Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

SEJUC SE abre 100 vagas na carreira de Guarda Prisional

Publicado em 10 de abril de 2018 por - Comentar

SEJUC SE abre concurso para o nível médio

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania do Sergipe (SEJUC SE) publicou edital de concurso público com 100 vagas para o cargo de Guarda de Segurança do Sistema Prisional. A remuneração é de R$ 2 mil e as inscrições vão até o dia 6 de maio.

Estude com o Aprova e receba videoaulas atuais, específicas e essenciais. Saiba o que realmente cai na prova da SEJUC SE.

ESTUDE PARA OS CONCURSOS DA SEJUC SE COM O APROVA CONCURSOS
Para mais informações ligue 0800 606 8889

Saiba mais sobre o concurso da SEJUC SE

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 6 de maio de 2018 no site www.ibade.org.br. O valor da taxa é de R$ 65,00.

Os candidatos serão avaliados com prova objetiva, prova de títulos, curso de preparação, exames psicológicos e toxicológicos, teste de aptidão física e investigação social.

As provas objetivas serão realizadas no dia 8 de julho nas cidades de Aracaju, Estância, Itabaiana, Lagarto, Nossa Senhora da Glória e Propriá. O local, a sala e o horário de realização das provas serão divulgados em 3 de julho.

O concurso terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação, podendo ser prorrogado por igual período a critério da Administração.

Clique aqui para conferir a íntegra do edital.

Conheça os requisitos do cargo de Guarda Prisional

A oferta é de 75 vagas para candidatos do sexo masculino e 25 para o sexo feminino, com reserva para pessoa com deficiência e também para afrodescendente. Para participar é necessário possuir ensino médio completo.

O salário inicial é de R$ 1.500,00, mais gratificação de periculosidade de R$ 450,00 e adicional noturno de R$ 70,00, totalizando R$ 2.020,00. A carreira é estruturada em 7 classes, hierarquicamente escalonadas, tendo como última classe, a especial, com vencimento básico no valor de R$ 4.457,86, acrescido de demais vantagens (periculosidade, triênios, adicional noturno, titulação) que podem atingir o valor bruto de R$ 8.445,00.

Veja a descrição das atividades do cargo de Guarda Prisional

  • Desempenhar com zelo e presteza os serviços a seu cargo, bem como os serviços e as missões que lhe forem atribuídos por superior hierárquico;
  • Zelar pelos bens públicos confiados à sua guarda;
  • Representar sobre irregularidades no serviço;
  • Manter-se atualizado com as normas constitucionais, legais e regulamentares de interesse da Administração Estadual, divulgando-as entre seus colegas servidores;
  • Frequentar, com assiduidade, curso de treinamento, preparação, aperfeiçoamento, atualização e/ou especialização promovidos pela Administração Pública Estadual;
  • Apresentar-se de forma condigna com a função de Guarda de Segurança do Sistema Prisional, de Agente de Segurança Penitenciária ou de Agente Auxiliar de Segurança Penitenciária, conforme o respectivo cargo;
  • Aplicar a execução penal, no que lhe couber, conforme disposições da Lei (Federal) nº 7.210, de 11 de julho de 1984 (Lei de Execução Penal), inclusive atuando na promoção da assistência ao preso e ao egresso, bem como na aplicação da classificação e disciplina penitenciária, de acordo com normas regulamentares editadas por ato do Secretário de Estado da Justiça e de Defesa ao Consumidor;
  • Exercer atividades operacionais de segurança prisional, administrativas assessórias ao desempenho de suas funções e administrativas relacionadas ao andamento do sistema prisional, seja na sede da Secretaria ou nas dependências dos demais estabelecimentos a ele ligados;
  • Realizar inspeções e apreensões de materiais ilícitos e/ou que sejam objeto de investigação no âmbito do exercício das atividades penitenciárias, devendo encaminhá-los às autoridades competentes, quando couber;
  • Conduzir veículos, realizar operações de transporte e escolta de presos, dentro ou fora do Estado, entre unidades prisionais ou para condução a órgãos judiciais ou administrativos, com a finalidade de atendimento médico, bem como para atender a outras situações previstas em leis, normas ou regulamentos;
  • Zelar pela integridade física dos presos, visitantes e profissionais diversos que atuem no âmbito do sistema prisional;
  • Exercer atividade de segurança nos postos designados, inclusive em guaritas de unidades prisionais, bem como a fiscalização por meio de monitoração eletrônica dos presos;
  • Agir na prevenção e repressão de fugas de presos, bem como nas ações de recaptura;
  • Atuar nas atividades de inteligência voltada para segurança prisional, de forma estratégica e preventiva, quando designado, reportando os fatos investigados às autoridades competentes;
  • Participar de treinamentos e cursos de aperfeiçoamento inerentes às suas atividades e, quando determinado, cooperar na formação e educação continuada dos demais servidores;
  • Escriturar informações de ingresso de presos em unidades prisionais, conforme documentos judiciais que determinam a prisão e normas regulamentares a serem editadas pelo Secretário de Estado da Justiça e de Defesa ao Consumidor;
  • Dar cumprimento a alvarás judiciais de soltura de presos, observando a verificação de prontuário e pasta de documentos, bem como consulta a sistema de Tribunal de Justiça em relação ao indivíduo a ser posto em liberdade, além de outras rotinas cartorárias das unidades ligadas à Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa ao Consumidor, conforme regulamentação expedida mediante atos do respectivo Secretário de Estado, a fim degarantir o fiel cumprimento das ordens judiciais.

Veja dicas de Língua Portuguesa para o concurso da SEJUC SE

Uma das disciplinas cobradas no edital é a Língua Portuguesa, confira dicas sobre pronome relativo, conjunção integrante e, ainda resolução de questões com o Prof. Lucas Gonçalves. Assista:


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *