato para estudar outras áreas, como Direito do Trabalho e Eleitoral, por exemplo.

Você pode começar estudando os artigos 1º ao 17 e os artigos 37 a 41 da Constituição Federal de 1988. O texto tem linguagem acessível a todos, sendo que poucos destes artigos precisam de auxílio para interpretação.

Outro ramo do Direito que pode ser estudado antecipadamente é o Direito Administrativo. Algumas matérias aparecem na maioria dos programas, e já que este ramo do direito estuda o governo, nada mais natural que entender da administração pública, uma vez que o candidato quer fazer parte dela.

Por isso, para adiantar o estudo desta matéria, o concurseiro precisará de acesso a algumas leis federais que, juntamente com a Constituição Federal, estão disponíveis no site do Governo Federal. Os temas de Poderes Administrativos e Atos Administrativos podem ser estudados, além da estrutura da Administração Direta e Indireta. Já na legislação, a Lei de Improbidade Administrativa (Lei n.º 8.429/1992), os artigos 1º a 6º e 20 a 22 da Lei de Licitações e Contratos (Lei n.º 8.666/1993) fecham uma boa parte do entendimento sobre o governo brasileiro.

Preparação específica

Com este programa básico de Língua Portuguesa, Informática, Direito Constitucional e Direito Administrativo estudado, o candidato fica parcialmente pronto para a publicação de qualquer edital. Quando o concurso for aberto, bastará acrescentar as matérias que faltarem e fazer questões da mesma organizadora do concurso escolhido. As questões serão cruciais não para o entendimento da matéria em si, mas para saber como aquela organizadora transforma a teoria em questão de prova.

Com informações da Gazeta do Povo

 

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E SAIBA TUDO SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS!

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *