felicidadeParece cada vez mais claro que o tesouro mais cobiçado de nossos tempos é a felicidade, um conceito abstrato, subjetivo e difícil de definir, mas é o sonho de todos. Como ser feliz é até objeto de estudo da prestigiosa Universidade Harvard.

E você concurseiro, está cuidando da sua felicidade? Além de estudar com as videoaulas atuais, específicas e essenciais do Aprova, confira algumas dicas de como manter-se feliz para seguir no caminho da aprovação!

Felicidade como escada para o sucesso

Alguns estudantes de psicologia de Harvard têm sido um pouco mais felizes há vários anos, não apenas por estudar numa das melhores faculdades do mundo, mas também porque de fato aprenderam com um curso. Um dos professores, o doutor israelense Tal Ben-Shahar, é especialista em psicologia positiva, uma das correntes mais presentes e aceitas no mundo e que ele próprio define como “a ciência da felicidade”. De fato, Ben-Shahar diz que a alegria pode ser aprendida, do mesmo modo como uma pessoa aprende a esquiar ou a jogar golfe: com técnica e prática.

Autor do livro Being Happy, Tal Ben-Shahar afirma que “não é preciso ser perfeito para levar uma vida mais rica e mais feliz”. O secredo parece estar em aceitar a vida tal como ela é; isso “o libertará do medo do fracasso e das expectativas perfeccionistas”.

Conselhos para conquistar felicidade

Veja abaixo os conselhos do professor Tal Ben-Shahar para ajudar as pessoas a se sentirem afortunadas e contentes:

  1. Perdoar

    “Assim como é inútil se queixar do efeito da gravidade sobre a Terra, é impossível tentar viver sem emoções negativas, já que fazem parte da vida e são tão naturais quanto a alegria, a felicidade e o bem-estar. Aceitando as emoções negativas, conseguiremos nos abrir para desfrutar a positividade e a alegria”, diz o especialista. Não veja as coisas boas como garantidas, mas seja grato por elas. “Essa mania que temos de achar que as coisas são garantidas e sempre estarão aqui têm pouco de realista.”

  2. Esportes

    Não é preciso malhar numa academia até se cansar ou correr 10 quilômetros por dia. Basta praticar um exercício suave, como caminhar em passo rápido por 30 minutos diários, para que o cérebro secrete endorfinas, substâncias que nos fazem sentir felicidade, porque na realidade são opiáceos naturais produzidos por nosso próprio cérebro, que mitigam a dor e geram prazer.

  3. Simplificar

    “Precisamos identificar o que é verdadeiramente importante e nos concentrar sobre isso”. Já se sabe que quem tenta fazer demais acaba conseguindo realizar pouco, e por isso o melhor é se concentrar em algo e não tentar fazer tudo ao mesmo tempo. O conselho não se aplica apenas ao trabalho, mas também à área pessoal e ao tempo de lazer: “É melhor desligar o telefone e se desligar do trabalho nessas duas ou três horas que você passa com a família”.

  4. Meditar

    Esse simples hábito combate o estresse. No longo prazo, a prática regular de exercícios de meditação ajuda as pessoas a enfrentar melhor as armadilhas da vida, superar as crises com mais força interior e ser mais elas mesmas baixo qualquer circunstância. A meditação também é um momento conveniente para orientar nossos pensamentos para o lado positivo; embora não haja consenso de que o otimismo chegue a garantir o êxito, ele lhe trará um grato momento de paz.

  5. Resiliência

    “Nosso nível de felicidade vai determinar aquilo ao qual nos apegamos e a força do sucesso ou do fracasso”. Isso é conhecido como locus de controle, ou “o lugar em que situamos a responsabilidade pelos fatos” – termo utilizado psicólogo Julian Rotter em meados do século 20 e muito pesquisado com relação ao caráter das pessoas. Os pacientes depressivos atribuem seus fracassos a eles próprios e o sucesso a situações externas à sua pessoa, enquanto as pessoas positivas tendem a pendurar-se medalhas no peito, atribuindo os problemas a outros. A resiliência expressa a capacidade de um indivíduo de enfrentar circunstâncias adversas, condições de vida difíceis e situações potencialmente traumáticas, e recuperar-se, saindo delas fortalecido e com mais recursos.

Com informações do El País

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *