Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Aprova Atualidades 46 – Arte e Censura

Publicado em 31 de outubro de 2017 por - Um Comentário

Esta edição do Aprova Atualidades fala de temas polêmicos. Vale a pena conferir!

Mais um Aprova Atualidades no ar! Desta vez a Profª. Cleuza Cecato e o Prof. Guilherme Shibata falam sobre os limites impostos às expressões artísticas, pegando carona nos recentes acontecimentos de censura aos museus. Outro assunto que será abordado é a nova portaria do trabalho escravo, que flexibiliza alguns conceitos.

Enfim, temas que têm chamado bastante a atenção e causado polêmica, sob o ponto de vista dos nossos professores. Vale muito a pena assistir e ficar cada vez mais por dentro das atualidades.

 

 

Nos links abaixo você fica ainda mais bem informado sobre o assunto falado pela Profª. Cleuza Cecato e pelo Prof. Guilherme Shibata, através de notícias publicadas em grandes portais. Confira!

Arte e Censura:

Trabalho Escravo Contemporâneo:

 

Veja também as edições anteriores do Aprova Atualidades ou, se você já viu, não perca a oportunidade de assistir novamente e ficar muito bem atualizado. Assinando nosso canal no YouTube você saberá sempre em primeira mão quando uma nova edição for disponibilizada.

 

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL E ASSISTA AO APROVA ATUALIDADES E AO APROVA LENDO QUANTAS VEZES QUISER!

 

Tem sugestão de temas? Gostaria de ver algum assunto específico sendo abordado? Então escreve nos comentários! Quem sabe a Profª. Cleuza Cecato e o Prof. Guilherme Shibata usam o tema que você sugeriu nas próximas edições?

Semana que vem tem mais Aprova Atualidades, sempre com os assuntos mais comentados no Brasil e no mundo, para te deixar muito bem informado.

Não esqueçam que agora o programa é toda terça-feira hein!

Esperamos por você! Até semana que vem!


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

  • francisco jorge

    Eu não entendo muito de arte, porém não consigo vê-la na exposição de um adulto nu sendo tocado por uma criança.Não vejo arte na demonstração de sexo humano com animais como também não a vejo na exposição de imagens sacras tocando o órgão genital de outra pessoa, para mim, isso é uma afronta a fé alheia.Se isso é arte prefiro continuar ignorante.Numa sociedade onde não se tem limites ela acaba se destruindo,tudo tem limites inclusive a arte; um exemplo, seria os filmes que possuem classificação indicativa isso determina para qual público é destinado cada programa,filme,novelas,etc.O problema está em pessoas usarem da “arte“ para expor suas taras e envolverem nisso a inocência de nossas crianças.Lugar de criança é brincando no escorrega,no pula pula, tomando sorvete,indo ao shoping,soltando balões,etc…Somos livres para tomar nossas decisões,porém não somos para escolher as consequências.

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *