estudar nos dias difíceisÉ possível estudar nos dias difíceis, veja maneiras de não desanimar ao se preparar para concursos públicos!

A preparação para concursos demanda longo tempo de investimento, e quase todo concurseiro fica perdido ao estudar nos dias difíceis.  Se está doente ou precisa parar e ajudar algum ente querido, ou alguma outra situação adversa surge. Saiba como não deixar que os percalços atrapalhem sua caminhada para conquistar uma vaga!

Problemas ou desculpas?

Em qualquer caso, é importante observar se, efetivamente, estamos tratando de um imprevisto importante ou somente encontrando “justificativas nobres” para não estudar. Se o fato se repete com alguma constância, deixou de ser imprevisto, parecendo ser algo que precisa ser equacionado de outra maneira, para deixar de se interpor no caminho do estudo. Caso contrário, estaremos perdendo uma das principais características necessárias ao projeto concurso público (e a qualquer outro de grande porte): a continuidade.

Mas, confirmada a importância do acontecimento e a sua imprevisibilidade, a decisão mais sensata deve considerar alguns fatores. Não há uma regra sobre como agir quando você precisa estudar nos dias difíceis, tudo vai depender do contexto e da gravidade dos fatos.

Sem edital

Se o caso é uma dificuldade de poucos dias, uma gripe muito forte, por exemplo, o melhor a fazer é respeitar o momento e deixar o estudo para depois. Se o seu edital não está publicado, não há prazo para a prova, então, não é o fim do mundo. Mais produtivo é dedicar-se ao que está acontecendo, cuidar da saúde e relaxar. Ou dar plena atenção ao familiar que está precisando, sem cobranças ou culpas.

Por outro lado, se for um problema mais duradouro, que precisará de dedicação por meses, é mais produtivo reorganizar o planejamento de estudo de acordo com a nova situação. Talvez seja necessário reduzir o tempo de estudo, concentrando os horários em menos dias ou, ao contrário, diluindo-os em períodos mais curtos. Ajuste o seu quadro de horários, considerando as novas necessidades. Não adianta lamentar – a vida tem sua própria dinâmica. Use a criatividade e se adeque à nova realidade.

Quando tudo voltar à normalidade, tente repor os dias parados (se foram poucos) para recuperar a programação. Caso não seja viável fazer isso sem comprometer o equilíbrio, apenas retome os estudos.

Com edital

Se o seu edital estiver publicado, pense na possibilidade de conseguir ajuda externa para não comprometer muito a preparação. Considerando que após o edital, em geral, não temos muito mais do que 60 dias, qualquer interrupção pode ser grave. Por outro lado, a necessidade de contar com o apoio de alguém seria por tempo definido, somente até a prova, o que pode facilitar esse tipo de alternativa.

É preciso ter bom senso e avaliar bem o que está, de fato, acontecendo. Em casos extremos, pode ser necessário interromper o projeto por algum tempo. Há situações que não podem esperar, e um concurso, por melhor que seja, é somente um concurso. Outros virão e você não será a primeira pessoa a ter de abrir mão de uma oportunidade de trabalho em razão de imprevistos que obrigam a gente a mudar de planos.

Com informações do G1

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

Veja mais notícias e dicas de como estudar no Blog do Aprova Concursos

Publicado em 09/04/2018

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *