Para quem tem o sonho de se tornar um fuzileiro naval, é hora de começar a estudar para o concurso da Marinha que oferece 1.300 vagas.

As inscrições para o concurso da Marinha ocorrem entre os dias 1º e 30 de março de 2018, pela internet, no site www.marinha.mil.br, ou nos locais determinados pelo edital, que pode ser acessado aqui. O valor da taxa é de R$30,00. As vagas são exclusivas para candidatos do sexo masculino, e os mesmos devem possuir de 18 a 21 anos até o dia 1º de janeiro de 2019, ter o Ensino Médio concluído –ou algum curso equivalente- e altura mínima de 1.54m e máxima de 2,00m.

Os aprovados no concurso e classificados ingressarão no curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais, na condição de recruta fuzileiro naval. Com duração de 17 semanas e a ser realizado no Rio de Janeiro e em Brasília, o curso oferecerá alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica. Haverá também remuneração como ajuda de custo para as despesas pessoais. Quando em serviço, o salário inicial será de R$ 1.587,00.

concurso fuzileiros navais marinha do brasil

O que faz o fuzileiro naval

O fuzileiro naval é um soldado combatente. Ele se difere do marinheiro porque sua função é exclusivamente combativa, enquanto o marinheiro deve também auxiliar nas rotinas da embarcação. Os fuzileiros navais são considerados uma tropa de elite das Forças Armadas. Para isso, depois de aprovados no concurso para fuzileiro naval, passam por uma seleção criteriosa e recebem um extenso e exaustivo treinamento. Os Soldados Fuzileiros Navais tem a responsabilidade de atuar em operações de assalto anfíbio, abordagens em alto mar, manter a segurança e ordem interna nos navios de guerra e defender as instalações navais em terra.

O concurso para fuzileiro naval da Marinha – vagas e etapas

Os candidatos passarão pelas etapas de: exame de escolaridade, que será em 29 de maio, verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico.

Já a lotação das vagas será dividida entre nove estados. O Rio de Janeiro concentra a grande maioria, com 1.064 vagas. As demais estarão em: Brasília/DF com 46, Rio Grande/RS com 34, Belém/PA com 38, Landário/MS com 15, Manaus/AM com 50, Natal/RN com 15, Salvador/BA com 25 e o Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar/SP com 10 vagas.

Estudando para o concurso da Marinha

A matemática prevista para o concurso da Marinha irá exigir bastante cálculo e conhecimento de geometria e suas vertentes, como espacial e plana. Ângulos, polígonos, trigonometria e porcentagem devem estar presentes com força nos estudos. Medidas de tempo e o sistema métrico decimal também são pontos importantes do conteúdo. Para compreender e dominar as regras matemáticas, busque praticar acessando questões de provas anteriores de concursos da Marinha.

Em relação às questões para a prova de português, a gramática deverá ser explorada a fundo. Pontuação, crase, vozes de verbo, oração, figuras de linguagem, concordância e regência são os maiores destaques. Na sequência, invista em compreensão e interpretação de texto. O conteúdo prevê textos verbais e não verbais, literários e não literários. Além disto, coesão, intertextualidade, vícios de linguagem e variação linguística

Exames médicos são obrigatórios para o candidato a fuzileiro naval

O concurso da Marinha lista ainda alguns exames necessários e obrigatórios que deverão ser realizados por conta do candidato. Os exames laboratoriais terão validade de até três meses e deverão ser assinados por um responsável técnico: Farmacêutico Bioquímico, Biomédico, Médico ou Biólogo (este apenas no Estado do RJ). São eles:

– Raios-X de tórax, com validade de até seis (6) meses;

– Sangue: hemograma completo com plaquetas, glicemia em jejum, dosagem de creatinina, TGO ou AST, TGP ou ALT, VDRL ou outra sorologia para sífilis (exceto imunocromatografia (Teste Rápido) e teste antiHIV (qualquer método, exceto imunocromatografia (Teste Rápido);

– Urina: EAS; e ECG, com validade de até seis (6) meses.

A critério da Junta de Saúde, poderão ser solicitados ainda outros exames além dos obrigatórios e sua realização também será de responsabilidade do candidato.

– audiometria;

– oftalmologia geral (senso cromático e acuidade visual verificada pela tabela SNELLEN realizada pelo médico perito ou especialista em oftalmologia);

– biometria (peso, altura, Índice de Massa Corporal (IMC), Pressão Arterial (PA) e Frequência Cardíaca (FC));

– exame clínico e exame odontológico geral.

A Marinha do Brasil

Este é o seguimento das Forças Armadas do Brasil, que é responsável por conduzir as operações navais. A Marinha brasileira é a maior de toda a América do Sul e Latina.

A principal missão da Marinha do Brasil é garantir a defesa da Pátria juntamente com as demais Forças Armadas. Para isto, ela deve preparar e comandar o Poder Naval. Deve ainda cooperar com o país, em termos de desenvolvimento e defesa civil.

Não existe, atualmente, um órgão para fiscalizar, organizar ou comandar a Marinha do Brasil ou ainda policiar a costa do país e suas águas interiores. Por isto, cabe a ela ainda exercer o papel de guarda costeira.

Futuro fuzileiro naval: vá se ambientando e conheça como funciona o ordenamento hierárquico na Marinha

Se você é um daqueles que quer agarrar essa oportunidade para fazer carreira na Marinha, é bom saber que o ordenamento hierárquico dos oficiais da Marinha do Brasil é feito por círculos. Dentro de um mesmo círculo, por postos e, dentro de um mesmo posto, pelo tempo no posto, estes são:

Círculo de Oficiais-Generais: Almirante (Alte) (Em caso de guerra), Almirante-de-esquadra (Alte Esq), Vice-Almirante (V Alte) e Contra-Almirante (C Alte)

Círculo de Oficiais Superiores: Capitão-de-Mar-e-Guerra (CMG), Capitão de fragata (CF), Capitão-de-Corveta (CC), Círculo de Oficiais Intermediários e Capitão-Tenente (CT).

Círculo de Oficiais Subalternos: Primeiro-Tenente (1º Ten) e Segundo-Tenente (2º Ten).

Círculo de Suboficiais e Sargentos: Suboficial (SO), Primeiro-Sargento (1º SGT), Segundo-Sargento (2º SGT) e Terceiro-Sargento (3º SGT).

Círculo de Cabos, Marinheiros e Soldados: Cabo (CB) e Marinheiro (MN) e Soldado (SD)

E então? Ficou com mais vontade ainda de seguir carreira nas Forças Armadas do Brasil e aproveitar as muitas vantagens oferecidas? Então é hora de se preparar! E para começar, é extremamente importante estudar com melhor curso online preparatório do concurso para fuzileiros navais da Marinha do Brasil.

Conheça o jeito Aprova de te deixar muito bem preparado para conquistar a vaga dos seus sonhos no concurso da Marinha 2018!

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS
Veja mais notícias e dicas de como estudar no Blog do Aprova Concursos
Publicado em 13/03/2018 | Atualizado em 03/04/2018 às 09:34

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *